Ministro defende fim das propinas nas licenciaturas

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor

Apesar de reconhecer que a redução de 212 euros, incluída no Orçamento do Estado para 2019, resulta de necessidades de consensos à esquerda, Manuel Heitor defende que, no futuro, as propinas devem acabar.

Segundo Manuel Heitor, a cobrança de propinas aos estudantes de licenciatura deve acabar. O ministro defende que a formação superior “é de facto uma obrigatoriedade e o seu acesso deve ser livre, sobretudo ao nível da formação inicial”.

Desta forma, citado pelo Público, o ministro do Ensino Superior entende que o fim desta cobrança deve ser atingido a longo prazo, garantindo que as universidades e politécnicos não sairão prejudicados do corte de 212 euros que o Governo pretende aplicar já a partir do próximo ano letivo.

O fim das propinas nas licenciaturas é, para o ministro, um processo de “convergência” entre os vários países no contexto europeu, que só poderá ser alcançado nas “próximas décadas”. Ainda assim, Manuel Heitor defende que o valor cobrado atualmente aos estudantes do Ensino Superior, que em setembro de 2019 deverá baixar para um mínimo de 856 euros, possa ser totalmente eliminado.

Ainda assim, Manuel Heitor garante que nem os alunos nem as instituições sairão prejudicados com as mudanças mais imediatas no sistema. “Todas as universidades e politécnicos serão totalmente ressarcidos” pela perda de receitas que resultam dos pagamentos realizados pelos alunos como contrapartida para a frequência do Ensino Superior, disse o ministro ao diário.

A redução da propina pode também ter efeitos na bolsa social atribuída aos estudantes, situação para a qual Manuel Heitor garante que os alunos não serão excluídos deste apoio. O ministro chegou mesmo a mostrar interesse em alargar o universo de estudantes com bolsa para os 75 mil.

O objetivo do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior é lançar as bases para que no final da próxima década (2030), o número de alunos com formação superior duplique. Assim, dos atuais três em cada dez alunos, o ministro pretende chegar aos seis em cada dez.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …

Restrições a turistas suavizadas. Finlândia tenta salvar a Lapónia (e a época de inverno)

A Finlândia, que vê o turismo estrangeiro em perigo na Lapónia, permite a partir de hoje a entrada de turistas de cerca de vinte países sem terem de fazer quarentena. As medidas surgem numa altura em …

"Foi uma vergonha". PS em choque com saída de Jamila e com o poder de Temido

A saída de Jamila Madeira do cargo de secretária de Estado Adjunta e da Saúde, a pedido da ministra Marta Temido, deixou alguns socialistas "arrepiados" e há um desconforto interno com a situação. É mais …

Mãe de bebé deixado no Cacém entregou-se no hospital e foi constituída arguida

A mãe do bebé deixado na terça-feira junto ao Centro Social Baptista, no Cacém, Sintra, entregou-se hoje no Hospital Amadora-Sintra e, depois de ter sido transportada para a esquadra, foi constituída arguida, disse à Lusa …