Milhares de espanhóis protestam por luz a preço justo

Jan Slangen / Flickr

-

Milhares de pessoas mobilizaram-se hoje em 23 cidades espanholas para iniciar uma campanha de protesto contra o preço pago pelos consumidores por causa “da dívida das elétricas e das tarifas manifestamente injustas”, indicou hoje a associação de consumidores (Adicae).

As manifestações, sob o lema “Luz a Preço Justo“, foram apoiadas por mais de 500 organizações e realizaram-se em Madrid, Saragoça, Barcelona, Alicante, Valência, Múrcia, Santander, Cáceres, Badajoz, Don Benito, Las Palmas, Sevilha, Cádis, Almeria, Granada, Málaga, Jaén, Córdoba, Huelva, Santiago de Compostela, Toledo, Bilbau e Logrõno.

Segundo a Adicae, as mobilizações para esta jornada “constituem um ponto de partida de uma iniciativa global”, que se efetua conjuntamente com centenas de organizações sociais a reivindicar uma “reforma da reforma elétrica”.

Além de “denunciar o abuso a que se está a submeter milhões de famílias”, a Adicae indicou que os “consumidores não vão continuar a aceitar a situação”, pelo que exigem mudanças “imediatas e urgentes”, como a revisão do mecanismo de fixação de preços e de todos os custos que se imputam à tarfifa elétrica.

Solicitaram, também, a realização de uma auditoria independente ao denominado défice de tarifa e a participação dos consumidores neste processo destinado a clarificar a dívida e a definir o que é legítimo.

Entre as exigências dos consumidores figura a “garantia de acesso à eletricidade por todos os lares a um preço justo e que seja considerado um serviço de primeira necessidade” e que não se corte a eletricidade em nenhum momento aos grupos mais vulneráveis da sociedade por atraso no pagamento da luz.

A Adicae pretende, ainda, que haja a garantia e o apoio ao consumo de energias renováveis, a recuperação do carácter de serviço público que o sistema eletrico tinha e uma redução do IVA aplicado de 21 para quatro por cento.

A associação vai transmitir ao ministro da Indústria a necessidade de avançar para uma reforma e apresentar propostas para que os consumidores não sejam meros agentes passivos que “carregam às costas os custos do setor”.

A Adicae pretende também um acompanhamento da situação das famílias em maiores dificuldades para pagar a eletricidade, tendo dados de 2012 indicado que a luz foi cortada a 1,4 milhões de consumidores.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estivadores vão fazer greve em Setúbal e ameaçam fazer o mesmo em Lisboa

O Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) revelou esta sexta-feira que vai entregar já na segunda-feira um pré-aviso de greve no Porto de Setúbal e ameaça fazer o mesmo no Porto de Lisboa. “Os trabalhadores …

Segundo maior diamante transforma-se em joias Louis Vuitton

Depois de cortado e polido, o segundo maior diamante da história será transformado numa coleção de joias da Louis Vuitton. A Lucara Diamond encontrou o diamante Sewelo, de 1.758 quilates, na sua mina do Botswana, no …

Filho do presidente da Câmara de Pedrógão Grande "sem memória" no caso da reconstrução de casas

O adjunto do presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Telmo Alves, que também é filho do autarca, disse em Tribunal que desconhece o processo de reconstrução das casas ardidas no incêndio no concelho, em 2017, …

Joacine não está inscrita no congresso do Livre

De acordo com o semanário Expresso, a deputada única do Livre não se inscreveu na reunião magna do partido, que se realiza este fim de semana, em Lisboa. A deputada do Livre, Joacine Katar Moreira, e …

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE aos contratos individuais do Estado e aos precários regularizados no PREVPAP, disse Alexandra Leitão, esta sexta-feira, no Parlamento. A ministra da Modernização do Estado e da Administração …

Países "lutam" por fundos europeus para neutralizar emissões de carbono

Um novo fundo de 100 mil milhões destinado a neutralizar as emissões de dióxido de carbono na Europa até 2050 está em disputa por vários países. A Comissão Europeia quer implementar um fundo de 100 mil …

Tribunal japonês suspende atividade de reator nuclear que tinha recebido luz verde

Um tribunal no Japão ordenou esta sexta-feira que o reator nuclear da central de Ikata (oeste do país) pare por razões de segurança, numa decisão que revoga uma anterior que deu luz verde ao seu …

Panamá. Sete corpos encontrados em vala comum em área indígena controlada por seita religiosa

Os corpos de sete pessoas foram encontrados na quinta-feira numa vala comum numa área indígena do Panamá controlada por uma seita religiosa, entre eles o de uma grávida e cinco dos seus filhos. Outras 15 …

Deixar de dar aulas com mais de 60 anos só no pré-escolar e 1.º ciclo

A possibilidade de os professores com mais de 60 anos deixarem de dar aulas para "desempenhar outras atividades", prevista no Orçamento do Estado de 2020, será apenas aplicada ao pré-escolar e 1.º ciclo, esclareceu o …

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …