Megaterramoto na falha de San Andreas pode ocorrer nos próximos 30 anos

New Line Cinema

“San Andreas”, Brad Peyton (2015)

Um grande terramoto pode assolar os Estados Unidos nos próximos 30 anos, sendo a falha de San Andreas, localizada a sul do estado da Califórnia, a área onde é mais provável que o fenómeno geológico ocorra.

A conclusão é de uma equipa de geólogos da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, que publicou os resultados na mesma semana em que a Califórnia foi abalada por dois sismos. O primeiro sismo, na quinta feira, teve magnitude de 6,4 foi sucedido este sábado por um novo abalo, desta vez com uma magnitude de 7,1.

A equipa, liderada pela geóloga Susanne Jänecke, aponta a falha de San Andreas como o potencial ponto de alerta. Na área da falha foi descoberta, segundo explicou, uma região de quase 25 quilómetros perto da fronteira com o México que pode vir a libertar no futuro uma grande quantidade de energia, causando um enorme terramoto.

Apesar de este lugar estar sob o olhar atentos dos especialistas, a falha de San Andreas tem mostrado pouca atividade nos últimos 300 anos.

“Acreditava-se que o possível local de nucleação fosse uma pequena área perto da praia de Bombaim, na Califórnia, mas o nosso trabalho sugere que pode haver mais um ‘fusível’ no sul [deste estado]”, disse Jänecke, citada num comunicado da universidade, observando que um terramoto pode vir a ocorrer com uma intensidade ainda mais forte do que as estimadas anteriormente para a falha.

A área apontada pelos cientistas, apelidada de Durmid Ladder pela equipa, abriga duas importantes ramificações da falha posicionadas quase em paralelo, tendo ainda outras fraturas que se cruzam transversalmente.

Esta localização potencialmente perigosa está a cerca de 300 quilómetros do epicentro da última réplica do terramoto desta quinta-feira, 4 de julho, que registou alguns dos movimentos mais fortes da região em 20 anos.

Essa estrutura foi descoberta graças a uma documentação exaustiva sobre a falha de San Andreas, que foi publicada em junho na revista científica Litosphere. O trabalho incluiu a análise de fotografias aéreas do local em alta resolução, tomografias geofísicas e perfurações in sit, revela ainda a nota da universidade norte-americana.

“Não está claro [como é que os] os terramotos anteriores interagiram com esta estrutura e isso torna o comportamento futuro difícil de prever”, disse Jänecke, acrescentando que, “felizmente”, a área recém-descoberta se estende por uma área “mais distante dos principais centros populacionais” do que tinha sido pensado.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Lá vem o chato: em português escreve-se terramoto. Do outro lado do Atlântico é que se usa terremoto. P.f. corrijam.

  2. No título do artigo também é válido acrescentar-se: “Também pode ocorrer nos 30 anos seguintes. Ou nos seguintes. Ou nos seguintes dos seguintes. Até pode ocorrer já amanhã. É tudo uma questão da probabilidade associada a cada uma das hipóteses. Mas isdo é algo que a notícia não refere.

Tribunal Supremo Eleitoral recusa candidatura de Evo Morales ao Senado

O ex-Presidente da Bolívia considerou "um golpe contra a democracia" a decisão do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de recusar a sua candidatura a senador nas eleições de maio. "A decisão do Tribunal Supremo Eleitoral é um …

Juízes exigem sindicância urgente ao sorteio na Relação de Lisboa

A Associação Sindical dos Juízes (ASJP) exigiu, esta sexta-feira, ao Conselho Superior da Magistratura (CSM) uma "sindicância urgente" aos procedimentos de distribuição de processos no Tribunal da Relação de Lisboa. A posição da Associação Sindical dos Juízes …

Deputado do PSD que avançou com proposta de referendo à eutanásia acabou a assumir alcoolismo

Pedro Rodrigues, deputado social-democrata e antigo líder da JSD, assumiu publicamente, através do Facebook, ter um problema de alcoolismo. Num texto publicado no Facebook, o social-democrata explica que faz esta revelação por estar a ser vítima …

Morreu doente que parou o Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C

José Carlos Saldanha ficou conhecido, há cinco anos, por interromper o ministro da Saúde numa sessão do Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C. A informação foi confirmada à agência Lusa por fonte oficial do …

Com dívidas ao Fisco, cavaleiro João Moura "sem dinheiro" para alimentar cães. Arrisca 2 anos de prisão

O cavaleiro João Moura está acusado do crime de maus-tratos e abandono de animais depois de lhe terem sido retirados 18 cães galgos, em aparente estado de subnutrição. Um dos animais acabou por morrer, pelo …

Desmantelada fábrica ilegal de tabaco. Funcionava num bunker

Uma operação levada a cabo pela Guardia Civil esta terça-feira desmantelou uma fábrica ilegal de tabaco, em Espanha, e deteve a organização clandestina que a geria: vinte pessoas foram detidas, de nacionalidades britânica, lituana e …

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …

Russos atormentam Estados Unidos outra vez. Presidenciais são o alvo

Os serviços secretos norte-americanos estão convencidos de que os russos estão, novamente, a tentar influenciar as presidenciais daquele país. Faltam nove meses para as eleições presidenciais norte-americanas, mas já há suspeitas de que os russos estão …