//

De Ann Arbor a Detroit. Michigan planeia construir o primeiro corredor para veículos autónomos dos EUA

Cavnue

O estado norte-americano do Michigan anunciou esta semana uma parceria público-privada para tentar construir o primeiro corredor de veículos autónomos do país.

Autoridades do governo local e estadual, membros da delegação do Congresso de Michigan, executivos da Ford Motor Co. e o desenvolvedor do projeto Cavnue confirmaram os planos para uma estrada que se estenderia do centro de Detroit a Ann Arbor. Ao longo do caminho, a estrada conectaria marcos importantes como o American Center for Mobility ,em Ypsilanti, a Universidade do Michigan, em Ann Arbor e faria um paralelo entre as partes da Interstate 94 e o Aeroporto Metropolitano de Detroit.

De acordo com o jornal local Detroit News, o projeto é mais um passo para reivindicação do Michingan como um centro emergente de desenvolvimento de tecnologia de veículos conectados e autónomos nos Estados Unidos. Além disso, acredita-se que estes planos seria uma ferramenta para atrair talentos da próxima geração e ajudar a rever a narrativa de declínio da região.

O projeto está a ser liderado pela Cavnue, uma subsidiária da Sidewalk Infrastructure Partners, que foi selecionada pelo estado após um processo de licitação competitivo, forneceria financiamento inicial e, depois, procuraria recuperar o seu investimento sob uma estrutura de divisão de receitas.

A empresa está a fazer parceria com a Ford e o Departamento de Transporte de Michigan para explorar os desafios de infraestrutura e financiamento para construir a rodovia e alavancar as proezas da engenharia da região. Outros parceiros incluem o American Center for Mobility e a Universidade do Michigan.

Uma rota exata ainda não foi determinada. No entanto, os planos iniciais giram em torno da Michigan Avenue e da I-94. A rodovia seria acessível ao público e poderia apresentar opções de transporte público e mobilidade partilhada. Será chamado de “Corredor Conectado de Michigan”, confirmaram as autoridades.

As autoridades elogiaram o projeto como o próximo capítulo na longa história de Michigan de liderança em inovação na indústria automotiva – e como uma promessa mantida pela Ford quando anunciou há dois anos que iria transformar Michigan Central Depot nm centro focado nas tecnologias que impulsionam o automóvel indústria do futuro.

As autoridades enfatizaram ainda o potencial da tecnologia de direção autónoma para tornar o trânsito mais acessível e igualitário.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.