Matança de 250 baleias e golfinhos provoca “maré vermelha” nas Ilhas Faroé

Cerca de 250 baleias e golfinhos foram mortos esta quarta-feira por pescadores na cidade de Torshavn, capital das llhas Faroé.

Os animais foram brutalmente assassinados para a sua carne ser comercializada – algo que acontece frequentemente nesta região por esta altura do ano, quando estas espécies migram para norte. Após a matança, as águas das Ilhas Faroé espelharam o impacto deste autêntico banho de sangue.

A matança ocorreu esta quarta-feira na ilha Streymoy, a maior do arquipélago, noticia o Daily Mail. As cerca de 200 baleias-piloto foram “empurradas” por pescadores em barcos para a costa. Foram depois mortas com recurso a uma técnica especial — um arpão é espetado no pescoço dos animais para partir a sua espinha dorsal. No grupo de animais estariam ainda cerca de 40 golfinhos.

Os cadáveres das baleias e golfinhos foram depois arrastados para terra com recurso a ganchos espetados na carne. Voluntários das ilhas ajudaram no processo e uma multidão de espetadores juntou-se na praia para assistir às manobras.

Todos os verões, cerca de 800 baleias e golfinhos são mortos em público pela sua carne nas Ilhas Faroé. A caça destes animais consta na legislação do território, que fica entre a Islândia e Noruega e pertence à Dinamarca. A legislação abarca os métodos e o equipamento utilizado para a matança dos animais.

O Governo local defende que a caça de baleias-piloto é sustentável e ajuda a garantir que as 18 ilhas do arquipélago sejam o mais auto-suficentes possível. Cada baleia rende vários quilos de carne e pele – que os locais consomem. O Governo diz que evita assim a importação de comida, o que teria custos monetários elevados para a população e também para o ambiente.

Através das redes sociais, a organização Blue Planet Society denunciou a chacina. A organização fala num ataque “brutal e cruel”. “Cerca de 500 cetáceos já foram mortos para serem comidos nestas ilhas desde o inicio de 2019”, alerta a Blue Planet Society.

As baleias-piloto vivem cerca de 45 anos e podem pesar 800 quilos. A população de baleias-piloto no norte do Oceano Atlântico ascende a cerca de 778 mil animais. Só ao largo das Ilhas Faroé, habitam cerca de cem mil baleias desta espécie.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Como confiar no homem que ao buscar mesa sempre farta não se detém em matar. Hoje buscam no mar e campos amanhã será entre a própria convivência humana voltando o homem ao canibalismo para sobreviverem na era apocalíptica.

  2. Deviam dedicar se a agricultura sustentável e serem vegetarianos e vegans.em vez de matarem centenas de baleias e golfinhos.autenticas bestas ,até acredito que a carne seja apetitosa mas eles são mais lindos no seu meio e mundo em paz e segurança.

  3. Não percebo: se têm MAR, porque não fazem aquacultura? Se têm TERRA, porque não criam porcos, vacas, galinhas?
    É inconcebível que nos dias actuais se permita esta chacina!!! Não acredito que seja a única proteina que comem!!!

  4. Portanto: os gajos do dito primeiro mundo e da europa desenvolvida, que dão lições de moralidade e de ecologia aos PIIGS, têm afinal este tipo de comportamento… E ainda ousam criticar os bárbaros das touradas…. Hipócritas. Historicamente são bárbaros. Há coisas que não mudam…

RESPONDER

UEFA anuncia sanções para nove dos 12 fundadores da Superliga. Real Madrid, Barcelona e Juventus denunciam "pressões e ameaças"

O Real Madrid, o Barcelona e a Juventus - os clubes fundadores da Superliga que ainda resistem - emitiram um comunicado conjunto em que reafirmam a necessidade da prova, assegurando que os clubes "receberam - …

Arqueólogos encontraram o enterro mais antigo de África. Era um menino de três anos

Uma equipa de investigadores revelou a sepultura de um menino encontrado em Panga ya Saidi, no Quénia. Esta descoberta, datada de 78 mil anos, é mais uma evidência sobre os primeiros comportamentos sociais complexos do …

Farmacêuticas perdem na bolsa com ameaça de quebra de patentes

O valor das empresas farmacêuticas, cotadas em bolsa, que fabricam vacinas contra a covid-19 aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) caiu entre quarta e quinta-feira.  De acordo com o Expresso, o valor das empresas farmacêuticas …

Entradas e saídas para trabalhar nas freguesias de Odemira sob cerca sujeitas a teste negativo

As entradas e saídas para trabalhar ou apoiar idosos nas freguesias de Odemira sob cerca sanitária passam a ser permitidas, mas ficam dependentes de teste negativo à covid-19, medida em vigor a partir das 8 …

Consumo excessivo de sal pode afetar as células imunitárias

Um novo estudo mostra que comer demasiado sal pode reduzir a quantidade de energia que as células do nosso sistema imunitário podem produzir, impedindo-as de funcionar normalmente. Há muito tempo que o consumo excessivo de sal …

Cimeira Social. Conselho informal e Cimeira UE-Índia marcam agenda deste sábado

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia reúnem-se este sábado no Palácio de Cristal, no Porto, para um Conselho informal com o Pilar Social na agenda e para uma Reunião de Líderes …

Aluna descreve ensino à distância: "Muito mau: dormir 1h, magoar a mim própria..."

Entre muitas mudanças, o coronavírus afetou o ensino. A pandemia interrompeu as aulas presenciais, mais do que uma vez, e trouxe novas rotinas. A aluna do ensino superior, Lúcia Gonçalves, conta ao ZAP as dificuldades …

Turismo de Portugal congratula-se com inclusão na “lista verde” do Reino Unido

O Turismo de Portugal congratulou-se hoje com a decisão do Reino Unido de incluir o país na “lista verde” dos destinos de baixo risco de infeção por covid-19, que considerou “boas notícias para o turismo …

Já se sabe qual é o pássaro mais "instagramável" do planeta

Cientistas já têm um veredicto: a família de aves Podargidae (pássaros também conhecidos em Inglês como "frogmouth") são o pássaro mais "instagramável" de sempre. De acordo com o site Live Science, este pássaro noturno que mais …

Cientistas criam o primeiro "engenho de água" matemático. Simula qualquer máquina de Turing

Há sete anos, Terence Tao, famoso pela sua ampla visão da investigação matemática atual, propôs uma nova abordagem para resolver o famoso problema das equações de Navier-Stokes, que descrevem o movimento dos fluidos.  Eva Miranda, professora …