Portugal vai ser o país europeu com menor percentagem de população ativa

De acordo com as novas projeções, em 2050, Portugal terá 1,6 pessoas em idade ativa por cada idoso, sendo que atualmente conta com 2,9.

As projeções do Eurostat, divulgadas pelo Jornal de Notícias, indicam que em 2050, Portugal será o país da Europa com a mais baixa percentagem de população em idade ativa: – 53,6%, contra os atuais 64,5%.

Assim, o país irá ter 1,6 pessoas potencialmente ativas (15-64 anos) por cada idoso, valor que contrasta com os 2,9 de hoje em dia.



Contas feitas, se as projeções do Eurostat se confirmarem, dentro de 30 anos Portugal terá o dobro de óbitos sobre nascimentos, colocando o futuro demográfico do país nas mãos das migrações.

Para além do envelhecimento contínuo, o gabinete de estatísticas analisou ainda a sua dimensão territorial.

Num índice de dependência de idosos de 63 pessoas por cada 100 em idade ativa (hoje, nos 34,2), o Alentejo Central irá chegar aos 79,2. Do lado oposto, a Área Metropolitana de Lisboa (AML), nos 54, praticamente em linha com a média projetada para a União Europeia.

Com a pirâmide etária a vincar-se, em 2050, um terço da população terá mais de 65 anos (+12 pontos percentuais face à realidade presente) e o peso das crianças até aos 14 anos não chegará aos 13%.

Com este cenário de futuro, prevê-se que Portugal, e a Europa, irão depender bastante das migrações, tanto externas como internas.

“Só as migrações podem atenuar estes níveis de envelhecimento”, explica a demógrafa Maria João Valente Rosa ao JN.

O “grande desafio será tentar atrair população estrangeira qualificada”, frisa ao mesmo jornal Teresa Rodrigues, professora na Universidade Nova de Lisboa e autora do ensaio “Envelhecimento e políticas de saúde”.

Para chamar imigrantes e travar emigrantes “a ideia é reduzir as assimetrias em qualidade de vida e bem-estar. E apostar na qualidade dos equipamentos, fundamentais para manter as pessoas. O que obriga a investimento na saúde, lazer, segurança”, sublinha a especialista.

Face às previsões demográficas, o atual modelo de pensões é insustentável, por isso, ou se aumentam impostos ou se cortam benefícios sociais. Uma posição que não é consensual entre os especialistas, remata o JN.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Como é referido nesta notícia, temos que “Só as migrações podem atenuar estes níveis de envelhecimento”, portanto se se “descascar” bem o que aqui é dito, podemos concluir que o futuro de Portugal não depende dos Portugueses, mas dos estrangeiros que conseguirem vir para este território e o “dominem”…
    Isto só demonstra a porcaria de políticas que temos tidos e de como o povo se está nas tintas para perder a sua identidade.
    Não me espantava nada que de aqui a 1 século Portugal como o conhecemos desaparece e até venha ter outro nome (identidade cultural)…

RESPONDER

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …

Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia. O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do …

ARS Norte conta avançar com recuperação de consultas em atraso ainda este mês

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte conta avançar durante este mês com o programa especial de incentivos financeiros para recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários (CSP), propondo-se recuperar metade da …

Cristiano Ronaldo no Euro 2020

"Rei do Euro". Ronaldo fez história na Hungria (e ainda vai durar "mais uns 3 aninhos")

Cristiano Ronaldo marcou dois dos golos de Portugal na vitória frente à Hungria por 3-0, na estreia da Selecção no Euro 2020, e tornou-se no melhor marcador de sempre dos Campeonatos Europeus de futebol. Aos …

"Insultos são a arma dos fracos". Ministro defende lei das minas e lança farpas a Catarina Martins

Matos Fernandes defende acerrimamente o novo decreto lei da exploração mineira e lança farpas a Catarina Martins, que o criticou: "Insultos são a arma dos fracos". No domingo, o Bloco de Esquerda anunciou que ia pedir …