Ministério colocou mais 3.362 professores nas escolas

cybrarian77 / Flickr

-

O Ministério da Educação e Ciência (MEC) concluiu esta sexta-feira mais um concurso de professores, que colocou nas escolas 3.362 docentes contratados e retirou da situação de ‘horário-zero’ mais 33 docentes dos quadros, havendo agora 373 professores sem turma atribuída.

“A Direcção Geral da Administração Escolar (DGAE) concluiu hoje a segunda colocação de professores para o ano lectivo 2014/2015 através da reserva de recrutamento. Os 3362 horários agora preenchidos foram solicitados pelas escolas até ao dia 25 de Setembro”, informou o MEC em comunicado.

“Para além desses horários, preenchidos por professores contratados, foram colocados mais professores do quadro, reduzindo assim para 373 o número de docentes de carreira sem componente lectiva”, acrescenta o comunicado.

De acordo com os procedimentos previstos, os professores agora colocados têm 48 horas para aceitar a sua colocação através da plataforma electrónica da DGAE para esse efeito, devendo também apresentar-se nas escolas num prazo de três dias úteis.

Até 25 de Setembro tinham sido pedidos pelas escolas professores para 3.468 horários.

“Os 106 horários para os quais não houve candidaturas ficarão disponíveis para que as escolas possam proceder à contratação directa, através da divulgação da necessidade no seu site”, esclareceu o MEC.

A tutela explicou ainda que “os professores colocados através da Bolsa de Contratação de Escola (BCE) que tenham obtido horário nesta Reserva de Recrutamento permanecerão nas escolas onde estão colocados até à divulgação definitiva das listas BCE, que ocorrerá durante a próxima semana”.

“Nessa altura, poderão optar por uma das duas colocações”, acrescentou o MEC.

Os horários da BCE, por terem sido pedidos pelas escolas até 15 de Setembro, são considerados anuais. Já os da reserva de recrutamento hoje fechada, pedidos pelas escolas até 25 de Setembro, são considerados temporários, para dar resposta a necessidades transitórias das escolas.

As reservas de recrutamento são concursos de colocação de docentes, centralizados, que ocorrem após a contratação inicial e destinam-se quer a professores dos quadros do ministério, quer a professores contratados.

“Os horários que ficarem disponíveis a partir de Janeiro serão disponibilizados directamente para contratação de escola”, esclareceu o ministério no comunicado.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica tem seis jogadores de malas feitas. Um deles chegou em julho

Há seis jogadores que poderão estar de saída do emblema da Luz, sendo que um deles, Caio Lucas, chegou em julho ao clube. O agente de Samaris já veio negar a saída do seu cliente. Bruno …

"Poderia juntar-se a Mourinho". Bale criticado por comportamento "infantil"

A atitude do internacional galês Gareth Bale continua a render críticas. Desta vez foi o antigo presidente do Real Madrdi Rámon Calderón, que considerou o comportamento do futebolista infantil. Em causa esta a atitude do …

Norte quer fundos de Bruxelas para ligação ao TGV espanhol

Pela primeira vez, a região norte do país antecipou a lista de prioridades para os fundos europeus, escreve o Jornal de Notícias, que dá conta uma das propostas passa por usar os fundos de Bruxelas …

Falta de médicos leva IPO de Lisboa a adiar consulta de paciente com 90 anos para 2021

O Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa adiou a consulta de um paciente nonagenário que estava marcada para janeiro de 2020 para o ano seguinte, isto é, para janeiro de 2021 devido à falta …

Eis a Cybertruck, a "pickup" elétrica da Tesla que já tem bilhete para Marte

A Tesla lançou o seu modelo de carrinha "pickup" elétrica, Cybertruck, com uma autonomia máxima de 800 quilómetros. Musk diz que vai haver uma versão especial que será a carrinha oficial de Marte. Após uma longa …

Rio não responde a críticas de adversário. "Estou na Croácia, não estou no Montenegro"

O presidente do PSD seguiu a regra de não falar de política interna fora do país e só abriu uma exceção para falar da manifestação dos polícias. Depois do discurso que tinha feito no Congresso do …

Hospitais públicos têm mais de 650 milhões de euros de dívidas em atraso

As dívidas em atraso dos hospitais pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde têm vindo a crescer desde o início do ano. Em setembro, o valor fixava-se nos 650 milhões de euros. Hospitais públicos acumulam 651,6 milhões …

Bolsonaro quer isentar polícias de punições por crimes cometidos em serviço

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse na quinta-feira que enviou ao Congresso Nacional um projeto de lei para isentar agentes das forças armadas e das polícias de eventuais punições criminais durante operações de segurança. De …

Dragões de Ouro. O "patinho feio" galardoado e o miúdo blindado a ouro

O FC Porto realizou esta quinta-feira a cerimónia anual de entrega dos Dragões de Ouro. O destaque foi para Marega, que recebeu o prémio de futebolista do ano. Fábio Silva venceu o prémio de revelação …

Forças Armadas vão passar a pagar rendas às Finanças

As Forças Armadas (FA) vão ter de pagar às Finanças uma renda pelos edifícios que usem e que sejam património do Estado. As FA estavam isentas desta obrigação desde 2012. As Forças Armadas perdem assim a …