Juiz que decidiu a favor do colégio da filha acusado de parcialidade

Tiago Petinga / Lusa

Manifestantes contra os cortes nos colégios privados protestam no último dia do 21 Congresso do Partido Socialista

Manifestantes contra os cortes nos colégios privados protestam no último dia do 21 Congresso do Partido Socialista

O juiz do Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra, Tiago Lopes de Miranda, foi acusado de parcialidade por ter um interesse jurídico paralelo ao dos colégios, uma vez que tem uma filha a frequentar um dos estabelecimentos de ensino em questão.

Para justificar o pedido de afastamento, o Ministério da Educação alegou que, em 2012, o magistrado realizou uma ação em que defendia para a filha o direito de frequentar um colégio com contrato de associação e alegou ser ilegal o ministério limitar o número de turmas.

De acordo com o Código do Processo Civil, entre os impedimentos previstos para um juiz não exercer as suas funções consta a existência de laços familiares.

O Ministério da Educação informou ao Diário de Notícias que as decisões tomadas pelo juiz terão efeito sobre o futuro escolar da própria filha, que terminou o 8º ano “num estabelecimento do ensino particular e cooperativo abrangido pela medida que resultará da aplicação das normas regulamentares cuja suspensão da eficácia se requer”.

Já o Tribunal Central Administrativo do Norte não vê motivos para a suspeição e revelou que “nada impedirá o juiz de decidir com imparcialidade, uma coisa é decidir em causa própria e outra é decidir por uma causa em que esses fundamentos são formulados”.

Segundo a Lusa, na passada segunda-feira o juiz decidiu a favor de duas escolas privadas com contrato de associação que vão poder receber inscrições e matrículas sem limitação geográfica, mas o Ministério da Educação revelou que vai recorrer da decisão.

Em causa está a guerra que opõe os estabelecimentos de ensino privado com contrato de associação e o Ministério da Educação que quis limitar os apoios financeiros apenas às zonas onde existe uma carência de oferta pública de escolas.

BZR, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Estavam à espera de retidão no juiz?
    E quando os juízes do Tribunal Constitucional vetam ou aprovam leis em que são parte interessada, como vencimentos, mordomias e reformas na função pública ?
    A corrupção neste país é democrática; não escolhe profissão, credo ou género.

    • Mas não era uma escola pública que estava a pôr o Estado em tribunal.
      Além do mais, é um princípio básico da administração pública, não se dever estar envolvido na decisão de actos onde possa constituir parte interessada, directamente ou através de terceiros.
      De qualquer forma, o colégio já veio dizer que o senhor juiz não tem lá nenhum(a) filho(a).

  2. Qualquer das maneiras estamos perante uma imposição de dois sistemas e duas classes sociais, um para ricos “colégios” outro para pobres “público” a partir de agora a sociedade ficará ainda mais dividida.

  3. Por lá ter o filho na minha opinião não inibe minimamente o Juiz de permanecer isento na sua decisão. Seria igual se o tivesse numa escola pública. A opção do Juiz enquanto cidadão não pode influenciar a decisão que toma pela apreciação e aplicação exclusiva da lei. Caso contrário o caro PJ teria de inventar robots para julgar, já que todos os que conheço são humanos, têm as suas opções políticas, os seus clubes, etc e deste modo estariam sempre condicionados nas decisões que têm de tomar.

    O caso que o PJ refere nada tem a ver com o presente. Uma situação é um Juiz decidir sobre uma matéria na qual se encontra diretamente envolvido (exemplo, julgar a gestão de uma organização da qual ele, algum familiar ou amigo fazia parte dos órgãos sociais). Outro caso é o presente, em que o benefício direto é fortemente limitado, circunscrito e resulta das práticas normais de uma sociedade em que os seus cidadãos fazem opções.

RESPONDER

Moderna admite a necessidade de terceira dose da vacina este ano

A empresa biotecnológica norte-americana Moderna admitiu esta quinta-feira que será necessária uma terceira dose da sua vacina contra a covid-19 antes do fim do ano, devido ao esperado aumento de contágios causado pela variante Delta …

Marcelo insiste na vacinação dos jovens dos 12 aos 15. "Temos de ter paciência"

O Presidente da República considerou, esta quinta-feira, que as dúvidas relativas à vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos não são "tanto dúvidas de princípio, quanto de momento", afirmando que "tudo tem …

44% dos futebolistas foram alvo de ofensas no Twitter

Estudo envolveu os 400 futebolistas da Premier League que têm conta oficial naquela rede social. Quase metade dos futebolistas da Premier League que têm conta oficial no Twitter recebeu mensagens com conteúdo ofensivo ao longo da …

Juiz condenado por violência doméstica e por negar relações sexuais perde ação no TC

O juiz condenado por violência doméstica e por negar relações sexuais à ex-companheira perdeu o recurso que tinha apresentado no Tribunal Constitucional (TC). De acordo com o jornal Público, em 2017, o Tribunal da Relação de …

Novo estudo deteta centenas de variantes genéticas ligadas à idade da menopausa

Um novo estudo analisou a informação genética de mais de 200 mil mulheres e identificou 290 variantes associadas ao momento da chegada da menopausa. Um estudo publicado esta quarta-feira na revista Nature usou a informação de …

Macron confirma terceira dose para os "mais frágeis e mais velhos"

França tenciona reforçar a vacinação contra a covid-19 com uma terceira dose para os "mais frágeis e os mais velhos", confirmou o Presidente francês, esta quinta-feira. "Sim, uma terceira dose será muito provavelmente necessária, não para …

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de caução de Luís Filipe Vieira

O juiz Carlos Alexandre aceitou a nova proposta do ex-presidente do Benfica para o pagamento da caução de três milhões de euros, no âmbito da Operação Cartão Vermelho. Segundo avança a rádio TSF, o juiz Carlos …

Filho do ex-futebolista Ballack morre em acidente de moto 4 em Tróia

O filho do ex-futebolista alemão, de 18 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira num acidente de moto 4 em Tróia, no concelho de Grândola, distrito de Setúbal. De acordo com a TVI24, Emilio Ballack morreu, esta …

Autoagendamento para jovens de 16 e 17 anos termina esta sexta-feira

O autoagendamento exclusivo para os jovens de 16 e 17 anos, para vagas disponíveis no fim-de-semana de 14 e 15 de agosto, termina esta sexta-feira e no sábado volta a estar disponível para os maiores …

Campeãs olímpicas de badminton vão receber casas, vacas e café para o resto da vida

O par de badminton feminino indonésio que ganhou ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio vai receber uma casa, 295 mil euros, mais ainda cinco vacas e café para o resto da vida. O arquipélago indonésio, onde …