//

Marcelo “O Infiel” usado em vídeo de propaganda do Estado Islâmico

(dr) presidencia.pt

Marcelo Rebelo de Sousa na visita a Marrocos, onde foi recebido pelo Rei Mohamed VI

Marcelo Rebelo de Sousa na visita a Marrocos, onde foi recebido pelo Rei Mohamed VI

A imagem do Presidente da República com o rei de Marrocos foi utilizada pelo grupo terrorista em mais um dos seus vídeos de propaganda.

Uma fotografia de Marcelo Rebelo de Sousa, durante uma visita oficial a Marrocos, está a ser utilizada num vídeo de propaganda do Estado Islâmico, revela esta terça-feira o Diário de Notícias.

A imagem, tirada em junho deste ano, mostra o Presidente da República ao lado do rei de Marrocos, Mohammed VI, no momento em que o condecora com a Ordem de Santiago.

Segundo o DN, o caso foi tornado público esta segunda-feira por Nuno Rogeiro, comentador e perito em assuntos de segurança internacional, num seminário sobre “Estratégias de comunicação em contexto de terrorismo”, que contou com a presença de altos dirigentes das secretas portuguesas e estrangeiras.

O vídeo começa por tentar mostrar uma juventude do Daesh “bem formada, bem preparada em escolas e mesquitas, e tem uma moral superior aos jovens de países árabes e islâmicos ‘corruptos'”.

De seguida, seguem-se as imagens “contra os dirigentes ‘pseudo-islâmicos’ que se vergam ao Ocidente e são seus serventes”, explicou Rogeiro. É nesse momento que aparece o rei de Marrocos.

Uma lupa é colocada sobre o peito de Mohammed VI para destacar a condecoração dada por Marcelo que, para os terroristas, é visto como uma falta de vergonha por parte de “líderes ditos muçulmanos” que mostram “prémios e condecorações dados por infiéis”.

“O verdadeiro islão não esquecerá estes atos”, poderá ainda ouvir-se no final do vídeo.

Fonte oficial de Belém confirmou ao diário que já está a par do caso e que “as autoridades competentes tomaram conta do assunto“.

De acordo com as informações apuradas pelo DN, a situação foi avaliada pelos serviços de informações e concluiu-se que o “alvo” dos extremistas não era Marcelo mas antes o rei marroquino.

Marcelo diz que o vídeo não é “nada de novo”

Entretanto, o Presidente da República afirmou que o uso por parte dos extremistas da sua imagem num vídeo de propaganda não representa “nada de novo” em matéria de segurança.

“Já apareceu há um mês e tal, não há problema nenhum. Não é nada de novo que não se soubesse, e portanto a segurança dos portugueses continua igualmente garantida”, vincou o chefe de Estado.

“Se digo que não há nada de novo em matéria de segurança, não há nenhuma medida a tomar“, disse Marcelo Rebelo de Sousa sobre o tema.

O chefe de Estado falava aos jornalistas à margem de uma cimeira sobre economia digital que decorre, esta segunda-feira, em Lisboa.

ZAP / Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE