Socialistas espanhóis apresentam moção de censura contra Rajoy

O PSOE apresentou, esta sexta-feira, no Congresso, uma moção de censura contra o presidente do Governo espanhol, 24 horas depois da sentença no “caso Gürtel”.

Um tribunal espanhol aplicou, esta quinta-feira, penas elevadas a uma série de políticos e empresários envolvidos num esquema de corrupção, a que se chamou “caso Gürtel”, que ajudou a financiar o Partido Popular (PP), no poder.

O próprio partido do primeiro-ministro foi multado em 245 mil euros por ter beneficiado do esquema ilegal que se baseava em conceder contratos públicos a empresas em troca de dinheiro.

O registo da moção de censura do PSOE, levada em mão pela porta-voz do partido, Margarita Robles, ocorreu antes de o secretário-geral, Pedro Sánchez, informar a direção nacional do partido, que está reunida neste momento na sede, em Madrid.

Sanchez reuniu-se na quinta-feira com parte da liderança do partido para analisar a possibilidade de apresentar a moção, que foi entregue esta manhã na Câmara Baixa.

A moção havia sido exigida pelo líder do Podemos, Pablo Iglesias, que já havia adiantado que a apoiaria. O líder do partido de esquerda denunciou que a decisão do “caso Gürtel” é a prova de que há “um partido delinquente” no comando do Governo, o que não se pode permitir em nenhuma democracia.

Ciudadanos apoia moção de censura “instrumental”

Com o apoio do Podemos, todos os olhos estão agora voltados para o partido Ciudadanos. O seu presidente, Albert Rivera, tinha anunciado que o partido ia avaliar o que fazer no resto da Legislatura e a sua relação com o Governo depois da sentença do “caso Gürtel”, que colocou o Executivo e o país numa situação “tão grave”.

“Há um antes e um depois” após a decisão do tribunal, disse. “Isto muda tudo”, afirmou Rivera, quando se pronunciou sobre a sentença do caso.

Segundo o Observador, a moção de censura poderá ser aprovada porque o Ciudadanos abriu a porta à possibilidade de votar a favor caso Rajoy não convoque eleições antecipadas.

“Ou o senhor Rajoy convoca eleições, ou convoca o Congresso dos Deputados através de uma moção de censura”, declarou o porta-voz José Manuel Villegas. “O senhor Rajoy não pode continuar a esconder-se”.

Para os ‘naranjas’, qualquer moção de censura só valerá se for “instrumental”, ou seja, se defender apenas a convocação de eleições e não de outros temas. Ainda não é certo se o partido vai apoiar a versão do PSOE ou se vai apresentar a sua própria moção.

O que é o “caso Gürtel”?

Rajoy, chamado a prestar declarações ao tribunal no âmbito do “caso Gürtel”, em julho de 2017, declarou que não estava a par dos casos de corrupção quando estes tiveram lugar, a partir de 1999, e que ele próprio decidiu, em 2004, cortar as relações que havia entre o PP e Francisco Correa, cujas empresas forneciam serviços a esse partido.

Este empresário, que é considerado o “cérebro” do “caso Gurtel”, foi condenado a mais de 52 anos de prisão e Luis Barcenas, um ex-tesoureiro do PP, a 33 anos de prisão e ao pagamento de uma multa de quatro milhões de euros.

Durante o julgamento, Correa explicou um esquema em que entregava “envelopes” com dinheiro a funcionários públicos e responsáveis políticos eleitos pelo PP, para ajudarem certas empresas “amigas” a ganharem contratos de direito público.

O chefe do Governo central nunca foi envolvido diretamente no caso, mas os seus cargos de responsabilidade no PP têm levado os opositores a acusá-lo de ter “fechado os olhos” a este esquema.

Este e outros escândalos de corrupção que envolvem membros do PP contribuíram para que o partido perdesse, em dezembro de 2015, a maioria absoluta que tinha no Parlamento espanhol.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bastonária dos Enfermeiros aumentou salários na Ordem à "socapa" (e com retroativos)

A Bastonária dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, está a ser acusada por antigos responsáveis da Ordem e outros profissionais de saúde de aprovado “à socapa” um subsídio de função, que a beneficia financeiramente, bem como …

Bancos emprestaram 47 milhões por dia às famílias

Os bancos emprestaram, em média, 47 milhões por dia desde janeiro. Os créditos concedidos para compra de casa e bens de consumo continuam a subir. Só no mês de junho, foram emprestados mil milhões para crédito …

Glisofato encontrado em cereais de criança

O herbicida glisofato, que causou cancro a um jardineiro, foi encontrado em 43 dos 45 cereais à base de aveia e barras de snack numa amostra recolhida nos Estados Unidos. O glisofato é um herbicida muito …

Funcionários da Google em protesto contra motor de busca censurado para a China

Mais de mil funcionários do gigante da Internet Google assinaram uma petição em protesto contra o plano secreto da empresa para criar um motor de busca que vai cumprir com as exigências da censura chinesa. O …

Pasteleiro que recusou fazer bolo de casamento homossexual volta a tribunal

Jack Phillips avançou com uma ação em tribunal contra o estado, alegando discriminação religiosa. Em causa está o facto de a Comissão de Direitos Civis do Colorado ter deliberado contra o pasteleiro, depois de este …

Em 2017, só 387 funcionários públicos esperaram pelos 70 anos para se reformar

No ano passado, só 387 funcionários públicos esperaram pelos 70 anos para se aposentarem. Este valor representa 3.1% de todas as novas pensões concedidas em 2017 pela Caixa Geral de Aposentações. As categorias profissionais mais altas …

Costa preocupado com aumento de risco de incêndio no interior norte do país

O primeiro-ministro manifestou-se preocupado com as previsões meteorológicas que indiciam um aumento do risco de incêndio a partir de sexta-feira. António Costa relembrou ainda os comportamentos que devem ser evitado no fim-de-semana. “As previsões podem implicar …

Pode ter sido encontrada a solução para comer sem engordar

Uma equipa de investigadores pode ter descoberto como resolver o problema da obesidade, e como comer sem engordar. Eles conseguiram bloquear a absorção de gordura por parte do corpo, mas, para já, só em ratos. Esta …

Nova moeda na Venezuela obriga banca a paralisar serviços eletrónicos por 24 horas

A reconversão monetária vai obrigar a banca venezuelana a paralisar o serviço eletrónico durante 24 horas, a partir das 18h00 horas locais de domingo (22h30 horas em Lisboa), anunciou o ministro venezuelano do Interior, Justiça …

Governo italiano admite ser "inevitável" que número de mortos em Génova aumente

O Governo de Itália admitiu nesta quinta-feira que será "inevitável" que o número de mortos na sequência da queda de uma ponte na terça-feira em Génova aumente à medida que os trabalhos de resgate prosseguem …