“Água milagrosa” de março animou produção de cereais

Março foi o mês mais chuvoso desde 1931 e, embora não tenha vindo a tempo de recuperar a produção de tomate, ajudou a recuperar as culturas do próximo verão.

As chuvas de março ajudaram a recuperar a produção das culturas de sequeiro, cereais e floresta. Embora não tenha vindo a tempo para recuperar a produção de tomate para a indústria, o mês mais chuvoso desde 1931 ajudou a recuperar as culturas do próximo verão.

Luís Mira, secretário-geral da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), admitiu, citado pelo Diário de Notícias, que “esta água fazia-nos falta”.

No entanto, este cenário animador nem sempre o foi desde o início de 2018. No final de fevereiro, 84% do território nacional encontrava-se em seca severa e extrema, tendo nos cereais de outono-inverno a seca prolongada reduzido a janela de oportunidade para a realização de sementeiras.

Isto fez com que houvesse uma diminuição generalizada das áreas cultivadas, com a área dedicada ao centeio a reduzir 5%, a diminuir 10% na cevada, 15% no trigo mole e triticale e 20% no trigo duro, segundo o boletim Mensal da Agricultura e Pesca do INE, divulgado no mês passado.

Esta diminuição da área de produção ocorreu pelo quinto ano consecutivo. Aliás, o gabinete de estatísticas nacional apostou que se iria atingir um mínimo histórico de 121 mil hectares, a menor área dos últimos cem anos, desde que existem registos.

“Em termos de área cultivada, já não há nada a fazer, mas as culturas, com a chuva, deverão recuperar um bom bocado“, afirma Luís Mira. “As searas estão com muito bom aspeto. Foi uma água milagrosa”, refere o responsável da CAP.

No que diz respeito à floresta, este mês chuvoso também beneficiou as áreas ardidas. “Choveu um pouco, tendo nascido alguma vegetação, e quando choveu mais não houve arrastamento de terras”, descreve o responsável.

No entanto, Luís Mira admite que se continuar a chover com estes níveis, “as coisas poderão complicar-se”. “Em maio/junho tudo estará ao nível da precipitação na normalidade. Mas vamos ver”, diz, lembrando que as estações do ano, que antes determinavam as culturas, estão cada vez mais imprevisíveis.

Este ano, as previsões para o ano agrícola apontam para uma produção histórica de azeite, que deverá superar os 1,3 milhões de hectolitros, segundo o INE.

Em relação aos preços agrícolas ao nível do produtor, escreve o DN, os dados são apenas até fevereiro, mas as maiores variações face ao ano anterior são nos ovinos e caprinos (+18,6%), nos ovos (+14,5%) e na batata (-58,1%). Face a janeiro, as maiores variações ocorreram nos hortícolas frescos (+6,1%), nos ovos (-21%) e nos frutos (-7,3%).

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Estado vai pagar férias a 15 mil portugueses

O Governo, em parceria com a Fundação INATEL, lança nesta quinta-feira um programa que visa oferecer férias gratuitas ou a baixo custo, a pessoas com deficiências ou com mais de 55 anos de idade e …

Guru indiano condenado a prisão perpétua por violar jovem

Asaram Bapu violou uma jovem de 16 anos em 2013, enquanto os pais, que eram seus seguidores, esperavam e cantavam as orações do guru do lado de fora. Um tribunal indiano na cidade de Jodhpur, no …

Não houve segundo atirador no assassinato de John F. Kennedy

A velha teoria da conspiração que especulava que John F. Kennedy foi morto a tiro por um segundo atirador que estaria no infame "monte relvado" foi finalmente posta de lado. O Presidente dos Estados Unidos, John …

Deputado do PSD mora em Lisboa, mas recebe subsídios como se vivesse em Portalegre

O ex-número 2 do PSD, o deputado José Matos Rosa, reside em Lisboa há três anos, mas recebe do Parlamento o subsídio de transporte e as ajudas de custo porque declara Portalegre como a sua …

Bastonária dos Enfermeiros pede investigação a contratos de contentores no São João

A bastonária dos Enfermeiros pede às autoridades que investiguem os contratos entre o Hospital São João e as empresas que fornecem os contentores onde estão instaladas a pediatria e a neurocirurgia. Em entrevista à agência Lusa, …

ADN ajudou a capturar assassino que aterrorizou Califórnia nos anos 70 e 80

As autoridades da Califórnia anunciaram a prisão de um homem suspeito de ser o "assassino do estado dourado", responsável por assassinatos e violações em massa na Califórnia nas décadas de 1970 e 1980. "Na terça-feira, um …

Jihadista portuguesa capturada quando fugia dos combates na Síria

Uma mulher portuguesa que fez parte do grupo terrorista Estado Islâmico está entre as pessoas que foram capturadas por soldados curdos, nos últimos meses, e que vivem num acampamento do Alto-Comissariado das Nações Unidas para …

Estado prevê ganhar mais de 25 milhões com leilão de madeira queimada

Este será o terceiro e o maior leilão para vender madeira ardida proveniente de matas nacionais afetadas pelos incêndios de outubro. O Governo espera arrecadar mais de 25 milhões de euros. Segundo o jornal i, está …

Varoufakis cobra ao Governo português dívida de gratidão para com os gregos

O atual líder do movimento pan-europeu DiEM25, empenhado na formação de um movimento transnacional, participou esta quarta-feira no desfile na Avenida da Liberdade comemorativo do 25 de Abril, integrado no partido Livre. Yanis Varoufakis, ex-ministro das …

Academia Sueca pondera não conceder Nobel da Literatura este ano

A Academia Sueca, abalada por um escândalo que envolve fugas de informação e abusos sexuais que fez sair cinco membros, poderá não atribuir este ano o prémio Nobel da Literatura. Em declarações à televisão SVT, o …