Miguel Macedo terá favorecido o ex-patrão de Sócrates

António Cotrim / Lusa

O ex-ministro da Administração Interna, Miguel Macedo

O ex-ministro Miguel Macedo foi interrogado durante cerca de seis horas como arguido no caso dos Vistos Gold e ainda vai ter que prestar mais esclarecimentos. Mas, para já, as suspeitas apontam para eventuais favorecimentos a Paulo Lalanda e Castro, o ex-patrão de José Sócrates e arguido com ele na Operação Marquês.

De acordo com o que apurou o jornal Correio da Manhã, “Miguel Macedo é suspeito de ter ajudado o ex-patrão de Sócrates, Lalanda e Castro, num perdão fiscal de um milhão de euros”.

Paulo Lalanda e Castro é o gerente da ILS, a empresa que administra a Octapharma que contratou José Sócrates em 2012 e que surge no meio da investigação da Operação Marquês.

Mas além de arguido no caso que implica também o ex-primeiro-ministro, Lalanda e Castro surge igualmente envolvido na Operação Labirinto que investiga o caso dos Vistos Gold por causa de um contrato assinado por uma das empresas que gere com o Estado líbio.

E no âmbito desta associação de Lalanda e Castro aos líbios surge o envolvimento de Miguel Macedo, que estará “indiciado por favores” ao ex-patrão de Sócrates, conforme aponta o Correio da Manhã.

O ex-ministro da Administração Interna começou a ser ouvido na terça-feira, na qualidade de arguido, estando “indiciado por factos susceptíveis de integrarem os crimes de prevaricação e de tráfico de influência”, conforme nota da PGR.

Miguel Macedo saiu às 21:03 das instalações do Ministério Público na rua Vale do Pereiro, em Lisboa, e vai ser novamente ouvido em “data a designar”, anunciou a PGR.

O inquérito está a ser conduzido pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal.

Em 02 de Julho, a PGR esclareceu que o ex-ministro da Administração Interna seria constituído arguido, quando fosse ouvido no âmbito do processo dos Vistos Gold.

O esclarecimento do gabinete de imprensa da PGR foi dado no mesmo dia em que a Comissão Parlamentar para a Ética, a Cidadania e a Comunicação decidiu levantar a imunidade ao deputado social-democrata Miguel Macedo, ex-ministro da Administração Interna, para que seja ouvido como arguido no caso dos Vistos Gold.

A Operação Labirinto, que envolveu buscas e 11 detenções, a 18 de Novembro de 2014, está relacionada com a aquisição de Vistos Gold e investiga indícios de corrupção activa e passiva, recebimento indevido de vantagem, prevaricação, peculato de uso, abuso de poder e tráfico de influência.

O caso envolve o antigo director do Instituto dos Registos e Notariado António Figueiredo, a ex-secretária-geral do Ministério da Justiça Maria Antónia Anes, o ex-director do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) Jarmela Palos, Jaime Gomes, sócio-gerente da empresa JMF Projects and Business, os funcionários do IRN Paulo Eliseu, Paulo Vieira, José Manuel Gonçalves e Abílio Silva, entre outros.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Todos para a cadeia. Já ontem era tarde. Deve ter gente a cumprir pena por muito menos e sem ter lesado o estado (contribuintes).

RESPONDER

PJ investiga ameaças a 3 deputadas, à SOS Racismo e aos familiares. “Têm 48 horas para sair de Portugal”

A Polícia Judiciária está a investigar um e-mail enviado a um grupo de dez pessoas em que é dado um prazo de 24 horas para que as mesmas abandonem "território nacional" em 48 horas e …

Área Metropolitana de Lisboa em contingência até ao fim de agosto

O Governo vai manter a Área Metropolitana de Lisboa (AML) em situação de contingência até ao final de agosto, apurou o jornal Observador junto do Executivo socialista liderado por António Costa. De acordo com o …

Sindicato vai processar Ryanair por assédio laboral e discriminação

O Sindicato Nacional de Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) vai processar a Ryanair por assédio laboral e discriminação, exigindo a restituição de créditos laborais, após a resolução de contratos por justa causa, disse …

Em Itália, preparar o regresso às escolas inclui serras afiadas

Itália, o primeiro epicentro de covid-19 fora da China, usou um regime agressivo de testes e uso de máscaras para conter uma segunda vaga no país. Agora, as escolas estão a preparar-se para receber, no …

Marcelo promulga Estatuto do Antigo Combatente e veta alterações ao direito de petição

O Presidente da República promulgou o novo Estatuto do Antigo Combatente, aprovado por larga maioria no parlamento em 23 de julho, desejando tratar-se de “o início de um caminho” e não “o seu termo”. Em nota …

O céu de Wuhan iluminou-se com 400 drones para homenagear a população

O céu de Wuhan, cidade chinesa onde se pensa ter surgido o novo coronavírus, em dezembro de 2019, foi iluminado, este domingo, com 400 drones para homenagear os habitantes. De acordo com o vídeo da CGTN, …

Vila do Conde revela que tem 173 casos ativos no concelho

A Câmara de Vila do Conde, do distrito do Porto, revelou esta quarta-feira que existem 173 casos ativos de covid-19 no concelho e que já está em marcha um plano de apoio à população, assim …

Descarrilamento de comboio na Escócia faz pelo menos três mortos

Três pessoas morreram e seis ficaram feridas em consequência do descarrilamento de um comboio de passageiros na Escócia, anunciou a polícia escocesa, citada pela agência Lusa. O acidente ocorreu 160 quilómetros a nordeste de Edimburgo. Numa primeira …

Temido garante que "não haverá exceções" para o Avante (e pede cautela com vacina russa)

A ministra da Saúde defendeu esta quarta-feira que a lotação da Festa do Avante!, organizada pelo PCP, terá este ano que ser inferior à capacidade máxima de 100 mil pessoas do recinto no Seixal, por …

Trump pondera impedir entrada de residentes suspeitos de exposição à covid-19

A Administração norte-americana está a ponderar barrar a reentrada no país a cidadãos norte-americanos ou residentes legais suspeitos de terem sido expostos ao novo coronavírus. De acordo com o Jornal Económico, que cita o jornal New …