Dois médicos acusados de homicídio involuntário de Davide Astori

Fiorentina / Twitter

Davide Astori, defesa central de 31 anos, capitão da Fiorentina

Dois médicos foram esta terça-feira formalmente acusados do homicídio involuntário de David Astori, o capitão da Fiorentina que morreu em março de 2018 devido a uma paragem cardiorrespiratória.

O Ministério Público de Florença, em Itália, revelou que a investigação aberta em dezembro aos profissionais de saúde responsáveis por confirmar a aptidão física do italiano entre 2014 e 2017 está concluída e resultou na acusação dos dois médicos: Francesco Stagno, diretor do Instituto de Medicina Desportiva de Cagliari, e Giorgio Galanti, antigo diretor do Centro de Medicina Desportiva do Hospital de Careggi, em Florença.

Segundo a Gazzetta dello Sport, que teve acesso à investigação, o Ministério Público italiano concluiu que os dois profissionais de saúde são responsáveis pela súbita morte de Astori por terem violado “os protocolos de cardiologia para a confirmação de aptidão física para o desporto competitivo”.

O capitão da Fiorentina foi submetido a um eletrocardiograma em julho de 2016 e a outro em julho do ano seguinte. Nas provas de esforço desses exames, foi detetada a presença de extrassístoles ventriculares: ou seja, o internacional italiano sofria de um problema cardiovascular que provocava a aceleração do ritmo cardíaco.

A condição, contudo, é bastante comum e não merece preocupação de relevo. O procedimento habitual é a realização de uma nova bateria de exames com vista a perceber se o problema já provocou danos no coração e se terá causado questões adicionais. Terá sido esta segunda vaga de exames que Davide Astori nunca fez e que foi o motivo principal para a abertura da investigação aos dois médicos e da consequente acusação.

Stagno e Galanti cometeram um crime ao não submeter Davide Astori a um diagnóstico mais profundo sobre a origem dessas extrassístoles, algo que é também um procedimento habitual para excluir “doenças cardíacas orgânicas” ou “síndrome arritmogénico”.

Para a justiça italiana, o diagnóstico do que levou ao problema cardiovascular do capitão da Fiorentina numa fase inicial teria colocado um fim à atividade física do jogador e prevenido o aparecimento de “arritmias ventriculares malignas” através de medicação.

A polícia italiana chegou a abrir um inquérito judicial à morte de Astori, que foi encontrado morto a 4 de março de 2018 num quarto de hotel em Udine, para averiguar a possibilidade de se ter tratado de um homicídio. A hipótese acabou por ser afastada e a morte do jogador da Fiorentina foi mesmo atribuída a causas naturais.

A presença de extrassístoles ventriculares, contudo, é a principal causa de morte de atletas em atividade e foi na sequência deste mesmo problema que Antonio Puerta, lateral do Sevilha, morreu em 2007, depois de sofrer várias paragens cardiorrespiratórias durante um jogo com o Getafe.

Davide Astori, nascido em San Giovanni Bianco, na província de Bérgamo, tinha 31 anos e jogava na Fiorentina desde 2015, depois de passagens pelo AC Milan, clube em que se formou, Pergolettese, Cremonese, Cagliari e Roma.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Se quer um coração saudável, desligue a televisão e tome um bom pequeno-almoço

É conhecida como a refeição mais importante do dia e não é por acaso. Os hábitos de vida que seguimos diariamente têm um impacto direto na nossa saúde vascular. Numa investigação recentemente apresentada na reunião anual …

Determinada temperatura das bebidas que aumenta risco de cancro

Cientistas da Universidade de Ciências Médicas de Teerão publicaram novas provas sobre a relação entre o consumo de bebidas quentes e o cancro do esófago. De acordo com o estudo publicado na revista International Journal of …

Descobertos 83 buracos negros supermassivos no Universo inicial

Astrónomos do Japão, de Taiwan e dos EUA descobriram 83 quasares alimentados por buracos negros supermassivos no universo distante, numa época em que o Universo tinha menos de 10% da sua idade atual. "É notável que …

Joy Milne consegue cheirar a doença de Parkinson antes de ser diagnosticada

Atualmente, não existe nenhum teste diagnóstico definitivo para o Parkinson, mas isso pode mudar graças a Joy Milne, uma mulher que consegue detetar a doença antes que os sintomas apareçam. Parece demasiado bizarro para ser verdade, …

Filho de José Eduardo dos Santos libertado da prisão. Estava preso desde setembro de 2018

O antigo presidente do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos, que se encontrava em prisão preventiva desde 24 de setembro de 2018, encontra-se já em liberdade, disse hoje à agência Lusa fonte oficial. A …

Naufrágio no Nilo é a primeira prova de que Heródoto não estava a mentir sobre os barcos egípcios

Um navio naufragado encontrado no rio Nilo pode ter permanecido inalterado durante mais de 2.500 anos. Agora, está finalmente a revelar os seus segredos: cientistas pensam que este navio revelou uma estrutura cuja existência tem …

A gravidade influencia a maneira como tomamos decisões

Todo e qualquer organismo vivo na Terra evoluiu a longo de milhares de anos sob um campo gravitacional constante, com a gravidade desempenhando um papel fundamental no comportamento e na cognição humana. Um estudo recente publicado …

"Atentado" na Disneyland Paris era apenas uma avaria nas escadas rolantes

Por volta das 21h00 em Paris, produziu-se um movimento de pânico na Disney Village, no parque de diversões francês da Disney. Rapidamente se multiplicaram mensagens sobre um "atentado". Ao jornal belga DH, uma fonte afirmou que …

Cientistas alargam limites físicos do grafeno

Até onde vão os limites físicos do grafeno? Uma equipa de cientistas do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), em Braga, respondeu a esta questão e desafiou-os. Uma equipa de investigadores dos Departamentos de Materiais Quânticos …

Ilusionista britânico diz que vai travar o Brexit com o poder da mente

Uri Geller é um ilusionista israelista, com nacionalidade britânica, que se tornou famoso nos anos 1970 em programas de televisão em que realizava demonstrações dos seus alegados poderes paranormais. Agora, Geller deixa um aviso a Theresa …