Mayan defende que “a general Marta Temido, o general Cabrita, a general Van Dunem” já não deviam estar em funções

Manuel de Almeida / Lusa

O candidato presidencial apoiado pela Iniciativa Liberal, Tiago Mayan Gonçalves

Entre críticas a Marcelo Rebelo de Sousa e ao Governo, ou a defesa de um liberalismo que considera uma oposição “moderada e humanista” a um “socialismo” , tem sido assim que Tiago Mayan Gonçalves se tem posicionado na sua campanha eleitoral à Presidência da República.

Nesta quarta-feira, em declarações aos jornalistas, o candidato apoiado pela Iniciativa Liberal referiu “comportamentos absolutamente erráticos” do Governo para os quais “o senhor Presidente da República do meu ponto de vista já devia ter alertado”.

Mayan Gonçalves deu como exemplos os casos dos ministros da Saúde, Administração Interna e Justiça. “A general Marta Temido já não devia estar em funções, o general [Eduardo] Cabrita também já não devia estar em funções e a general Francisca Van Dunem também já não devia estar em funções“.

O candidato à Presidência da República falou aos repórteres após mais uma sessão online. e apontou que “há que limitar a possibilidade de contágios e isso passa por medidas que já fomos tomando como usar máscaras, lavar as mãos, manter o distanciamento social. Neste ponto se calhar tem mesmo de se evitar qualquer tipo de contacto entre pessoas, mas o país não pode fechar por completo”.

“O país não pode fechar por exemplo no combate à pandemia, em assegurar comida na mesa, em garantir eletricidade na casa das pessoas. O país nunca terá um encerramento geral em que vamos ficar todos encapsulados”, disse Mayan.

Para o liberal, que de manhã ouviu noutra conversa online que no Instituto Politécnico de Leiria “existem cinco polos e 13 mil alunos e tiveram 60 casos positivos” e que “a fase de avaliações foi toda passada para o online”, a sociedade civil “tem demonstrado desde março que vai sabendo dar respostas em função da crise em que vivemos”. Mayan acredita que o problema não está na sociedade, mas sim no Governo.

Uma das conversas online da tarde trouxe para a campanha de Mayan um debate sobre a educação. A reunião por Zoom juntou o candidato presidencial à Associação Académica de Coimbra (AAC), que tem vindo a inquirir candidatos presidenciais sobre o que pensam sobre a educação pública.

Na ótica de Mayan Gonçalves, o importante não é as universidades serem públicas ou privadas, mas sim “haver um financiamento forte do Estado à educação, orientado para o aluno e para o estudante”. O acesso universal à educação, dizia o candidato, “é garantir que as pessoas estão a ter acesso a toda a oferta possível”.

Para que isso fosse possível, era preciso que o Estado deixasse de financiar instituições e orientasse o investimento “para um financiamento via aluno e via estudante”, era necessário “um sistema que integre toda a oferta disponível no ensino superior”.

Lembrando que Portugal é “um dos países mais pobres da Europa”, o candidato deixou a nota que “a melhor maneira de garantirmos os direitos sociais, culturais e económicos é retomarmos a via de crescimento, o que implicará uma via mais liberal e devolver mais poder às pessoas, quer por alívio da carga fiscal quer pela via de quebrarmos as teias burocráticas em que as pessoas estão presas”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …