800 militares burlam Estado em negócio de óculos de sol

Paulo Novais / Lusa

Cerca de 800 militares da GNR e das Forças Armadas compravam óculos de sol registados como sendo óculos graduados.

Cerca de 800 militares da GNR e das Forças Armadas estão envolvidos numa burla ao Estado, através dos sistemas de assistência na doença. Segundo o Jornal de Notícias, os militares, familiares e amigos terão sido aliciados por um grupo de lojas de ótica do Grande Porto.

De acordo com o Ministério Público, os beneficiários do Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA) e Saúde e Assistência na Doença (SAD/GNR) foram aliciados pelos gerentes do grupo de lojas de ótica que propunha um esquema de falsificação de documentos para obterem óculos de sol de prestigiadas marcas.

Os militares participaram neste esquema de burla ao comprarem produtos não comparticipados, que eram faturados como óculos graduados prescritos por médicos, tendo contribuído alegadamente para ganhos ilegais de 350 mil euros em lojas do grupo Óptica de Lisboa.

Embora os militares não tivessem nenhum problema oftalmológico, faziam um exame à visão que servia de base à prescrição médica. Depois, os militares escolhiam os óculos e o processo era enviado para a Associação Nacional de Óticas (ANO), que tem protocolos com os serviços sociais dos militares.

Segundo o jornal, o dinheiro das comparticipações fraudulentas saía dos sistemas de assistência na doença (SAD/GNR e IASFA) para a Associação Nacional de Óticas que, depois, pagava à ótica envolvida no esquema.

A maioria dos envolvidos no processo (745) assumiu a culpa e beneficiou da suspensão provisória do processo. Contudo, outros 56 militares vão ser julgados, acusados do crime de falsificação de documentos. O Ministério Público também indiciou três gerentes da ótica por burla qualificada e usurpação de funções.

O esquema de burla ocorreu entre 2010 e 2012 e envolve quatro lojas da Ótica Lisboa, com sede em Rio Tinto, Gondomar. O Jornal de Notícias tentou entrar em contacto com os responsáveis da empresa, mas estes mostraram indisponíveis.

ZAP //

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

    • Pois ……Só se vê acusações a Políticos mas talvez sejam os menos corruptos. Veja-se quantas lojas (pequeno comércio) tenta fugir a passar factura. Porque será?

      • ML….. Se no seu (pequeno comércio) é assim, emende-se. E porque não fala das grandes superficies?…. Sabe como eles fogem “legalmente” ao impostos?…. Sabe como eles exploram os trabalhadores?… Você fala do que não sabe ….

        • Não Não é no meu pequeno comércio, pois sou consumidora, não comerciante e comigo passam sempre factura .
          Sei perfeitamente do que falo, talvez você é que não sabe do que fala se quer ir por esse caminho…………….

          • Que pena …. só é consumidora ….. Sabe perfeitamente do que fala ….. eh eh eh …… Isto é como acabar com pescadores de cana e deixar os arrastões trabalhar ….. Um só arrasto MATA mais peixes que todos os pescadores de cana num ano…. Isto é como proibir os carros “velhos” no centro da cidade por causa da poluição e uma só descolagem de um avião polui mais que TODOS os automóveis num mês…. Isto é como falar de economia paralela no comércio e, se juntar todos os “apoios” às vigarices da banca, só nos últimos 4 anos, equivale a toda a economia paralela durante 20 anos…… E diz vc que eu é que não sei do que falo???…… Se quiser perquisar o que AFIRMEI, esteja à vontade e elucide-se….. E volto a AFIRMAR …. Você não sabe do que fala….. infelizmente vê só o que lhe dizem….. Chama-se a isso “CEGUEIRA POR DESATENÇÃO…… Coitada..

  1. Não, burro sou eu! Comprei uns óculos de sol graduados na óculos world, sede em Hong Kong, sem qualquer apoio, 220€ do meu bolso, como são de fora da UE a alfandega enfiou-me com 85€ de impostos, a transportadora com 50€ para desalfandegar e de 220€ vou arder com 150€ a mais. Eu é que sou muito burro, mas não usei 1 cêntimo deste sistema nojento de finanças e de corruptos que se queimam por uns óculos de sol.

    • e sabes porque è que pagas tantos impostos? para pagares os ordenados destes chulos e os óculos porque um chulo de categoria tem que ter uns bons óculos.

  2. Só os militares?
    isto é muito mais profundo do que pensam… investiguem os oculos na restante função pública e nas ligações disto com a adse…
    o país fica rico num instante… o mercado do trabalho mexe rapidamente com saídas e entradas.

    • Eu com o cidadão comum, compro os óculos (modelo e marca, frequência bienal ou trienual) que o meu nível de vida permite.
      Eles funcionários compram óculos de marca, 3 a 5 x mais caros do que necessário, com os extras todos (antireflexo, photogrey, ótica ultra-leve, estojo premium) e numa frequência anual…

      Quando são os “outros” a pagar, não custa…

      • Amigo Albertino, esta “chulice” na (SAD/GNR e IASFA, ADM) já acabou à dois anos. Agora a comparticipação dos óculos é feita diretamente ao beneficiário mediante apresentação da factura/recibo. Se os serviços tiverem dúvidas pedem que lhes sejam mostrados os óculos…… De 2015 para 2016 a comparticipação total para óculos deste sistema baixou mais de 50% …..

