/

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

4

Ministerie van Buitenlandse Zaken / Flickr

Sigrid Kaag, ex-ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão.

A ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demitiu-se esta quinta-feira, na sequência da aprovação de uma moção de censura no Parlamento, por causa da gestão do Governo da retirada de cidadãos nacionais e de afegãos, noticia o jornal Público.

“O Parlamento decidiu que o Governo atuou irresponsavelmente. O ministro deve sair quando as suas políticas são rejeitadas”, justificou a ex-diplomata e atual líder do partido liberal D66, citada pela Reuters.

Na base da moção que reuniu a maioria do apoio dos deputados está o argumento de que, para além de ter reagido de forma lenta à necessidade urgente de retirar civis do Afeganistão, o executivo não foi capaz de garantir o transporte de milhares de pessoas.

Apesar de terem sido resgatadas cerca de 2.100 pessoas do território, centenas de cidadãos holandeses, muitos com ascendência afegã, e milhares de cidadãos afegãos que colaboraram com as forças estrangeiras durante a ocupação norte-americana e da NATO foram deixados para trás.

Kaag assumiu que o Governo agiu com base em “pressupostos falsos”, mas lembrou que a rápida conquista do Afeganistão surpreendeu toda a gente, “incluindo os próprios talibã”.

  ZAP //

 

4 Comments

  1. …depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão.
    Só por isso ?!?
    Sorte do Eduardo Cabrita não estar num governo holandês.

  2. O presidente e o ministro da defesa bem repetiram que os quatro soldadinhos que foram de boleia no avião espanhol cumpriram plenamente a sua tarefa mas, afinal, nem sequer metade dos afegãos da lista trouxeram! Para não se demitirem sempre têm a desculpa de não serem holandeses! Já a hombridade é que não lhes pode servir de desculpa…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.