McCann recorrem à justiça europeia por indemnização de Gonçalo Amaral

Mario Cruz / Lusa

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

Os pais de Madeleine McCann vão recorrer para as instâncias europeias contra a decisão da justiça portuguesa de revogar a sentença que obrigava o ex-inspetor da Polícia Judiciária Gonçalo Amaral a pagar 500 mil euros ao casal.

“Vamos recorrer. Ainda não entregámos o recurso, mas vamos para os tribunais europeus”, afirmou o pai da criança, Gerry McCann, à BBC, na única entrevista que o casal concedeu a propósito do 10.º aniversário do desaparecimento de Madeleine McCann, e cuja reprodução foi autorizada para outros órgãos de comunicação social.

A 31 janeiro, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a decisão da Relação em revogar o pagamento de uma indemnização de 500 mil euros por Gonçalo Amaral aos pais da criança desaparecida em 2007 no Algarve, por danos causados com a publicação do livro intitulado “Maddie: A Verdade da Mentira“.

Gerry McCann lembrou que este processo foi iniciado há oito anos, quando o casal sentiu que o livro e subsequente documentário, que sugere o possível envolvimento dos pais numa morte acidental da filha, estava a prejudicar a campanha para encontrar Madeleine.

“Eu penso que é tudo inconcebível, tem sido muito perturbador, e causou muita frustração e raiva, o que é um sentimento muito negativo, e penso que precisamos de canalizar isso. Ainda tenho esperança que no fim a justiça prevaleça, e tudo acabe bem”, disse a mãe, Kate McCann.

O conflito com o antigo inspetor da PJ, inicialmente responsável pela investigação ao desaparecimento, tem alimentado muitos comentários negativos na Internet, sobretudo nas redes sociais, o que faz com que o casal evite usar essas plataformas.

A principal preocupação, confessou, são os outros dois filhos, que atualmente têm 12 anos, pelo que têm tentado impedir que usem redes sociais como os jovens da idade deles.

“Temos sido o mais abertos possível com eles. Contámos-lhes sobre as coisas e que as pessoas escrevem coisas que são simplesmente mentira e que eles precisam de ter consciência disso”, comentou a progenitora.

“Ainda não chegaram a uma idade em que estão na Internet e outros sítios, mas estão a chegar a essa fase. Estão em grupos fechados com os seus amigos, etc, e isso é importante”, acrescentou Kate McCann.

O casal McCann louva o “apoio fantástico” recebido ao longo de dez anos, mesmo que sejam os comentários negativos que muitas vezes tenham destaque. “A nossa experiência principal foi a bondade das pessoas e o apoio que tivemos ao longo de dez anos, e isso não diminuiu neste tempo todo”, garantiu Kate McCann.

Madeleine McCann desapareceu poucos dias antes de fazer quatro anos, a 03 de maio de 2007, do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico, na Praia da Luz, no Algarve.

// Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. … estes querem cobrar algum mesmo à força. Deviam de ser presos por incompetência paternal e tentativa de saque do trabalho dos outros.

  2. chegamos à conclusão que eles nao se preocupam com a filha mas sim com o dinheiro.
    nao gostam de ouvir as verdades?
    a culpa também foi da nossa justiça, se na altura os tivesse colocados como arguidos tinha sido melho, mas deixaram passar isso e agora estamos a pagar esse erro.
    parece impossivel as autoridades inglesas irem atras de suposiçoes absurdas, será que também lhes interessa o dinheiro?
    se fossem de classe media-baixa, ao tempo que ja lhes tinham tirado os outros 2 filhos.
    o advogado portugues Rogério Alves na minha opiniao tambem lhe covém estes “barulhos”, pois tambem deve estar a “mamar” uns bons dinheiros. aposto se fosse de borla, ao tempo que ja os tinha largado

  3. MccannS o dinheiro e Tao lindo,se tivessem vergonha ja estavam calado ha muito tempo,deviam era eles pais estar na cadeia por abandon dos filhos,quando e que as autoridades acordam?

  4. Pois…. vais ser mesmo a recorrer à justiça europeia que vão encontrar a criança…
    É nestas atitudes que se vêem as propriedades desta gente!…
    Depois queixam-se que anda meio-mundo apontar-lhes o dedo…

RESPONDER

"Vou apertar com Rangel para ver se ele resolve aquela merda". Escutas comprometem Vieira na Operação Lex

Novas escutas reveladas comprometem o presidente benfiquista na Operação Lex. "Vou apertar com Rangel para ver se ele resolve aquela merda", disse Luís Filipe Vieira. A revista Visão relevou as conversas telefónicas, ouvidas durante quase um …

Beneficiários da ADSE vão pagar mais pelas consultas

Os beneficiários da ADSE passarão a pagar mais pelas consultas, escreve esta sexta-feira o Jornal de Negócios e o semanário Expresso, que citam a proposta da nova tabela de preços do sistema de saúde dos …

"Classe distinta". Bruno Fernandes já fez aquilo que nunca ninguém tinha feito na Premier League

O internacional português Bruno Fernandes esteve diretamente envolvido em 13 golos nos primeiros dez jogos que disputou com a camisola do Manchester United. É uma marca que nunca nenhum outro jogador da Premier League conseguiu …

OMS: Portugal não foi escolhido por acaso para acolher a Champions. Foi dos que melhor lidou com a covid-19

Portugal “não foi escolhido por acaso” para acolher a final da Liga dos Campeões de futebol, mas porque “foi um dos países que melhor lidou” com a covid-19, assinala um conselheiro da Organização Mundial da …

Há quatro anos, Ronaldo saiu em lágrimas e Paris foi surpreendida pelo "patinho feio"

Foi precisamente há quatro anos que Portugal sagrou-se campeão europeu de futebol. Na final da competição, a Seleção derrotou a anfitriã França, por 1-0. Portugal começou o Euro 2016 com o pé esquerdo. Num grupo com …

China alerta para pneumonia "mais mortal" do que a covid-19. Informações "incorretas", garante Cazaquistão

A Embaixada da China no Cazaquistão alertou esta quinta-feira os cidadãos chineses para uma pneumonia desconhecida, cuja mortalidade é "muito maior" do que a covid-19. De acordo com o jornal chinês Global Times, que cita um …

Cláusula "secreta" permite nacionalização encapotada do Novo Banco

Na eventualidade de um cenário adverso, um mecanismo exigido por Bruxelas prevê a intervenção direta do Estado no Novo Banco. Isto pode levar a uma espécie de nacionalização encapotada. A venda do Novo Banco ao fundo …

Descoberta uma mina de ocre pré-histórica nas cavernas subaquáticas do México

As cavernas subaquáticas ao longo da península de Yucatán, no México, contêm um vasto labirinto de relíquias arqueológicas. A vasta rede de cavernas submersas guardam segredos dos Maias. Porém, uma nova descoberta remonta a episódios …

Da alta velocidade entre Porto Lisboa ao novo aeroporto. Os dez pilares de Costa e Silva para a retoma do país

O diretor diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, convidado pelo Governo para estudar um plano de retoma económica para o período pós-pandemia, já apresentou as suas ideias ao Executivo socialista. Num documento com …

Fim das reuniões no Infarmed. BE quer dados da pandemia entregues ao Parlamento (e publicados na Internet)

Com o fim das reuniões entre peritos e políticos no Infarmed, o Bloco de Esquerda quer que os deputados passem a receber informações e dados científicos sobre a evolução da pandemia no Parlamento. De acordo com a …