Médicos não sabem explicar lesões do estudante libertado pela Coreia do Norte

(dv) KNS / KCNA

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, com militares norte-coreanos

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, com militares norte-coreanos

A origem das lesões cerebrais do estudante norte-americano Otto Warmbier, que foi libertado em coma, na passada quarta-feira, após ter estado detido na Coreia do Norte, permanece desconhecida, indica a equipa médica que o está a acompanhar em Cincinnati, nos EUA.

“O seu estado neurológico pode ser descrito como um estado de vigília não reactivo“, explicou o neurologista Daniel Kanter, director do serviço de Cuidados Neuro-críticos da Universidade de Cincinnati, em conferência de imprensa.

“Ele abre espontaneamente os olhos e pestaneja. Contudo, não mostra sinais de entendimento da linguagem, respondendo a comandos verbais ou com atenção ao que o rodeia. Ele não falou”, acrescentou o médico.

Não temos qualquer informação concreta ou verificável sobre a causa ou as circunstâncias das suas lesões neurológicas”, disse ainda.

Segundo o especialista, “este tipo de lesões cerebrais é, em geral, considerado uma consequência de uma paragem cardio-respiratória, quando a irrigação sanguínea do cérebro é insuficiente durante um determinado lapso de tempo, resultando na morte de tecidos cerebrais”.

Existem “graves lesões presentes em todas as zonas do cérebro“, precisou ainda.

A equipa médica indicou igualmente não ter identificado vestígios de botulismo no organismo de Otto Warmbier, de 22 anos, afastando a explicação fornecida pelo regime norte-coreano para o estado de coma em que o jovem mergulhou, pouco após a sua detenção e o seu julgamento, em Março de 2016.

Daniel Kanter referiu ainda que os exames aprofundados ao corpo do estudante não “mostram qualquer prova de fractura actual ou calcificada, incluindo ao nível do crânio”.

A pedido da família, os médicos escusaram-se a fornecer informações sobre a possível evolução do seu estado de saúde.

O jovem foi detido em Janeiro de 2016 e condenado a 15 anos de prisão, com trabalhos forçados, depois de ter arrancado um poster de propaganda do regime norte-coreano, num hotel de Pyongyang.

Warmbier terá sido “repetidamente espancado”

A Coreia do Norte justificou a libertação do estudante norte-americano por “razões humanitárias”, conforme um comunicado divulgado pela agência oficial do regime, a KCNA.

Entretanto, surgem rumores de que Otto Warmbier pode ter sido alvo de tortura, por parte do regime norte-coreano.

O New York Times cita uma fonte oficial norte-americana que refere que os EUA receberam informações de que Warmbier terá sido “repetidamente espancado”, enquanto esteve detido, e que chegou a haver, inclusive, suspeitas de que teria sido morto.

Os pais do jovem estudante não têm dúvidas de que foi “brutalizado” e criticam a administração de Barack Obama por ter acreditado que o filho teria um tratamento “justo” por parte do regime norte-coreano.

O pai de Otto também disse que recebeu “um telefonema muito simpático” de Trump, que lhe terá confidenciado que o Secretário de Estado, Rex Tillerson, trabalhou “no duro” para trazer o estudante de volta para casa.

Um especialista em assuntos da Coreia do Norte, Sung-Yoon Lee, revela ao site Vox.com que o abuso físico de detidos estrangeiros não é novidade no país mas, de qualquer modo, considera surpreendente o caso de Warmbier, fruto da extensão das lesões que sofreu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

E agora, Portugal? Depois do Grupo da Morte... Bélgica, Itália, França e Espanha no quadro

Teoricamente, desta vez a seleção nacional ficou claramente do lado mais forte na fase a eliminar do Europeu. Haverá um "escaldante" Inglaterra-Alemanha nos oitavos-de-final. Muitos adeptos portugueses ainda se lembram do golo tardio, noutro jogo, que …

Parlamento Europeu aprova novo estatuto do Provedor de Justiça

O Parlamento Europeu aprovou o novo estatuto do Provedor de Justiça Europeu que vai passar a trabalhar com novas regras, podendo avançar com os próprios inquéritos, prevendo-se também no novo regulamento medidas de proteção para …

Fernando Santos: "Estava a dizer à equipa para se chegar à frente"

Explicação do selecionador nacional, que esteve muito agitado durante os últimos minutos do Portugal-França. Uma primeira parte "excelente" e uma decisão duvidosa da equipa de arbitragem que alterou o resultado perto do intervalo. Fernando Santos começou …

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Em 2020, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), no ano passado, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados e quase 2.700 foram mortas devido à proximidade com vários conflitos existentes em todo o …

Portugal vs França: seleção empata 2-2 e está nos oitavos do Euro!

A seleção de Portugal jogou esta quarta-feira contra a França, num encontro que podia significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais cedo e sem glória. …

Rússia nega investimento em IA para criação de microchips cerebrais

A Rússia negou as alegações de que estaria a investir em Inteligência Artificial que permitiria aos humanos controlar carros, aviões e usinas nucleares através de microchips implantados nos seus cérebros. O diário Kommersant relatou na terça-feira …

Bombeiro que socorreu a princesa Diana após o acidente revela as suas últimas palavras

Quase 24 anos depois da morte da princesa Diana, o chefe dos bombeiros que esteve no local na noite do acidente em Paris, revelou as suas últimas palavras. Amada por todo o mundo, a princesa do …