Marques Mendes mostra as garras a Rui Rio, o “anjinho da guarda” de António Costa

Carlos Barroso / Lusa

Luís Marques Mendes

Na opinião de Luís Marques Mendes, Rui Rio tem sido o “anjinho da guarda” de António Costa. No seu comentário no Jornal da Noite da SIC, Marques Mendes não poupou nas críticas ao líder do PSD.

No seu espaço habitual de comentário no Jornal da Noite da SIC, Luís Marques Mendes não poupou críticas a Rui Rio. Para o comentador, o atual líder do PSD “tem um problema com a competência política” ou demasiada “subserviência ao primeiro-ministro”.

Na opinião de Marques Mendes, Rui Rio esteve mal ao defender que António Costa não devia ir à comissão de inquérito sobre o “caso Tancos”, traçando desta forma uma relação causa-efeito: o presidente do PSD está a ser “mais costista que Costa” porque ambiciona ser número dois num futuro Governo socialista.

“Rui Rio tem um de dois problemas: ou falta de competência política ou um problema de subserviência em relação ao primeiro-ministro. Está sempre a fazer de anjinho da guarda. Se Rui Rio acha que chega a vice-primeiro-ministro com falinhas mansas pode tirar o cavalinho da chuva. António Costa nunca lhe vai dar esse lugar“, argumentou.

No que diz respeito ao “caso Tancos”, o atual conselheiro de Estado do Presidente da República sugeriu que Marcelo desconfia que é o Governo quem está na origem das notícias que dão como cerca a tese de que o Chefe de Estado terá sido informado sobre a encenação em torno da recuperação do material militar roubado em Tancos.

Ao jornal público, esta sexta-feira, Marcelo fez declarações misteriosas, depois de ter sido confrontado com uma reportagem da RTP. “Se pensam que me calam, não me calam”, disse, nem, no entanto, adiantar quem é que está a tentar calar o Presidente da República.

Assim, Marques Mendes defendeu que estas declarações de Marcelo Rebelo de Sousa eram uma espécie de “recado ao Governo” e uma forma que o Presidente encontrou para dizer “que não achou graça”.

Mas Marques Mendes vai mais longe: esta foi também uma maneira de Marcelo afirmar, ainda que nas entrelinhas, que suspeita de que foi “o Governo a ajudar à festa” atirando o nome do Presidente da República para o centro da “nebulosa”  em que se transformou o “caso Tancos”.

Segundo o Expresso, sobre o Orçamento do Estado para 2019, Luís Marques Mendes fez críticas aos dois maiores partidos.

Os socialistas mostraram “muita arrogância” quer na forma como Costa decidiu não participar no debate, quer na forma como o Governo tem feito a promoção do défice (“como se se tratasse da última coca-cola do deserto”) e como tem destratado as entidades independentes que questionam os números de Mário Centeno.

Por sua vez, os sociais-democratas mostraram, na opinião do comentador, a sua “impotência” e “irrelevância”, presos a uma “orgia de adjetivos”, incapazes de fazer um discurso com “cabeça, tronco e membros” e sem discernimento para apresentarem “alternativas” concretas.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Engraçado este comentador.
    Não foi o Anjinhos da guarda que foi convidado para a caixa de Angola?
    Ou o Anjinho da guarda de Costa é Marques Mendes?
    Agora se compreende os ataques constantes ao PSD por parte deste Sr.
    Belos políticos que temos, começando por Marques Mendes acabando em Pedro Santana Lopes que acredito querer fazer parte do próximo Governo ao lado do PS.
    Acabaram com a democracia.

  2. Comparadando o veneno deste moço de recados do politburo do PSD com a cobra Oxyuranus microlepidotus, pode-se dizer que o veneno desta ultima é completamente inocuo.
    Como alguém diria “Cresce e aparece”

RESPONDER

Mais cinco mortes e 899 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta sexta-feira, mais cinco mortes e 899 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quinta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

Governo de Bolsonaro bate recorde de aprovação durante a pandemia

A aprovação do Governo brasileiro, presidido por Jair Bolsonaro, subiu para 40%, a maior percentagem desde o início do seu mandato, iniciado em janeiro de 2019, segundo uma sondagem do Instituto Ibope divulgada na quinta-feira. A …

Número de casos baixa nos EUA. Na Bélgica, deixa de ser obrigatório usar máscara na rua

A pandemia tem assolado toda a população mundial, mas há países que têm sofrido mais com o aumento de número de infetados e com mortes. Apesar de serem um dos países mais afetados, os EUA …

Seis enfermeiros infetados e cirurgias canceladas no hospital de Beja

O hospital de Beja detetou esta quinta-feira seis enfermeiros do bloco operatório infetados com Covid-19 e cancelou algumas cirurgias programadas por questões de segurança, disse à agência Lusa a presidente da Unidade Local de Saúde …

Reformas na função pública subiram para 43% (e um quinto são professores)

Mais de 6.500 trabalhadores das administrações públicas aposentaram-se na primeira metade deste ano, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período de 2019. A maioria das saídas deriva de áreas como a …

“Arma de diagnóstico”. Teste que distingue covid-19 de outras infeções respiratórias chega a Portugal

A Unilabs vai disponibilizar um teste que permite “diferenciar o novo coronavírus de outros tipos de infeções respiratórias sazonais”, auxiliando os clínicos a realizarem diagnósticos mais precisos. “A ideia era tentarmos ter uma ferramenta de diagnóstico …

Jovem de 23 anos morre baleada em ação da PSP. Polícias vão alegar legítima defesa

Uma jovem de 23 anos morreu, na madrugada de quinta-feira, na sequência de ferimentos causados por uma arma de fogo, após uma intervenção policial em São João da Madeira. A mulher, de 23 anos, morreu na …

PS recua nas petições e propõe 7.500 assinaturas para ultrapassar veto de Marcelo

O PS vai avançar com uma proposta de alteração que coloca nos 7.500 o número de assinaturas necessário para que uma petição seja discutida na Assembleia da República.  O objetivo do PS é contornar o veto …

Rui Rangel endividava-se, teve execuções fiscais e contas penhoradas

Rui Rangel teve vários processos de execução fiscal por falta de pagamentos de impostos e até contas penhoradas. Era o seu alegado testa-de-ferro que o ajudava a regularizar os pagamentos. Era comum o ex-juiz Rui Rangel …

Todos os dias, 500 famílias pedem à EDP para pagarem a luz em prestações

Desde o início da pandemia até ao fim de agosto, 500 famílias pediram diariamente ajuda à EDP para pagarem a fatura da luz em prestações. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …