Juiz que decidiu a favor do colégio da filha acusado de parcialidade

Tiago Petinga / Lusa

Manifestantes contra os cortes nos colégios privados protestam no último dia do 21 Congresso do Partido Socialista

Manifestantes contra os cortes nos colégios privados protestam no último dia do 21 Congresso do Partido Socialista

O juiz do Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra, Tiago Lopes de Miranda, foi acusado de parcialidade por ter um interesse jurídico paralelo ao dos colégios, uma vez que tem uma filha a frequentar um dos estabelecimentos de ensino em questão.

Para justificar o pedido de afastamento, o Ministério da Educação alegou que, em 2012, o magistrado realizou uma ação em que defendia para a filha o direito de frequentar um colégio com contrato de associação e alegou ser ilegal o ministério limitar o número de turmas.

De acordo com o Código do Processo Civil, entre os impedimentos previstos para um juiz não exercer as suas funções consta a existência de laços familiares.

O Ministério da Educação informou ao Diário de Notícias que as decisões tomadas pelo juiz terão efeito sobre o futuro escolar da própria filha, que terminou o 8º ano “num estabelecimento do ensino particular e cooperativo abrangido pela medida que resultará da aplicação das normas regulamentares cuja suspensão da eficácia se requer”.

Já o Tribunal Central Administrativo do Norte não vê motivos para a suspeição e revelou que “nada impedirá o juiz de decidir com imparcialidade, uma coisa é decidir em causa própria e outra é decidir por uma causa em que esses fundamentos são formulados”.

Segundo a Lusa, na passada segunda-feira o juiz decidiu a favor de duas escolas privadas com contrato de associação que vão poder receber inscrições e matrículas sem limitação geográfica, mas o Ministério da Educação revelou que vai recorrer da decisão.

Em causa está a guerra que opõe os estabelecimentos de ensino privado com contrato de associação e o Ministério da Educação que quis limitar os apoios financeiros apenas às zonas onde existe uma carência de oferta pública de escolas.

BZR, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Estavam à espera de retidão no juiz?
    E quando os juízes do Tribunal Constitucional vetam ou aprovam leis em que são parte interessada, como vencimentos, mordomias e reformas na função pública ?
    A corrupção neste país é democrática; não escolhe profissão, credo ou género.

    • Mas não era uma escola pública que estava a pôr o Estado em tribunal.
      Além do mais, é um princípio básico da administração pública, não se dever estar envolvido na decisão de actos onde possa constituir parte interessada, directamente ou através de terceiros.
      De qualquer forma, o colégio já veio dizer que o senhor juiz não tem lá nenhum(a) filho(a).

  2. Qualquer das maneiras estamos perante uma imposição de dois sistemas e duas classes sociais, um para ricos “colégios” outro para pobres “público” a partir de agora a sociedade ficará ainda mais dividida.

  3. Por lá ter o filho na minha opinião não inibe minimamente o Juiz de permanecer isento na sua decisão. Seria igual se o tivesse numa escola pública. A opção do Juiz enquanto cidadão não pode influenciar a decisão que toma pela apreciação e aplicação exclusiva da lei. Caso contrário o caro PJ teria de inventar robots para julgar, já que todos os que conheço são humanos, têm as suas opções políticas, os seus clubes, etc e deste modo estariam sempre condicionados nas decisões que têm de tomar.

    O caso que o PJ refere nada tem a ver com o presente. Uma situação é um Juiz decidir sobre uma matéria na qual se encontra diretamente envolvido (exemplo, julgar a gestão de uma organização da qual ele, algum familiar ou amigo fazia parte dos órgãos sociais). Outro caso é o presente, em que o benefício direto é fortemente limitado, circunscrito e resulta das práticas normais de uma sociedade em que os seus cidadãos fazem opções.

RESPONDER

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado polaco venceu a segunda volta das eleições Presidenciais com 51,21% dos votos, derrotando o liberal Rafal Trzaskowski, anunciou, esta segunda-feira, a Comissão Eleitoral. Segundo a Comissão Eleitoral, Andrzej Duda conseguiu a reeleição …

Manifestantes criticam escolha de Macron para o Ministério do Interior. Ministro é acusado de violação

Ativistas dos direitos das mulheres protestaram, em França e no estrangeiro, contra a nomeação do novo ministro do Interior, acusado de violação, e do ministro da Justiça, que ridicularizou o movimento #MeToo. Ativistas dos direitos das …

Cinco meses depois, chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas

A reunião contempla temas como o impacto da pandemia, a situação na Líbia, Hong Kong e na Venezuela, as relação da União Europeia com a Índia e África e o Processo de Paz do Médio …

Há 12 países que conseguiram escapar à pandemia

Tendo em conta os casos registados e comunicados oficialmente pelas autoridades, há 12 países no mundo que não registam qualquer caso de infeção. Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, a covid-19 chegou a 188 países, mas, …

"Prisioneira em casa" há 4 meses. Algarvia já fez 14 testes e não se livra do coronavírus

A algarvia Tânia Poço está infectada com o novo coronavírus há quatro meses. Nesta altura, já não tem sintomas de covid-19, mas os testes que tem feito continuam a assinalar a presença do vírus naquele …

Mais duas mortes e 306 novos casos em Portugal

Portugal regista, esta segunda-feira, mais duas mortes e 306 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 306 novos casos (aumento de 0,7%), 254 são …

15.299 casos num só dia. Florida bate recorde

Este domingo, o estado norte-americano registou 15.299 casos no espaço de 24 horas. Se a Florida fosse um país, seria o quarto com mais casos de covid-19 em todo o mundo. O estado da Florida, nos …

Partidos de Direita vencem eleições na Galiza e País Basco

As eleições regionais disputadas hoje em Espanha fortaleceram os partidos no poder, com o Partido Popular (direita) a alcançar a quarta maioria absoluta consecutiva na Galiza e o Partido Nacionalista Basco (PNV-centro-direita) a triunfar no …

Processo de sucessão de António Costa "já começou" (e há "coisas muito estranhas" na EDP)

O comentador Luís Marques Mendes disse, no seu habitual espaço de comentário de domingo, que “a guerra da sucessão de António Costa já começou", acrescentando que “os delfins de António Costa andam especialmente ativos“. Para o …

Cristianinho a todo o "gás" numa moto de água na Madeira. Polícia Marítima está a investigar

O filho de Cristiano Ronaldo conduziu uma moto de água sozinho no Paul do Mar, na costa sul da Madeira, num episódio que pode ser considerado uma violação tão grave como conduzir um automóvel sem …