Ministro da Cultura espanhol demite-se por caso de fuga ao Fisco

lamoncloa_gob_es / Flickr

O ministro da Cultura espanhol, Màxim Huerta, demitiu-se por um caso de fuga ao Fisco

O ministro da Cultura e Desporto de Espanha apresentou a demissão, esta quarta-feira, uma semana depois de ter tomado posse e após ser conhecido o seu envolvimento num caso de fuga ao Fisco.

“Há momentos em que nos temos de retirar, e eu amo a Cultura”, disse Màxim Huerta na conferência de imprensa em que revelou que tinha apresentado a demissão ao primeiro-ministro, Pedro Sánchez, com quem tinha estado pouco antes.

O jornalista, escolhido para a pasta da Cultura e Desporto no novo Governo espanhol, abandona o lugar depois de, no mesmo dia, se ter sabido que tinha liquidado uma dívida de 366 mil euros ao Fisco de uma multa imposta pelo Tribunal Superior de Justiça de Madrid.

Huerta diz “estar inocente” mas acrescenta que decidiu demitir-se para não prejudicar o “projeto renovador” do presidente do Governo espanhol. “Vou-me embora para não permitir que o avolumar do ruído prejudique o projeto de Sánchez, que criou tantas expectativas nas pessoas”, salientou.

Entretanto, fontes do Executivo já confirmaram que José Guirao lhe sucede no cargo. O gestor cultural, diretor-geral de Belas Artes e Arquivos do Ministério da Cultura de 1993 a 1994 e diretor do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia entre 1994 e 2001, irá tomar posse no Palácio da Zarzuela, em Madrid, esta quinta-feira.

Licenciado em Filologia Hispânica, Guirao nasceu em 1959, tendo sido indigitado para o cargo de ministro uma semana depois de o novo Governo espanhol, liderado pelo socialista Pedro Sánchez ter tomado posse.

Na história de Espanha, este Executivo é o que regista o maior número de mulheres (11 em 17 ministérios). O novo primeiro-ministro já tinha afirmado que este é um Governo “comprometido com a igualdade” de género e um “fiel reflexo” do movimento feminista.

Pedro Sánchez tornou-se primeiro-ministro na sequência da queda do Governo do Partido Popular (PP), chefiado por Mariano Rajoy, que foi alvo de uma moção de censura promovida pelo PSOE e aprovada no Parlamento.

A queda do Executivo foi provocada depois de vários ex-membros do PP terem sido condenados a longas penas de prisão, na sequência do esquema de corrupção conhecido por “caso Gürtel”, que ajudou a financiar o partido.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

7 dos 10 políticos mais ricos de Portugal são do PS. Basílio tem 11 milhões

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, tem um património superior a 11,5 milhões de euros, sendo assim o político em funções mais rico de Portugal. Os dados são avançados pela revista Sábado …

Trump ameaça paralisar Governo se não houver dinheiro para o muro

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou esta sexta-feira travar um acordo orçamental que permitiria evitar a paralisação das instituições federais do país, por este não prever financiamento para construir o seu desejado muro na fronteira …

Marcelo despediu-se da "verdadeira vocação" da sua vida com mensagem de esperança no futuro

O Presidente da República despediu-se na tarde desta quinta-feira da "fascinante aventura" do ensino como professor universitário de Direito, que disse ser a "verdadeira vocação" de toda a sua vida. "A universidade, a minha universidade foi …

Marques Vidal diz que hipótese de recondução nunca lhe foi colocada

Joana Marques Vidal, atual procuradora geral da República, disse nesta sexta-feira que a hipótese de recondução para um novo mandato nunca lhe foi colocada, revelando ainda que só soube da decisão ontem à noite. Em reação …

Universidade de Lisboa vai ter de devolver milhares em propinas de bolseiros

A Universidade de Lisboa vai ter de devolver milhares de euros em propinas cobradas ao longo de dois anos a estudantes de doutoramento que tinham uma bolsa de estudo atribuída pela instituição de ensino. A Universidade …

94 mortos e dezenas de desaparecidos em naufrágio na Tanzânia

Pelo menos 94 pessoas morreram num naufrágio de uma embarcação, na Tanzânia, que transportava cerca de 400 pessoa. O balanço inicial dava conta de 79 mortes e dezenas de desaparecidos. De acordo com as equipas de …

Nem extraterrestres, nem espiões. Pornografia infantil encerrou Observatório Solar

O Observatório Solar do Novo México, nos EUA, esteve encerrado durante 11 dias, sem se saber porquê. Depois dos rumores de extraterrestres ou de espionagem, descobre-se que, afinal, o fecho se deveu a uma investigação do …

Finanças confirmam fim da proibição dos prémios de desempenho

O Governo confirmou que vai eliminar no Orçamento do Estado para 2019 algumas normas para a função pública, como a proibição de atribuir prémios de desempenho ou a possibilidade de progressões na carreira por opção …

Taxista mantêm protesto até reunião em Belém. "Resistir, resistir, resistir"

As duas faixas 'Bus' da Avenida da Liberdade, em Lisboa, continuavam esta sexta-feira de manhã, pelo terceiro dia consecutivo, preenchidas com táxis em protesto contra a entrada em vigor da lei que regula as plataformas …

Criatura "alienígena" encontrada numa praia na Nova Zelândia

Uma família neozelandesa passeava ao longo de uma praia no norte de Auckland quando encontraram uma bizarra criatura em forma de bolha e vermelha. A criatura, que acabou por ser identificada como uma espécie específica de …