Meteorito com 4,6 mil milhões de anos pode revelar as origens da vida na Terra

Um pequeno fragmento de rocha encontrado num campo em Gloucestershire, em Inglaterra, poderá conter informações importantes sobre a formação do Sistema Solar (e as origens da própria vida na Terra).

Segundo o site Science Alert, este pequeno fragmento, que chegou a ser conhecido como meteorito de Winchcombe, pode não ser, afinal, um meteorito comum. Os cientistas estão a conduzir algumas análises para determinar a sua composição, na esperança de aprender mais sobre de onde veio e como se formou.

“A estrutura interna é frágil, porosa, com fissuras e rachaduras”, disse, em comunicado, o microscopista Shaun Fowler, da Universidade de Loughborough, no Reino Unido.

“Não parece ter sofrido metamorfismo térmico, o que significa que estava lá fora, para além de Marte, intocado, desde antes de qualquer um dos planetas ter sido criado, o que nos dá a rara oportunidade de examinar um pedaço de nosso passado primordial.”

Este fragmento, parte do mesmo meteorito que caiu em Winchcombe em fevereiro deste ano, tem cerca de 4,6 mil milhões de anos – mais ou menos a mesma idade do Sistema Solar. Segundo o mesmo site, isto significa que se formou a partir da mesma nuvem de poeira e gás que deu origem ao Sol e aos planetas.

A sua “chegada” a Inglaterra foi recebida com entusiasmo, não só por ter sido o primeiro meteorito a ser recuperado nos últimos 30 anos, mas também por se verificar que era um tipo raro, conhecido como condrito carbonáceo.

A rocha irá passar por várias análises, incluindo microscopia eletrónica, espectroscopia vibracional e difração de raios-X. Estas técnicas vão ajudar os cientistas a revelar a estrutura física da rocha, bem como daquilo que é feita, embora já estejam a par de alguns detalhes.

“A maior parte do meteorito é composta por minerais como a olivina e filossilicatos, com outras inclusões minerais chamadas côndrulos”, acrescentou Fowler.

“Mas a sua composição é diferente de qualquer outra coisa que podemos encontrar na Terra e até de qualquer outro meteorito já descoberto – contém possivelmente alguma química ou estrutura física até então desconhecida e nunca antes vista noutras amostras de meteoritos.”

“Os condritos carbonáceos contêm compostos orgânicos, incluindo aminoácidos, que são encontrados em todas as coisas vivas”, declarou o astroquímico Derek Robson, da East Anglian Astrophysical Research Organization (EAARO), que encontrou o meteorito.

“Ser capaz de identificar e confirmar a presença de tais compostos de um material que existia antes do nascimento da Terra poderá ser um passo importante para entender como a vida começou”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A Lilium testou o seu táxi voador de quinta geração — com direito a vídeo e som

Empresa alemã quer tornar-se uma referência do transporte aéreo de nova geração, pelo que se tem esforçado por responder a todos os pedidos e solicitações de melhorias enviadas por possíveis compradores. O modelo eVTOL da empresa …

Irão disponível para negociações sobre acordo nuclear nas próximas semanas

O Irão retornará às negociações sobre a retomada do acordo nuclear de 2015 nas próximas semanas, avançou o Ministério dos Negócios Estrangeiros esta terça-feira, apesar das suspeitas das potências ocidentais sobre a estratégia de Teerão …

Depois do Loon, nasce o Taara. Projeto usou lasers para transmitir 700TB de dados

Depois da morte do Projeto Loon, no início do ano, nasceu o Projeto Taara, que utilizou lasers para transmitir 700TB de dados através do rio Congo. O projeto muda, o nome é diferente, mas a missão …

Vizela - Paços de Ferreira bateu recorde de assistência na I Liga

Maior número de adeptos do campeonato também foi registado nesta jornada, no Benfica-Boavista; mas em termos de ocupação do estádio, o Vizela deixou longe toda a concorrência. Desde os anos 80 do século passado que não …

150 anos antes da viagem histórica de Colombo, um frade italiano escrevia sobre a America

Por volta do ano 1340, Galvano Fiamma registou, na sua Cronica universalis, a existência de terras a oeste da Gronelândia habitadas "por gigantes". Trata-se da primeira menção documentada do continente americano no Mediterrâneo, cerca de …

Os antigos compadres zangaram-se de vez. Trump puxa os cordelinhos nos bastidores para correr com McConnell

A relação de altos e baixos entre os dois azedou de vez depois de McConnell ter reconhecido a vitória de Joe Biden. Trump quer agora que um Republicano concorra contra McConnell pelo cargo da liderança …

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …