“Daqui até novembro, muito poderá acontecer.” Marcelo mantém tabu sobre recandidatura

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa disse que só irá comunicar a sua decisão sobre uma eventual recandidatura nas presidenciais de 2021 depois de convocar essas eleições.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta terça-feira que só irá comunicar a sua decisão sobre uma eventual recandidatura nas presidenciais de 2021 após convocar eleições, “provavelmente em novembro“.

Em declarações aos jornalistas, na varanda do Palácio de Belém, em Lisboa, o chefe de Estado defendeu que essa “é a única maneira de poder exercer a magistratura tal como é exigido na Constituição e tal como o país também exige”.

No entanto, questionado depois se o anúncio sobre uma eventual recandidatura nunca poderá acontecer antes de novembro, respondeu: “Por definição, daqui até novembro, muito poderá acontecer, vai acontecer muita coisa. Está a acontecer tanta coisa desde as legislativas que o que vai acontecer ainda vai ser mais do que aquilo que aconteceu”.

Interrogado sobre o momento em que comunicará a sua decisão sobre uma recandidatura ou não nas presidenciais de janeiro do próximo ano Marcelo começou por referir que “o Presidente da República tem de convocar as eleições, no caso das presidenciais, provavelmente em novembro”.

“E obviamente uma coisa é certa: qualquer decisão que, enquanto cidadão, venha a tomar será sempre posterior à convocação das eleições. Quer dizer, o Presidente não deve convocar as eleições já tendo dito se é ou não é candidato presidencial. Convoca as eleições como Presidente e depois, como cidadão, como qualquer outro cidadão, uma vez convocadas as eleições, decide se se candidata ou não se candidata”, acrescentou.

Marcelo Rebelo de Sousa salientou que “o Presidente ainda vai tomar muitas decisões até à realização das eleições, isto é, até ao termo do seu mandato, muitas, porque haverá um Orçamento para promulgar, ou não, não apenas este, mas o seguinte, porque haverá muitas leis a ponderar, haverá muitas iniciativas de diversa natureza a ponderar”.

“Haverá muitas responsabilidades internacionais a assumir e não podem restar dúvidas de que ele, Presidente, decide e assume enquanto Presidente, e não influenciado pelo clima que haja mais intenso ou menos intenso em termos pré-eleitorais”, argumentou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …