Marcelo sai do hospital e remete decisão sobre recandidatura para 2020

Estela Silva / Lusa

O Presidente da República considerou, esta quinta-feira, após ter alta hospitalar, que o estado da sua saúde “é um fator positivo na ponderação” sobre uma recandidatura, mas remeteu essa decisão para outubro de 2020.

“Tendo corrido bem esta cirurgia, e sendo a evolução seguinte positiva, isso é um fator positivo na ponderação que eu irei fazer daqui por um ano. Essa ponderação será, em qualquer caso, feita em outubro do ano que vem, não agora”, afirmou o chefe de Estado à comunicação social, à saída do Hospital de Santa Cruz, em Oeiras.

“É evidente que não escondo que é bom, mas é sobretudo bom para a minha saúde e para o desempenho deste mandato, realmente sentir-me melhor do que me sentia”, acrescentou.

“Queria elogiar o Serviço Nacional de Saúde, o Hospital de Santa Cruz, toda a equipa foi de uma eficiência extraordinária e, portanto, tornou possível que em tempo recorde eu pudesse sair e tivesse alta”, disse Marcelo aos jornalistas, à saída do hospital.

Marcelo Rebelo de Sousa declarou sentir-se “verdadeiramente melhor” do que quando deu entrada nesta unidade hospitalar do distrito de Lisboa, na quarta-feira, para fazer um cateterismo cardíaco que, segundo o comunicado da equipa médica, confirmou “a existência de obstruções coronárias importantes que foram tratadas no mesmo procedimento, com sucesso e sem complicações”.

O Presidente da República adiantou que deverá retomar “uma agenda normal” a partir de domingo ou segunda-feira e que está “com tanta energia” que terá uma série de iniciativas e compromissos de seguida.

“Para a semana teremos a Web Summit, terei de me lançar outra vez a uma tarefa que está agora com a chegada do inverno ainda mais premente, que é a dos sem-abrigo, e logo a seguir terei uma visita de Estado a Itália e logo a seguir uma ida a Paris a convite da Academia Francesa”, mencionou, observando: “Para quinze dias, não é mau”.

O chefe de Estado anunciou, no início do mês, que iria fazer em breve um cateterismo e que a sua recandidatura à Presidência da República dependia dos resultados deste exame. Em 2016, Marcelo Rebelo de Sousa venceu as Presidenciais com 52% dos votos. As próximas eleições realizam-se em 2021.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Maria de Belém, Paulo Macedo, Adalberto Campos Fernandes. Marcelo chama seis ex-ministros a Belém

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai chamar a Belém seis ex-ministros do setor para falar sobre a resposta da Saúde durante a pandemia. De acordo com o semanário Expresso, Marcelo Rebelo de Sousavai …

Pai de Rosa Grilo constituído arguido por suspeita de favorecimento pessoal

O pai de Rosa Grilo, Américo Pina, foi esta quarta-feira constituído arguido num segundo processo relacionado com a morte do triatleta Luís Grilo. Segundo o jornal Público, a notícia foi confirmada por fonte próxima do processo, …

NOS e Vodafone vão partilhar equipamentos de redes móveis

A NOS e a Vodafone fecharam acordos com vista à partilha de infraestruturas e equipamentos de rede móvel, abrangendo as tecnologias 2G, 3G e 4G. A NOS e a Vodafone anunciaram um acordo de partilha de …

Eutanásia começa a ser discutida. Deputados consideram pergunta "confusa" e "não" é quase certo

A discussão sobre a eutanásia começa hoje no Parlamento e estende-se até sexta-feira. A proposta, que conta com o apoio da Igreja Católica, deve ser chumbada, tendo em conta os sentidos de voto já conhecidos, mas …

Cabrita mantém auditoria sobre falhas na GNR e PSP em segredo

A auditoria "Cartografia de Risco", feita pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que detetou falhas na formação e organização na GNR e na PSP, continua em segredo no gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em …

Assassino publicou áudio a dizer que "vingou o profeta". Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança …

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …