Marcelo inicia visita de Estado de três dias a Espanha

Tiago Petinga / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, acompanhado pela Rainha Letizia

O Presidente da República inicia, esta segunda-feira, uma visita de Estado de três dias a Espanha, durante a qual será recebido pelo rei Felipe VI e pelo chefe do Governo Mariano Rajoy.

Acompanham-no nesta deslocação ao Reino de Espanha, dividida entre Madrid e Salamanca, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e os deputados Carla Barros, do PSD, Luís Testa, do PS, António Carlos Monteiro, do CDS-PP e Rita Rato, do PCP – o Bloco de Esquerda optou por não se fazer representar.

Marcelo Rebelo de Sousa, que chegou à capital espanhola no domingo à noite, foi recebido esta manhã pelos reis de Espanha, Felipe VI e Letizia, no Palácio Real, com honras militares, no início da sua primeira visita de Estado ao país vizinho e principal parceiro económico de Portugal.

Depois, na Câmara Municipal de Madrid, o Presidente recebeu as chaves da cidade, onde disse sentir-se em casa desde os seis anos, e elogiou o cosmopolitismo, multiculturalidade e dinamismo económico da capital espanhola.

É para mim uma profunda honra receber a chave de ouro de uma cidade e capital tão amiga de Portugal como é Madrid. Em rigor, não era preciso, porque desde os seis anos de idade, primeira vez em que vim a Madrid, me senti como vosso, como estando em casa, como partilhando as vossas alegrias, os vossos sonhos, as vossas expectativas e a vossa amizade, e a vossa fraternidade”, afirmou.

Em castelhano, Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou que é “uma cidade cujas chaves não fecham portas”, antes “abrem horizontes”, que constitui “um símbolo dos valores da liberdade, do respeito pelo outro e do cosmopolitismo” e honra “o melhor da Europa”.

Também vai prestar homenagem aos “caídos por Espanha”, na Praça da Lealdade, antes da audiência com Felipe VI, no Palácio da Zarzuela, residência oficial dos reis espanhóis, seguida de um almoço privado com os monarcas.

À tarde, o chefe de Estado participará num debate com estudantes na Universidade Carlos III, sobre as relações de Portugal, Espanha e União Europeia com a América Latina, e à noite terá um jantar de gala oferecido pelos reis de Espanha em sua honra, no Palácio Real.

Segundo uma nota divulgada pela Presidência da República, esta deslocação, que surge na sequência da visita de Estado dos reis de Espanha a Portugal em novembro de 2016, “pretende reforçar o nível de excelência que caracteriza as relações bilaterais entre os dois países, em todas as suas dimensões”.

O programa “permitirá ilustrar a vitalidade do relacionamento cultural, académico e económico entre ambos os países, bem como manter contacto com a comunidade portuguesa em Espanha”, lê-se na mesma nota.

Na terça-feira, em Madrid, Marcelo vai falar na abertura de um encontro empresarial, reunir-se com Mariano Rajoy, no Palácio da Moncloa, sede do Governo espanhol, com declarações à imprensa, e fará uma intervenção no hemiciclo das Cortes, o Parlamento espanhol.

Depois, visitará, com Felipe VI, uma exposição sobre Fernando Pessoa no Museu Reina Sofia, e ao fim do dia irá oferecer, no Palácio do Pardo, uma receção de retribuição em honra dos reis de Espanha, na qual já disse que gostaria de contar com a presença de Cristiano Ronaldo, melhor marcador da história do Real Madrid e da seleção portuguesa.

Quarta-feira será dedicada à cidade de Salamanca e a Castela e Leão, uma das 17 comunidades autónomas de Espanha, onde o Presidente da República estará novamente com o rei Felipe VI.

Os dois chefes de Estado irão visitar uma feira de ‘start-ups’ com algumas empresas portuguesas e discursar numa sessão solene na Universidade de Salamanca, que celebra os seus 800 anos

Marcelo Rebelo de Sousa deslocou-se a Madrid em visita oficial logo oito dias após ter tomado posse como Presidente da República, na tarde de 17 de março de 2016, vindo do Vaticano, para um encontro com o rei de Espanha, seguido de um jantar no Palácio Real.

Oito meses depois, os reis de Espanha, Felipe VI e Letizia, estiveram em Portugal, entre 28 e 30 de novembro, em visita de Estado, com passagens pelo Porto, Guimarães e Lisboa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Arqueólogos acreditam ter encontrado o famoso navio de James Cook

Um grupo de arqueólogos australianos e americanos acredita ter localizado a área em que o Endeavour, o navio que o explorador britânico James Cook usou nas suas viagens à Austrália e à Nova Zelândia, terá …

Físicos produziram o campo magnético mais forte e controlável de sempre

Um grupo de cientistas do Instituto de Física do Estado Sólido da Universidade de Tóquio, no Japão, produziu o campo magnético mais forte e controlável já criado em ambientes fechados - é um macro para …

"Impossível" puzzle químico do ouro foi finalmente resolvido

Uma equipa de cientistas russos e alemães conseguiu decifrar o segredo da estabilidade da estrutura cristalina do calaverita (AuTe2) - um raro mineral metálico também conhecido como telúrio de ouro. A descoberta, publicada nesta terça-feira na …

Há caranguejos mutantes e zangados a invadir a costa dos EUA (e são verdes)

Uma espécie agressiva de caranguejo verde está a invadir as águas do estado norte-americano de Maine, deixando um rasto de destruição nos habitats e ecossistemas aquáticos. Os caranguejos (Carcinus maenas) ameaçam várias espécies, como mexilhões azuis, …

Porsche quer ser a primeira fabricante alemã a deixar o diesel

A Porsche quer tornar-se a primeira fabricante automobilística alemã a deixar o diesel, apostando em motores a gasolina, híbridos e, a partir de 2019, em veículos elétricos, anunciou este domingo o presidente executivo da empresa. "Agora …

Viver nas cidades aumenta risco de demência (e a culpa é da poluição)

Viver na cidade influencia a nossa saúde. Segundo um estudo recente, a poluição do ar pode aumentar em 40% o risco de desenvolver demência. O impacto da poluição do ar na nossa saúde já era conhecido, …

Finalmente resolvido o mistério do assassino de gatos em Londres

Um dos mistérios criminais que intrigava a Inglaterra está finalmente resolvido. A conclusão é que, afinal, o famoso assassino de gatos de Croydon não existe. O mistério à volta da morte de mais de 400 gatos …

Benfica - Aves | Triunfo de águia exuberante e perdulária

O Benfica respondeu ao triunfo do FC Porto no sábado com uma vitória caseira sobre o Desportivo das Aves, por 2-0. O resultado pode indicar algumas dificuldades por parte da formação “encarnada”, mas pode-se dizer, sem …

Aquecimento global no Pleistoceno elevou nível do mar até 13 metros

O aquecimento global no final do período do Pleistoceno, com temperaturas similares às previstas para este século, reduziu a camada de gelo da Antártida oriental e elevou o nível do mar até 13 metros acima …

Autor dos mais famosos estudos sobre comida viu 13 artigos retirados

O famoso investigador norte-americano está envolvido numa polémica, depois de 13 dos seus estudos científicos terem sido retirados de algumas publicações. É provável que nunca tenha ouvido falar de Brian Wansink mas, tal como recorda o …