Quase um milhão de refeições escolares desperdiçadas

World Bank Photo Collection / Flickr

Quase um milhão de refeições escolares que tinham sido encomendadas foram desperdiçadas porque os alunos faltaram, revela o relatório anual do ministério da Educação sobre cantinas concessionadas a privados.

Entre setembro do ano passado e 31 de maio deste ano, as cantinas escolares geridas por empresas privadas serviram mais de 25 milhões de refeições a alunos desde o pré-escolar ao ensino secundário.

No entanto, tinham sido encomendadas mais de 26 milhões, o que significa que não foram servidas 951.923 refeições “pela falta de alunos à refeição“, refere o relatório da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares a que a Lusa teve acesso.

Os alunos do 2.º ciclo foram os que mais faltaram, tendo sido desperdiçadas cerca de 398 mil refeições (4,4% do encomendado), seguindo-se os estudantes do 3.º ciclo, que desperdiçaram mais de 376 mil refeições (4% do total).

O relatório de controlo da qualidade e quantidade das refeições escolares revela ainda que só metade das escolas (49%) pediu refeições vegetarianas este ano. Apesar de a legislação ter passado a obrigar os refeitórios a oferecer esta opção, só em 381 cantinas foi solicitada essa refeição.

Assim, das quase 26.515 mil refeições fornecidas ao longo deste ano letivo, apenas 144 mil se referiam a opções vegetarianas, sendo que também houve um desperdício de 4.673 pratos porque os alunos faltaram.

As refeições escolares servidas por cantinas geridas por privados motivaram 854 queixas, sendo as principais causas de reclamação a falta de pessoal e a qualidade e quantidade dos alimentos.

Depois de mais um arranque de ano letivo marcado por críticas de alunos e encarregados de educação aos refeitórios, o ME desenhou e implementou um plano de controlo da qualidade das refeições.

Foram criadas equipas regionais de fiscalização que, ao longo do ano, realizaram cerca de 80 visitas a cantinas e provaram quase 165 mil refeições, tendo avaliado positivamente esses pratos.

As quase 165 mil refeições testadas pelas equipas de fiscalização tiveram uma avaliação média de “Bom” nos seis itens: confeção, qualidade dos produtos, apresentação do serviço e do pessoal, eficiência e higiene. No entanto, a análise destas equipas não previa a avaliação do rácio de pessoal nem a quantidade dos produtos, as duas situações que provocam mais reclamações.

Em média, cada refeição servida nos 776 refeitórios concessionados pela DGestE custa cerca de 70 cêntimos.

Há cinco mil escolas públicas e quase todas têm um refeitório: Dos 1.148 refeitórios nas escolas do 2º e 3º ciclo e secundário, mais de metade (778) é gerido por empresas, sendo os restantes geridos pelas escolas (348) e autarquias (24).

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …