Ministro coloca Chefe das Forças Armadas em sentido

Estela Silva / Lusa

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho

O ministro da Defesa desdramatiza as declarações do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) que falou numa situação “insustentável”. João Gomes Cravinho fala em “infelicidade na linguagem” e diz que se o CEMGFA achasse que não pode cumprir o que está previsto, já tinha saído do cargo.

“O CEMGFA conhece o seu papel, que reside no cumprimento das medidas [definidas]. Se ele chegasse à conclusão, que não chegou obviamente, que não pode cumprir essas medidas, então sairia. Mas não é essa a situação”, destaca o ministro da Defesa.

As declarações de João Gomes Cravinho surgem depois de o CEMGFA, o almirante Silva Ribeiro, se ter queixado da falta de recursos humanos, falando de uma “situação insustentável” nas Forças Armadas, com os militares ao serviço a fazerem um “esforço tremendo”.

“Não há lugar para dramatismos, não há razão para dramatizar“, reage Gomes Cravinho, notando que a falta de militares “não é uma situação nova” e garantindo que “o Governo está a trabalhar nesta situação, que é complexa”. Como exemplos fala do plano de profissionalização, do melhoramento no recrutamento e do plano sectorial para a igualdade.

“Não podemos queixar-nos que não temos suficientes militares e esquecermos o recrutamento das mulheres“, acrescenta sobre este plano sectorial.

“Em vez de nos preocuparmos em lastimarmos-nos devemos é deitar mãos à obra“, aponta ainda Gomes Cravinho, sublinhando que estes são assuntos que têm sido discutidos “nos fóruns próprios” pela tutela.

O ministro, que falava numa iniciativa para assinalar o Dia Nacional da Doação de Órgão e da Transplantação, na Base Aérea do Montijo, sublinha que o papel das Forças Armadas é o “empenhamento nos planos que estão a ser trabalhados”, frisando que a falta de pessoal é uma realidade com cinco anos.

Além disso, Gomes Cravinho refere que é uma questão que também afecta outros países europeus, insistindo que “Portugal já encetou medidas que urgem ser implementadas”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Talvez o Sr ministro possa colocar o cargo á disposição tambem afinal já so vai estar sentado apenas mais 4 meses nao é? Estamos numa republica as verdades teem que ser apuradas e nao silênciadas

RESPONDER

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …

Real Madrid não volta ao Santiago Bernabéu até final da temporada

O Real Madrid vai disputar os restantes jogos da Liga espanhola de futebol na condição de visitado no estádio Alfredo di Stéfano, no centro de treinos merengue. Segundo a agência EFE, Florentino Pérez enviou uma carta …

Metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona mantê-lo

A pandemia veio mudar a forma como trabalhamos. Quase metade das empresas que aderiram ao teletrabalho tenciona manter a atividade, ou parte dela, em regime de trabalho remoto.  De acordo com um inquérito da CIP - …

"Muitos de vocês são fracos". Trump critica ação dos governadores durante protestos

O Presidente dos Estados Unidos ridicularizou alguns governadores estaduais por serem "fracos" e exigiu-lhes que tomem medidas duras contra os manifestantes, após mais uma noite de violência em diversas cidades. Donald Trump conversou com os governadores, …

O vírus "não desapareceu". DGS apela para responsabilidade dos adeptos de futebol

Graça Freitas apelou aos adeptos de futebol para que respeitem as regras da Direção-Geral da Saúde, sublinhando que não podem existir ajuntamentos junto aos estádios e concentrações de pessoas em cafés ou em outros locais. Durante …

PSD junta-se ao Bloco e PCP e pede apreciação parlamentar do decreto das PPP na Saúde

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que regulamenta a criação de parcerias público-privadas (PPP) na Saúde. O maior partido da oposição junta-se assim ao Bloco de Esquerda e PCP, embora com motivos diferentes. Os sociais-democratas …

Reembolsos de IRS estão a ser "indevidamente retidos", denuncia Provedora de Justiça

Maria Lúcia Amaral escreveu ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais para pedir a correção de erros, lembrando que o reembolso é uma ajuda preciosa para muitas famílias, nomeadamente nesta altura. A Provedora de Justiça, Maria …

Rússia quer exportar antiviral que diz ser eficaz em 90% dos casos

O antiviral Afivavir mostrou ser eficaz no combate ao novo coronavírus em 90% dos casos, mas não estará à venda em farmácias. A Rússia planeia exportar para vários países do mundo um medicamento para a …