Marcelo na Casa Branca com uma “lição” para Trump e uns brincos para Melania

José Sena Goulão / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa encontra-se nesta quarta-feira com Donald Trump na Casa Branca, numa visita oficial de um dia e meio pelos EUA. Na bagagem, o Presidente da República leva uns brincos de filigrana de Viana do Castelo para oferecer a Melania e uma “lição” de diplomacia para Trump.

O Presidente da República chegou a Washington por volta das 15 horas locais (20 horas de terça-feira em Lisboa). O encontro com Donald Trump, na Casa Branca, está marcado para as 14 horas de Washington, 19 horas em Lisboa, nesta quarta-feira.

Marcelo Rebelo de Sousa foi parco em palavras antes de rumar aos EUA e tem optado por um discurso diplomático, que não entre em choque com o Presidente dos EUA, nomeadamente evitando os temas “quentes” das migrações e da guerra comercial contra a União Europeia que têm marcado as políticas de Trump.

Uma “lição” de diplomacia prévia que deverá continuar durante o encontro com o líder dos EUA. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, diz ao Diário de Notícias que não serão abordados “assuntos em que estamos 100% de acordo nem 0% de acordo” porque “não adianta nada”.

“Marcelo garantidamente não confrontará Trump com a política de emigração” que levou à separação de pais e filhos na fronteira com o México, conclui o DN, frisando que os “”Direitos humanos” são uma expressão tabu neste encontro”.

Prendas para Trump e Melania

No seu primeiro discurso em solo norte-americano, em Manassas, na Virgínia, perante mais de 300 portugueses e luso-descendentes, Marcelo sublinhou que antes deste encontro com Trump esteve com Vladimir Putin, Presidente da Rússia, e revelou que no final do ano, o Presidente da China vem a Portugal.

Exemplos que cita para realçar “a capacidade de diálogo e entendimento” dos portugueses para se “adaptarem a todas as latitudes e longitudes”, como destacou num subtil recado a Trump.

Quanto ao encontro em sim, Marcelo referiu que tem “sempre boas expectativas” porque “há uma amizade entre os dois países de 242 anos”.

Como sinal dessa amizade, Marcelo vai oferecer a Trump um fac simile da carta da Rainha D. Maria I onde o Reino de Portugal reconhece a independência dos EUA, em Fevereiro de 1783, como apurou o Observador. Vai também oferecer um conjunto de talhas Vista Alegre com as armas dos Estados Unidos e uns brincos de filigrana de Viana do Castelo como prenda especial para Melania Trump.

Na primeira paragem desta visita pelos EUA, no Centro Comunitário Português da Virgínia, Marcelo quis realçar a “excepcional” comunidade portuguesa no país e passar a ideia de que Portugal “não parou no tempo”.

“Não deixamos de ser o velho Portugal, mas além do velho Portugal, no que tem de bom, somos um Portugal novo. Um Portugal de esperança, um Portugal de confiança, um Portugal de mudança, um Portugal de futuro”, sublinhou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Marcelo, estás a fazer muito mal, em ires visitar o maior ditador de extrema-direita de sempre, o asqueroso nojento criminoso Trump, isso fica-te muito mal, porque não podias ter dito que “direitos humanos”, são uma expressão tabu, qualquer que seja o estado e o sistema político, isso nunca por nunca ser, pode ser tabu, pelo que, é mais 1 prego que espetas no teu caixão de famoso bom político, mas que tens, afinal, muito pouco!

  2. Como sempre o nosso presidente sempre em accao agora na visita aos usa tratar de assuntos do enteresse do pais e nao so
    como sempre os estados unidos precupado com o nosso portugal[ porta de entRADA DA EUROPA EDA PENINSULA IBERICA.

  3. bem queria dizer que em relacao a campanha e ´´a sua senhora parece bem que a 1\ dama dos estados unidos sabe como ajudar o presidente

RESPONDER

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …