Marcelo “O Infiel” usado em vídeo de propaganda do Estado Islâmico

(dr) presidencia.pt

Marcelo Rebelo de Sousa na visita a Marrocos, onde foi recebido pelo Rei Mohamed VI

Marcelo Rebelo de Sousa na visita a Marrocos, onde foi recebido pelo Rei Mohamed VI

A imagem do Presidente da República com o rei de Marrocos foi utilizada pelo grupo terrorista em mais um dos seus vídeos de propaganda.

Uma fotografia de Marcelo Rebelo de Sousa, durante uma visita oficial a Marrocos, está a ser utilizada num vídeo de propaganda do Estado Islâmico, revela esta terça-feira o Diário de Notícias.

A imagem, tirada em junho deste ano, mostra o Presidente da República ao lado do rei de Marrocos, Mohammed VI, no momento em que o condecora com a Ordem de Santiago.

Segundo o DN, o caso foi tornado público esta segunda-feira por Nuno Rogeiro, comentador e perito em assuntos de segurança internacional, num seminário sobre “Estratégias de comunicação em contexto de terrorismo”, que contou com a presença de altos dirigentes das secretas portuguesas e estrangeiras.

O vídeo começa por tentar mostrar uma juventude do Daesh “bem formada, bem preparada em escolas e mesquitas, e tem uma moral superior aos jovens de países árabes e islâmicos ‘corruptos'”.

De seguida, seguem-se as imagens “contra os dirigentes ‘pseudo-islâmicos’ que se vergam ao Ocidente e são seus serventes”, explicou Rogeiro. É nesse momento que aparece o rei de Marrocos.

Uma lupa é colocada sobre o peito de Mohammed VI para destacar a condecoração dada por Marcelo que, para os terroristas, é visto como uma falta de vergonha por parte de “líderes ditos muçulmanos” que mostram “prémios e condecorações dados por infiéis”.

“O verdadeiro islão não esquecerá estes atos”, poderá ainda ouvir-se no final do vídeo.

Fonte oficial de Belém confirmou ao diário que já está a par do caso e que “as autoridades competentes tomaram conta do assunto“.

De acordo com as informações apuradas pelo DN, a situação foi avaliada pelos serviços de informações e concluiu-se que o “alvo” dos extremistas não era Marcelo mas antes o rei marroquino.

Marcelo diz que o vídeo não é “nada de novo”

Entretanto, o Presidente da República afirmou que o uso por parte dos extremistas da sua imagem num vídeo de propaganda não representa “nada de novo” em matéria de segurança.

“Já apareceu há um mês e tal, não há problema nenhum. Não é nada de novo que não se soubesse, e portanto a segurança dos portugueses continua igualmente garantida”, vincou o chefe de Estado.

“Se digo que não há nada de novo em matéria de segurança, não há nenhuma medida a tomar“, disse Marcelo Rebelo de Sousa sobre o tema.

O chefe de Estado falava aos jornalistas à margem de uma cimeira sobre economia digital que decorre, esta segunda-feira, em Lisboa.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …

Reino Unido quer reconhecer animais como seres com sentimentos

O Governo britânico anunciou um amplo plano de defesa dos animais que inclui medidas como o reconhecimento dos animais como seres com sentimentos, a proibição da exportação de animais vivos e da importação de troféus …

PAN rejeita "via verde" para o Governo (e admite travar próximo Orçamento "se necessário")

O PAN não pretende oferecer “uma via verde para o Governo fazer o que bem entender” e admite mesmo travar o Orçamento de Estado "se for necessário". As palavras são da presidente do Grupo Parlamentar do …

Bloco quer administração da RTP nomeada pela Assembleia da República

O Bloco de Esquerda fez várias propostas à revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão. Do lado dos trabalhadores da RTP, a proposta foi arrasada. O Governo colocou em consulta pública, …

Decisão da insolvência da Groundforce pode demorar dois meses. Salários de maio em risco

Os salários de maio de 2400 trabalhadores da Groundforce devem ser pagos dentro de duas semanas, mas é grande a probabilidade de que isso não aconteça, à semelhança do que ocorreu em fevereiro, elevando as …

Pedro Nuno Santos garante que investimento público em redes de nova geração vai avançar

Pedro Nuno Santos garantiu, na quinta-feira, que o “investimento público” em redes de comunicações eletrónicas “vai avançar”, de forma a levar conectividade às regiões do país onde as redes das operadoras privadas não chegam. O ministro …

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …