João Ferreira diz que Marcelo deixou jovens em situação de “vulnerabilidade” (e elogia lay-off a 100%)

João Ferreira no XXI Congresso do PCP.

João Ferreira criticou este sábado o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa por deixar os jovens em situação de “vulnerabilidade”.

O candidato presidencial João Ferreira afirmou, este sábado, que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, colocou os jovens numa situação de “vulnerabilidade”, acusando quem governa de não ter estado ao seu lado e de se ter esquecido da lei fundamental do país.

Falando perante dezenas de apoiantes no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, o candidato comunista considerou que a “proteção especial” prevista na Constituição relativamente a determinados grupos da população, como é o caso dos jovens, se tornou, nos últimos anos, numa “vulnerabilidade especial”.

“Porque aquele que exerceu as funções de Presidente da República utilizou os seus poderes não para defender, cumprir e fazer cumprir a Constituição, como jurou fazer, mas pelo contrário, usou esses poderes para, ao arrepio da Constituição, deixar os jovens numa vulnerabilidade especial, por exemplo, quando se trata de aceder ao primeiro emprego ou de aceder à habitação, condições essenciais de autonomização dos jovens”, declarou.

Dirigindo-se aos jovens, João Ferreira sublinhou que a lei fundamental do país está do seu lado, ao contrário de quem tem governado, incluindo o chefe de Estado português, que se tem esquecido daquilo que diz a Constituição.

“Tem uma força imensa a gente poder dizer a um jovem que luta pelo seu primeiro emprego, pela sua autonomização, pelo direito à habitação: a lei fundamental do país está do teu lado, quem não está do teu lado são aqueles que governando ou exercendo as funções de Presidente se esqueceram daquilo que diz a lei fundamental do país”, afirmou.

Numa sessão dedicada ao emprego, direitos e desenvolvimento, João Ferreira questionou há quanto tempo se deixou de falar em pleno emprego no país e recordou o papel que o PCP teve na aprovação de uma “medida importante” como a atribuição do lay-off a 100%.

Antes da intervenção de João Ferreira, a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira (PCP), sublinhou que a candidatura à Presidência da República apoiada pelo PCP e PEV “visa também combater os novos fascistas”.

“Soubemos combater os velhos ‘fachos’, saberemos derrotar os novos fascistas”, exclamou, recebendo aplausos dos participantes que se encontravam na sessão.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois do balde de água fria da pandemia, Israel vai ficar melhor do que nunca. Tudo pelos turistas

Israel está fechado em casa e viajar para este país não faz parte dos planos de muitas pessoas. No entanto, este período de acalmia pode mesmo ser o melhor momento para planear uma viagem - …

Menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais e menos 151 mil cirurgias em 2020

No ano em que a pandemia chegou a Portugal, houve menos 151 mil cirurgias e menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais públicos. A covid-19, que chegou a Portugal a 2 de março de 2020, obrigou …

Várias escolas de Tóquio pedem "certificados de cabelo real" aos alunos

As escolas japonesas são conhecidas pela sua rigidez relativamente à aparência dos seus alunos, tanto que os estudantes que não seguem o padrão de "cabelo liso e preto" têm de apresentar provas. Dados divulgados, esta semana, …

UE estima normalidade nas vacinas daqui a duas semanas. Orbán recebeu vacina chinesa

A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas nos Estados-membros. Entretanto, o primeiro-ministro húngaro já foi vacinado (mas com uma vacina …

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …

Mais 41 mortes e 718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais 41 mortes e 718 novos novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 718 …

Navalny chega a colónia penal a leste de Moscovo

O principal opositor do Kremlin chegou, este domingo, a uma zona a cerca de 200 quilómetros a leste de Moscovo para ser transferido para uma colónia penal onde vai cumprir a sua pena, informou um …

Já chegou o voo de repatriamento com 300 passageiros vindos do Brasil

O voo de repatriamento vindo do Brasil chegou, este domingo de manhã, ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com cerca de 300 passageiros. De acordo com a RTP, o voo de repatriamento vindo de São Paulo, …

Costa imune ao descontrolo da pandemia. Popularidade de Marcelo dispara

A sondagem TSF/JN/DN regista uma avaliação positiva do primeiro-ministro e do Presidente da República, com este a atingir um novo pico de popularidade. Os líderes do PSD e do Chega surgem empatados como principais figuras da …

Mais seis mortos nos protestos em Myanmar. Embaixador na ONU afastado

Seis manifestantes foram mortos em Myanmar, este domingo, por forças de segurança que dispersavam com violência as manifestações pró-democracia. Três manifestantes foram mortos em Dawei (no sul do país), enquanto dois adolescentes, de 18 anos, morreram …