Marcelo diz estar a “carregar baterias” quando questionado sobre recandidatura

Nuno Veiga / Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa disse esta terça-feira estar a “carregar baterias” em Moçambique quando questionado sobre uma eventual recandidatura à Presidência da República portuguesa, deixando a resposta em aberto.

“Estou a carregar baterias em Moçambique, pode ser que isso ajude em termos também de Portugal”, respondeu, à saída de um encontro com o chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, no palácio da presidência em Maputo.

Marcelo Rebelo de Sousa encontra-se em Moçambique desde segunda-feira para uma visita de cinco dias centrada na tomada de posse de Nyusi para um segundo mandato, cerimónia agendada para quarta-feira. “Quem está para tomar posse é o Presidente moçambicano. Vamos deixar cada coisa para seu momento“, concluiu Marcelo.

Em outubro, Marcelo revelou que a sua recandidatura à Presidência da República dependia dos resultados de um exame médico. Nesse mês, Marcelo fez um cateterismo cardíaco que, segundo o comunicado da equipa médica, confirmou “a existência de obstruções coronárias importantes que foram tratadas no mesmo procedimento, com sucesso e sem complicações”.

Após sair do hospital, o Presidente da República considerou que o estado da sua saúde “é um fator positivo na ponderação” sobre uma recandidatura, mas remeteu essa decisão para outubro de 2020.

Marcelo Rebelo de Sousa cumpre o primeiro mandato como Presidente da República. Em 2016, Marcelo venceu as eleições presidenciais com 52% dos votos, tornando-se no 20.º Presidente da República portuguesa, o 5.º desde o 25 de abril de 1974. As próximas eleições presidenciais realizam-se em 2021.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governador do Rio de Janeiro acusado de fraude com hospitais de campanha

O Ministério Público brasileiro indicou ter reunido provas de que o governador do Rio de Janeiro comandou uma organização que defraudou a construção de hospitais de campanha, no âmbito do combate à covid-19. De acordo com …

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …

O Banif deixou de ser um banco em 2015, mas continua sem haver relatório obrigatório por lei

Os credores aguardam há quatro anos e meio que seja divulgado o relatório que diga qual a percentagem de recuperação a que têm direito por lei. A 20 de dezembro, completaram-se quatro anos desde que o …