        • E como é que está actualmente a comparticipação relativamente aos “óculos normais”? É que a noticia fala dos óculos de sol…
          É que o problema dos óculos normais continua. Assim não há sistema que aguente, continua-se a efectuar fraude, injustiça e peculato…
          Os políticos já sabemos que estão pela rua da amargura em termos de credibilidade. Os funcionários públicos têm que se desmarcar de uma vez por todas, deste clima de suspeição. É condenar atos destes, mesmo sendo ao lado da nossa secretária. Aquilo que vejo nos poucos anos de vida, é que o meu colega fez, eu vou perguntar como é que fez, para eu fazer igual…

          • Só existe comparticipação para óculos com a prescrição por OFTALMOLOGISTAS, por isso, tem que ter receita de OFTALMOLOGISTA, para ter direito a comparticipação. Para ter lentes de sol, o MÉDICO, tem que escrever na receita, lentes coloridas. A factura/recibo, é enviada pelo beneficiário directamente para o IASFA, acompanhada pela receita do OFTALMOLOGISTA. O IASFA à dois anos que acabou com o pagamento através da ASSOCIAÇÂO NACIONAL DOS ÓPTICOS. A comparticipação é igual quer seja armação de marca ou oculo de sol de marca ou não e as lentes também.. Concretamente Aros= 80% do valor no máximo 61,55 € Lentes =80% do valor no máximo de 51,33 € por lente e em 3 anos só podem comprar no máximo 2 armações e 8 lentes. Sejam as lentes coloridas, brancas, unifocais ou progressivas. A “burla”, se existir, implica cumplicidade do MÉDICO, do BENEFICIÁRIO e do OCULISTA, o que não é muito provável, mas se houver dúvidas, os serviços que pagam, podem pedir que lhes sejam mostrados os óculos. Já aconteceram alguns casos.

  3. Realmente os óculos de sol deviam ser comparticipados, para que os usassem na instrução dos comandos em dias de sol forte…

RESPONDER

Hernâni marca no final do prolongamento e apura FC Porto para as 'meias' da Taça

O FC Porto, da I Liga, apurou-se hoje para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, após derrotar no prolongamento o Leixões, da II Liga, por 2-1, com Hernâni a fazer o golo do …

Eleito o destino turístico mais barato para 2019 (e Portugal fica à espreita)

O complexo Sunny Beach, na Bulgária, foi eleito o destino mais barato para turistas em 2019, de acordo com um estudo levado a cabo pela British Post Office, que analisou preços dos 42 pontos turísticos mais …

Netflix está a ser processada por causa de "Bandersnatch"

O episódio interativo de Black Mirror, que estreou no final do ano passado, não agradou à Chooseco, a editora responsável pela série de livros Escolhe a tua Aventura. A 28 de dezembro estreou o mais recente …

Piloto belga "admitiu" ter assassinado o secretário-geral da ONU em 1961

Dag Hammarskjöld, secretário-geral da ONU, morreu na queda de um avião quando tentava negociar a paz no Congo, e o desastre continua a ser investigado até hoje É um mistério com mais de cinco décadas cujo …

Acordo para o Brexit chumbado. Plano de May esmagado no Parlamento

O Parlamento britânico chumbou, por uma esmagadora maioria, o acordo de saída da União Europeia negociado pela primeira-ministra Theresa May. O líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, aproveitou a derrota histórica de May para …

Senador italiano chamou “orangotango” a antiga ministra e foi condenado a pena suspensa

A justiça italiana condenou esta segunda-feira o senador da extrema direita Roberto Calderoli a 18 meses de prisão, com pena suspensa, por comparar, em 2013, a ministra da Integração, Cécile Kyenge, com um "orangotango". O tribunal …

Num restaurante do Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com o Dubai a tornar-se mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante lembrou-se de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma …

Roma e a Igreja em guerra milionária por causa das moedas da Fontana di Trevi

As moedas que os turistas lançam à Fontana di Trevi, um dos rituais mais populares entre quem visita Roma, está a causar problemas na relação entre a Igreja e a capital italiana. A câmara de Roma …

Frente Comum marca greve nacional da função pública

Os sindicatos da Frente Comum da Administração Pública decidiram marcar uma greve nacional para o dia 15 de fevereiro, anunciou Ana Avoila no final de um plenário realizado esta terça-feira em Lisboa. “Foi decidido marcar um …

A Coreia do Norte já não é "inimiga" da Coreia do Sul

A Coreia do Sul deixou de apelidar os militares norte-coreanos de "inimigos" no documento bienal da Defesa divulgado esta terça-feira, num aparente esforço para prosseguir a reconciliação com Pyongyang. O documento oficial do Ministério da Defesa …