Em breve será possível usar mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e Passaporte

António Pedro Santos / Lusa

Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, disse esta quinta-feira que “em breve” será possível utilizar os mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e no Passaporte ou ativar a chave móvel digital recorrendo à biometria.

A ministra disse que o Governo está neste momento a investir em “soluções de futuro” para modernizar e simplificar os serviços públicos digitais e deu como exemplo que “em breve” será possível “utilizar os mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e no Passaporte ou ativar a chave móvel digital recorrendo a uma aplicação móvel e à biometria”.

“A biometria vai simplificar muitíssimo o acesso à chave móvel digital, permitindo que a sua utilização assente na recolha de imagens do rosto em tempo real e na comparação dessas imagens com a imagem facial constante do Cartão de Cidadão, de forma automatizada, recorrendo a ‘software’ com capacidade de deteção de vida e com os mais elevados padrões de segurança”, disse na sua intervenção.

Para a ministra, esta solução, “que há apenas umas décadas poderia parecer tirada de um qualquer filme de ficção científica, estará a funcionar muito em breve”.

Durante a sua intervenção, a ministra lembrou que a relação do Estado com a tecnologia se intensificou na sequência dos desafios impostos pela pandemia e o confinamento do país.

O recurso aos serviços públicos digitais cresceu de forma “exponencial”, o número de cidadãos com chave móvel digital multiplicou-se e são agora 2,7 milhões e “em menos de uma semana quase 70 mil trabalhadores da Administração Pública passaram a trabalhar a partir de casa, desempenhando as suas funções de forma remota”, recordou.

“E se estas alterações aconteceram por força das circunstâncias, tenho a forte convicção de que vieram para ficar. E é na resposta a estas novas necessidades que estamos a trabalhar”, disse.

Ainda na procura de soluções que simplifiquem a vida dos cidadãos, o Governo pretende harmonizar a exigência da recolha dos dados biométricos para a emissão de documentos de modo a que possam ser reutilizados.

“Em breve, já quase não nos lembraremos de como era necessário recolher os mesmos dados para a emissão do Cartão de Cidadão e para o Passaporte. Poupando tempo a quem precisa dos documentos e aliviando os serviços de um trabalho duplicado”, disse.

O Governo está também a proceder a alterações no regime do Cartão de Cidadão, que vão simplificar os procedimentos de alteração da morada no documento, que atualmente já pode ser renovado sem sair de casa, acrescentou.

“Vivemos num mundo em mudança constante e apesar da pandemia nos ter trazido à memória uma noção de fronteiras e de isolamento que julgávamos perdida, depressa voltaremos a viver num mundo onde as viagens voltem a ser frequentes e onde as pessoas circulem sem obstáculos”, disse.

“A pensar nos estrangeiros que nos vistam, que escolhem Portugal para estudar ou para viver e, sobretudo, nas empresas que escolhem Portugal para investir, vamos aumentar a oferta e a tradução de serviços digitais de interesse à internacionalização no portal único dos serviços públicos. Além disso, os serviços disponibilizados que tenham capacidades multi-idioma, conteúdos informacionais e formulários eletrónicos serão também traduzidos”, avançou a ministra.

Estas medidas, que integram o Plano de Ação para a Transição Digital e o Programa Simplex 20-21, correspondem ao desafio de disponibilizar em língua inglesa os serviços que são mais relevantes para a atração de investimento estrangeiro para Portugal, encontram-se em desenvolvimento pela AMA (Agência para a Modernização Administrativa) em colaboração com a Estrutura de Missão Portugal Digital.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …