800 militares burlam Estado em negócio de óculos de sol

Paulo Novais / Lusa

Cerca de 800 militares da GNR e das Forças Armadas compravam óculos de sol registados como sendo óculos graduados.

Cerca de 800 militares da GNR e das Forças Armadas estão envolvidos numa burla ao Estado, através dos sistemas de assistência na doença. Segundo o Jornal de Notícias, os militares, familiares e amigos terão sido aliciados por um grupo de lojas de ótica do Grande Porto.

De acordo com o Ministério Público, os beneficiários do Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA) e Saúde e Assistência na Doença (SAD/GNR) foram aliciados pelos gerentes do grupo de lojas de ótica que propunha um esquema de falsificação de documentos para obterem óculos de sol de prestigiadas marcas.

Os militares participaram neste esquema de burla ao comprarem produtos não comparticipados, que eram faturados como óculos graduados prescritos por médicos, tendo contribuído alegadamente para ganhos ilegais de 350 mil euros em lojas do grupo Óptica de Lisboa.

Embora os militares não tivessem nenhum problema oftalmológico, faziam um exame à visão que servia de base à prescrição médica. Depois, os militares escolhiam os óculos e o processo era enviado para a Associação Nacional de Óticas (ANO), que tem protocolos com os serviços sociais dos militares.

Segundo o jornal, o dinheiro das comparticipações fraudulentas saía dos sistemas de assistência na doença (SAD/GNR e IASFA) para a Associação Nacional de Óticas que, depois, pagava à ótica envolvida no esquema.

A maioria dos envolvidos no processo (745) assumiu a culpa e beneficiou da suspensão provisória do processo. Contudo, outros 56 militares vão ser julgados, acusados do crime de falsificação de documentos. O Ministério Público também indiciou três gerentes da ótica por burla qualificada e usurpação de funções.

O esquema de burla ocorreu entre 2010 e 2012 e envolve quatro lojas da Ótica Lisboa, com sede em Rio Tinto, Gondomar. O Jornal de Notícias tentou entrar em contacto com os responsáveis da empresa, mas estes mostraram indisponíveis.

ZAP //

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

    • Pois ……Só se vê acusações a Políticos mas talvez sejam os menos corruptos. Veja-se quantas lojas (pequeno comércio) tenta fugir a passar factura. Porque será?

      • ML….. Se no seu (pequeno comércio) é assim, emende-se. E porque não fala das grandes superficies?…. Sabe como eles fogem “legalmente” ao impostos?…. Sabe como eles exploram os trabalhadores?… Você fala do que não sabe ….

        • Não Não é no meu pequeno comércio, pois sou consumidora, não comerciante e comigo passam sempre factura .
          Sei perfeitamente do que falo, talvez você é que não sabe do que fala se quer ir por esse caminho…………….

          • Que pena …. só é consumidora ….. Sabe perfeitamente do que fala ….. eh eh eh …… Isto é como acabar com pescadores de cana e deixar os arrastões trabalhar ….. Um só arrasto MATA mais peixes que todos os pescadores de cana num ano…. Isto é como proibir os carros “velhos” no centro da cidade por causa da poluição e uma só descolagem de um avião polui mais que TODOS os automóveis num mês…. Isto é como falar de economia paralela no comércio e, se juntar todos os “apoios” às vigarices da banca, só nos últimos 4 anos, equivale a toda a economia paralela durante 20 anos…… E diz vc que eu é que não sei do que falo???…… Se quiser perquisar o que AFIRMEI, esteja à vontade e elucide-se….. E volto a AFIRMAR …. Você não sabe do que fala….. infelizmente vê só o que lhe dizem….. Chama-se a isso “CEGUEIRA POR DESATENÇÃO…… Coitada..

  1. Não, burro sou eu! Comprei uns óculos de sol graduados na óculos world, sede em Hong Kong, sem qualquer apoio, 220€ do meu bolso, como são de fora da UE a alfandega enfiou-me com 85€ de impostos, a transportadora com 50€ para desalfandegar e de 220€ vou arder com 150€ a mais. Eu é que sou muito burro, mas não usei 1 cêntimo deste sistema nojento de finanças e de corruptos que se queimam por uns óculos de sol.

    • e sabes porque è que pagas tantos impostos? para pagares os ordenados destes chulos e os óculos porque um chulo de categoria tem que ter uns bons óculos.

  2. Só os militares?
    isto é muito mais profundo do que pensam… investiguem os oculos na restante função pública e nas ligações disto com a adse…
    o país fica rico num instante… o mercado do trabalho mexe rapidamente com saídas e entradas.

    • Eu com o cidadão comum, compro os óculos (modelo e marca, frequência bienal ou trienual) que o meu nível de vida permite.
      Eles funcionários compram óculos de marca, 3 a 5 x mais caros do que necessário, com os extras todos (antireflexo, photogrey, ótica ultra-leve, estojo premium) e numa frequência anual…

      Quando são os “outros” a pagar, não custa…

      • Amigo Albertino, esta “chulice” na (SAD/GNR e IASFA, ADM) já acabou à dois anos. Agora a comparticipação dos óculos é feita diretamente ao beneficiário mediante apresentação da factura/recibo. Se os serviços tiverem dúvidas pedem que lhes sejam mostrados os óculos…… De 2015 para 2016 a comparticipação total para óculos deste sistema baixou mais de 50% …..

        • E como é que está actualmente a comparticipação relativamente aos “óculos normais”? É que a noticia fala dos óculos de sol…
          É que o problema dos óculos normais continua. Assim não há sistema que aguente, continua-se a efectuar fraude, injustiça e peculato…
          Os políticos já sabemos que estão pela rua da amargura em termos de credibilidade. Os funcionários públicos têm que se desmarcar de uma vez por todas, deste clima de suspeição. É condenar atos destes, mesmo sendo ao lado da nossa secretária. Aquilo que vejo nos poucos anos de vida, é que o meu colega fez, eu vou perguntar como é que fez, para eu fazer igual…

          • Só existe comparticipação para óculos com a prescrição por OFTALMOLOGISTAS, por isso, tem que ter receita de OFTALMOLOGISTA, para ter direito a comparticipação. Para ter lentes de sol, o MÉDICO, tem que escrever na receita, lentes coloridas. A factura/recibo, é enviada pelo beneficiário directamente para o IASFA, acompanhada pela receita do OFTALMOLOGISTA. O IASFA à dois anos que acabou com o pagamento através da ASSOCIAÇÂO NACIONAL DOS ÓPTICOS. A comparticipação é igual quer seja armação de marca ou oculo de sol de marca ou não e as lentes também.. Concretamente Aros= 80% do valor no máximo 61,55 € Lentes =80% do valor no máximo de 51,33 € por lente e em 3 anos só podem comprar no máximo 2 armações e 8 lentes. Sejam as lentes coloridas, brancas, unifocais ou progressivas. A “burla”, se existir, implica cumplicidade do MÉDICO, do BENEFICIÁRIO e do OCULISTA, o que não é muito provável, mas se houver dúvidas, os serviços que pagam, podem pedir que lhes sejam mostrados os óculos. Já aconteceram alguns casos.

  3. Realmente os óculos de sol deviam ser comparticipados, para que os usassem na instrução dos comandos em dias de sol forte…

RESPONDER

Chefe do Estado-Maior do Exército demite-se

O chefe do Estado Maior do Exército (CEME), o general Rovisco Duarte, demitiu-se nesta quarta-feira, dois dias após a tomada de posse do novo ministro da Defesa A notícia, inicialmente avançada pela TVI24, é agora confirmada …

"Biscoitos Ronaldo" geram polémica em café português no Reino Unido

Café em Worcester, Reino Unido, vendeu cerca de 60 bolachas. Dono alega que se tratava de uma brincadeira. Um português que vive no Reino Unido gerou polémica ao vender, no seu café, bolachas alusivas às acusações …

Macron segue os passos de Portugal e remodela o Governo francês

Depois de Portugal, foi a vez da França fazer uma remodelação governamental. Quatro ministros estão de saída, entram oito e seis mudam de pasta. A remodelação do Governo francês foi anunciada na terça-feira, duas semanas depois …

Governo quer vender fardas da PSP e GNR na Internet

A criação de uma plataforma online para a venda das fardas dos militares da GNR e dos agentes da PSP é uma das medidas que consta do Orçamento do Estado para 2019, com o objectivo …

Explosão em escola na Crimeia faz 10 mortos e centenas de feridos

Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas numa explosão no Instituto Politécnico da cidade de Kerch, no leste da Crimeia, de acordo com fontes médicas russas. "Como resultado de uma explosão no Instituto …

Relação confirma pena de prisão máxima para Pedro Dias

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou esta quarta-feira a decisão da primeira instância de condenar Pedro Dias a 25 anos de prisão por vários crimes cometidos em Aguiar da Beira, a 11 de outubro …

Benefícios fiscais só para novos contratos podem acelerar despejos

Depois de analisar as propostas do pacote de habitação, a UTAO avisa para as possíveis consequências das medidas de alívio fiscal no arrendamento, por apenas se aplicarem a novos contratos.   A Unidade Técnica de Apoio …

Subvenções vitalícias a políticos custam 7,17 milhões (e a lista continua em segredo)

O Orçamento de Estado para 2019 prevê um gasto de 7,17 milhões de euros com as subvenções vitalícias atribuídas a políticos. Um valor que desce apenas 90 mil euros, relativamente a 2018, numa altura em …

Afinal, a Google cedeu dados de bloggers ao Benfica

O Benfica chegou a acordo com a Google para a obtenção da identidade dos autores de blogues que divulgaram emails roubados ao clube. Os encarnados terão desistido da acção contra a gigante tecnológica. O Jornal de …

Centeno contraria Marcelo: “O único orçamento eleitoralista foi o de 2016”

Na sua primeira entrevista após a entrega do Orçamento de Estado para 2019, Mário Centeno rejeitou que a proposta seja eleitoralista, afirmando que o único orçamento eleitoralista nesta legislatura foi o de 2016. Ao contrário das …