Socialistas espanhóis apresentam moção de censura contra Rajoy

O PSOE apresentou, esta sexta-feira, no Congresso, uma moção de censura contra o presidente do Governo espanhol, 24 horas depois da sentença no “caso Gürtel”.

Um tribunal espanhol aplicou, esta quinta-feira, penas elevadas a uma série de políticos e empresários envolvidos num esquema de corrupção, a que se chamou “caso Gürtel”, que ajudou a financiar o Partido Popular (PP), no poder.

O próprio partido do primeiro-ministro foi multado em 245 mil euros por ter beneficiado do esquema ilegal que se baseava em conceder contratos públicos a empresas em troca de dinheiro.

O registo da moção de censura do PSOE, levada em mão pela porta-voz do partido, Margarita Robles, ocorreu antes de o secretário-geral, Pedro Sánchez, informar a direção nacional do partido, que está reunida neste momento na sede, em Madrid.

Sanchez reuniu-se na quinta-feira com parte da liderança do partido para analisar a possibilidade de apresentar a moção, que foi entregue esta manhã na Câmara Baixa.

A moção havia sido exigida pelo líder do Podemos, Pablo Iglesias, que já havia adiantado que a apoiaria. O líder do partido de esquerda denunciou que a decisão do “caso Gürtel” é a prova de que há “um partido delinquente” no comando do Governo, o que não se pode permitir em nenhuma democracia.

Ciudadanos apoia moção de censura “instrumental”

Com o apoio do Podemos, todos os olhos estão agora voltados para o partido Ciudadanos. O seu presidente, Albert Rivera, tinha anunciado que o partido ia avaliar o que fazer no resto da Legislatura e a sua relação com o Governo depois da sentença do “caso Gürtel”, que colocou o Executivo e o país numa situação “tão grave”.

“Há um antes e um depois” após a decisão do tribunal, disse. “Isto muda tudo”, afirmou Rivera, quando se pronunciou sobre a sentença do caso.

Segundo o Observador, a moção de censura poderá ser aprovada porque o Ciudadanos abriu a porta à possibilidade de votar a favor caso Rajoy não convoque eleições antecipadas.

“Ou o senhor Rajoy convoca eleições, ou convoca o Congresso dos Deputados através de uma moção de censura”, declarou o porta-voz José Manuel Villegas. “O senhor Rajoy não pode continuar a esconder-se”.

Para os ‘naranjas’, qualquer moção de censura só valerá se for “instrumental”, ou seja, se defender apenas a convocação de eleições e não de outros temas. Ainda não é certo se o partido vai apoiar a versão do PSOE ou se vai apresentar a sua própria moção.

O que é o “caso Gürtel”?

Rajoy, chamado a prestar declarações ao tribunal no âmbito do “caso Gürtel”, em julho de 2017, declarou que não estava a par dos casos de corrupção quando estes tiveram lugar, a partir de 1999, e que ele próprio decidiu, em 2004, cortar as relações que havia entre o PP e Francisco Correa, cujas empresas forneciam serviços a esse partido.

Este empresário, que é considerado o “cérebro” do “caso Gurtel”, foi condenado a mais de 52 anos de prisão e Luis Barcenas, um ex-tesoureiro do PP, a 33 anos de prisão e ao pagamento de uma multa de quatro milhões de euros.

Durante o julgamento, Correa explicou um esquema em que entregava “envelopes” com dinheiro a funcionários públicos e responsáveis políticos eleitos pelo PP, para ajudarem certas empresas “amigas” a ganharem contratos de direito público.

O chefe do Governo central nunca foi envolvido diretamente no caso, mas os seus cargos de responsabilidade no PP têm levado os opositores a acusá-lo de ter “fechado os olhos” a este esquema.

Este e outros escândalos de corrupção que envolvem membros do PP contribuíram para que o partido perdesse, em dezembro de 2015, a maioria absoluta que tinha no Parlamento espanhol.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Liga Portugal abre inquérito à SAD do Feirense

A Liga vai solicitar a abertura de um processo de inquérito ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), devido à ligação do detentor maioritário da SAD do Feirense a uma casa de …

Morreu John Hume, artífice da paz na Irlanda do Norte

O político da Irlanda do Norte, Prémio Nobel da Paz e artífice da reconciliação na província britânica marcada por décadas de conflito morreu, esta segunda-feira, aos 83 anos, anunciou a família. "John Hume morreu de madrugada na …

OMS admite que pode nunca vir a existir "uma panaceia" contra a covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, esta segunda-feira, que talvez nunca venha a existir "uma panaceia" contra a pandemia de covid-19, apesar das investigações em curso que procuram conseguir uma vacina contra a doença. "Não …

"Lei fundamental é violada por todos os lados". Oposição venezuelana recusa-se a participar nas eleições

Os 27 partidos políticos venezuelanos que se opõem ao chavismo decidiram no domingo não concorrer às eleições legislativas agendadas para dezembro por considerá-las uma "fraude". Entre os partidos, estão aqueles com representação parlamentar, que assinaram um …

Médias dos exames nacionais subiram. Só MACS teve média negativa

As médias nos exames nacionais deste ano subiram em todas as disciplinas em relação ao ano passado, com exceção de duas provas, segundo dados oficiais divulgados esta segunda-feira. De acordo com os dados do Júri Nacional …

Mortes por covid-19 no Irão são quase o triplo dos números oficiais

O número de mortes causadas pela covid-19 no Irão pode ser quase três vezes superior aos números oficiais, o que significa que as autoridades iranianas estão a tentar esconder a gravidade da pandemia no país. Segundo …

Revelado contrato oferecido pelo Real Madrid a Lewandowski. Só faltava assinar

O diário polaco Onet Sport revelou esta domingo o contrato oferecido pelo Real Madrid a Robert Lewandowski no verão de 2014. De acordo com o jornal, Lewandowski esteve muito próximo de rumar a Madrid e …

Capturado El Marro, líder de um cartel dedicado ao tráfico de gasolina no México

Este domingo, as autoridades mexicanas capturaram José Antonio Yépez Ortiz, um dos criminosos mais procurados do país. Forças militares capturaram no domingo José Antonio Yépez, apelidado de "El Marro", líder de um poderoso cartel dedicado ao …

Editoras criticam prazo apertado para distribuir manuais escolares

Uma vez que os alunos não vão ter de devolver os manuais escolares este ano, as editoras são obrigadas a responder ao aumento da procura num "curtíssimo" período de tempo. Este ano, face à pandemia, os …

Portugal sem registo de mortes nas últimas 24 horas. Há 106 novos casos

Portugal regista, esta segunda-feira, mais 106 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo e nenhuma morte, mostra o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS). Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde, …