Marisa Matias: “É inevitável” que a geringonça seja avaliada nas europeias

Nuno Fox / Lusa

A eurodeputada bloquista Maria Matias defendeu que é “inevitável” que a geringonça governativa – liderada pelo PS com o apoio do BE e do PCP – seja avaliada já nas próximas eleições europeias, que se realizam a 26 de maio.

“É inevitável que aconteça, de certa maneira. É inevitável que, quando uma pessoa vá votar, o faça por aquilo que sente mais próximo na sua vida. Como não há a perceção, infelizmente, do quanto as políticas decididas em Bruxelas afetam a vida das pessoas, provavelmente poderão votar ou não mais pela perceção daquilo que foi a solução da ‘geringonça’”, disse Marisa Matias em entrevista ao Público e à Renascença.

Para a eurodeputada, os resultados da europeias vão ser também um reflexo daquela que é a política nacional seguida nos últimos anos.

Na mesma entrevista, Marisa Matias conta que viu com “alguma tristeza” a frase do ministro da Economia, Mário Centeno, sobre o investimento não ser como a “Anita vai às compras”. De acordo com a eurodeputada, tal aconteceu porque há diferenças de perspetivas sobre o investimento entre o BE e o Governo.

“Não devia haver, mas há. Com alguma dor, confesso. Estamos com esta obsessão do défice zero e défice zero significa investimento zero. Estamos a degradar os nossos serviços públicos”, criticou Maria Matias.

A eurodeputada, que vai encabeçar a candidatura do BE às europeias pela terceira vez, assume que vê hoje um Portugal “um bocadinho melhor” do que aquele que via há cinco anos, quando ocorreram as últimas eleições europeias.

“Já vi um Portugal a ser muito massacrado a partir de Bruxelas, com a intervenção da troika. E a ser pouco respeitado nas suas opções democráticas, quando chegámos a esta solução governativa. Não foi propriamente uma reação, face a Portugal, muito positiva. Tivemos a Comissão Europeia a procurar impedir o aumento do salário mínimo e, depois, a reconhecer que tinha sido uma boa medida. Foram os resultados que levaram a esse reconhecimento, embora isto seja sempre muito contextual e muito contingente”, afirma.

Portugal enfrentou um caminho “um bocadinho doloroso” de enfrentamento das instituições europeias, defende. “A solução não é perfeita, teve bons resultados, mas foi limitada. O que as pessoas sentiram como resultados mais positivos nas suas vidas foram aqueles em que foi preciso enfrentar mais diretamente o que era a indicação prévia de Bruxelas”.

Questionada sobre o tipo de Europa que vê atualmente, Marisa Matias diz que o que vê ” uma União Europeia minada pela corrupção e com uma ascensão da extrema-direita enorme”, considerando haver um “lobby muito poderoso”. “Um lobby em teoria é inscrito, sabe-se quem reúne com quem, mas obviamente não creio que seja tudo às claras. Haverá um tipo de influências que não será feito às claras”, considera.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …

Sue, o T-rex, terá tido uma forte dor de dentes devido a uma infeção

Sue, o T-rex cujo esqueleto é um dos mais completos já descobertos até aos dias de hoje, terá sofrido uma forte dor de dentes durante a sua existência. "Dois dentes estão realmente fundidos e um terceiro …

Câmara com IA confundiu careca do bandeirinha com a bola (e arruinou o jogo de futebol)

Os adeptos da equipa de futebol escocesa Inverness Caledonian Thistle FC experimentaram uma hilariante falha tecnológica durante um jogo no fim de semana passado. De acordo com o IFLScience, o clube escocês anunciou há algumas semanas …

"Francisco Louçã fez bullying para precipitar ruptura do Bloco com o PS"

O PS acredita que foi a postura de "bullying" de Francisco Louçã que forçou o Bloco de Esquerda a precipitar uma "ruptura com o PS", conforme avança o deputado João Paulo Correia, vice-presidente da bancada …

Remdesivir: de droga milagrosa a negócio milionário com "muito, muito mau aspeto"

Apresentado como único medicamento anti-viral eficaz no combate à covid-19, foi o primeiro medicamento aprovado pela FDA, regulador farmacêutico americano, no tratamento da doença. Agora, a sua eficácia é contestada — e os negócios milionários …