Milhares de cubanos nas ruas nos maiores protestos anti-governamentais em décadas

Ernesto Mastrascusa / EPA

Milhares de cubanos protestaram, este domingo, contra a escassez de alimentos e os preços elevados, numa das maiores manifestações anti-governamentais de que há memória.

A cantar “liberdade”, milhares de cubanos saíram à rua. Os protestos tiveram uma dimensão e alcance inéditos nas ruas de duas pequenas cidades, uma a sudoeste de Havana e outra perto de Santiago de Cuba.

O Presidente Miguel-Díaz Canel, que sucedeu a Raúl Castro, pediu aos partidários e apoiantes do regime que saíssem para a rua, prontos para o “combate”. A “ordem de combate está dada”, disse, em direto na televisão pública.

Em San Antonio de los Baños, uma cidade com cerca de 50 mil habitantes situada a 35 quilómetros da capital, os manifestantes gritavam palavras de ordem como “pátria e vida”, o título de uma canção polémica, “abaixo a ditadura” e “nós não temos medo”.

Já em Palma Soriano, perto de Santiago de Cuba, centenas de pessoas participaram numa manifestação onde se ouviram palavras de ordem como “chega de mentiras”, “unidade” e “queremos ajuda”, avança a EFE.

A agência, que cita testemunhas no local, refere ainda que houve violência policial nas duas manifestações, que foram transmitidas em direto em várias contas no Facebook.

O The Washington Post escreve que várias testemunhas afirmaram que as autoridades usaram gás lacrimogéneo e outras formas de força para dispersar multidões, utilizando veículos para deter dezenas de pessoas. Houve também relatos de múltiplos feridos.

https://twitter.com/RonFilipkowski/status/1414331600842674180

De acordo com o ABC, Cuba está a atravessar a sua pior crise económica em décadas, juntamente com um ressurgimento de casos de covid-19. Desde o início da pandemia, em março de 2020, os cubanos enfrentam maior escassez de alimentos, medicamentos e outros produtos básicos.

“Estamos fartos das filas de espera. É por isso que estou aqui”, disse um manifestante à Associated Press, que recusou identificar-se com medo de eventuais represálias.

Estes foram os maiores protestos anti-governamentais de que há registo na ilha desde o chamado “Maleconazo”, quando em agosto de 1994, em pleno “período especial”, centenas de pessoas saíram às ruas de Havana e não se retiraram até à chegada do então líder cubano Fidel Castro.

As manifestações aconteceram no mesmo dia em que Cuba registou um novo recorde diário de contágios e mortos devido à covid-19: 6.923 novos casos, num total de 238.491, e 47 mortos, subindo o total desde o início da pandemia para 1.537.

  Liliana Malainho, ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Alguns vão desaparecer do mapa! Espero que os partidos de esquerda portugueses estejam numa manifestação, solidários com estes desprotegidos da sorte!

RESPONDER

Combustíveis: governantes "não fizeram o trabalho de casa"

A presidente executiva da OZ Energia, Micaela Silva, defendeu que o “Governo devia intervir menos” no mercado dos combustíveis, porque é liberalizado e não tem margens excessivas de comercialização, mas é “muito penalizado” pela quantidade …

Implante cerebral permite que paciente totalmente cega consiga ver formas e letras

Os cientistas da Universidade Miguel Hernández de Elche (UMH), em Espanha, fizeram com que uma mulher completamente cega conseguisse ver formas simples e letras, através da colocação de um implante no seu córtex visual. Os investigadores …

Teoria dos primatas pedrados. Podem os cogumelos mágicos ter sido a chave para a nossa evolução?

A teoria já era conhecida desde os anos 90, mas um novo estudo veio trazê-la à baila novamente. O argumento é de que os cogumelos com efeitos psicadélicos podem ter ajudado a tornar os nossos …

Ainda sem fumo branco para o OE, Bloco e PCP reúnem órgãos máximos

O PCP e o Bloco de Esquerda reúnem hoje os respetivos órgãos máximos entre congressos com a proposta orçamental para 2022 no centro do debate. As conclusões da reunião da Mesa Nacional do BE serão apresentadas …

Sismo de 4,9 em La Palma e novo colapso do cone do Cumbre Vieja

A ilha espanhola de La Palma registou hoje um sismo de 4,8 de magnitude, no dia em que o vulcão voltou a sofrer um colapso no cone principal, causando grandes derrames de lava. O sismo foi …

Algas vivas sensíveis à luz (um tipo de cianobactérias chamado Synechocystis) injetadas num girino

Podia ser ficção científica, mas não é. Injetar algas no sangue dos sapos pode ajudá-los a respirar

Os sapos adotam várias técnicas de respiração ao longo da sua vida. Agora, uma equipa de cientistas alemães desenvolveu um novo método que permite que os girinos "respirem" graças à introdução de algas na sua …

As misteriosas auroras de Úrano foram finalmente detalhadas ao pormenor pelos cientistas

Auroras de Úrano foram captadas pela primeira vez em 2011 através do telescópio Hubble Space, mas as suas origens representam ainda mistérios que os cientistas não conseguem esclarecer. Pela primeira vez, os cientistas conseguiram moldar a …

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …