Marcas de carros ameaçam subir preços devido a limites de emissão de carbono

As novas ordens de Bruxelas a partir do próximo ano impõem um limite mais baixo nas emissões de dióxido de carbono dos veículos. As fabricantes terão de se adaptar, ameaçando subir preços ou até despedir trabalhadores.

As fabricantes de automóveis estão a ameaçar subir os preços dos seus veículos devido aos novos limites de emissão de dióxido de carbono que vão ser obrigadas a cumprir a partir do próximo ano. No pior dos casos, algumas marcas ponderam retirar modelos ou até despedir trabalhadores.

Em causa está a decisão de Bruxelas que, a partir de 1 de janeiro do próximo ano, os novos carros à venda na União Europeia terão de respeitar um limite de emissões de dióxido de carbono mais baixo: 95 gramas de CO2 por quilómetro nos ligeiros de passageiros e 147 gramas de CO2 por quilómetro nos comerciais ligeiros.

De acordo com o jornal Público, tendo em conta este limite mais baixo, marcas, como a Mercedes, poderão ter de cortar gamas quase inteiras para cumprir o limite. A Mazda, por sua vez, poderá optar por acabar com algumas motorizações e há ainda fabricantes que põe em equação a suspensão de modelos ou a imposição de quotas aos concessionários.

As multas às marcas de automóveis que infrinjam o limite podem chegar aos 95 euros por cada grama por quilómetro de dióxido de carbono emitido em excesso. Os especialistas acreditam que esta medida de Bruxelas poderá fazer com que os carros elétricos ganhem especial relevância caso o preço dos veículos a gasolina e diesel subam de preço.

“Neste momento, somos considerados vigaristas“, diz Carlos Tavares, o português que lidera a PSA. “Não há aqui uma escolha. É uma pré-condição para poder estar no mercado”, acrescenta, citado pelo jornal Financial Times. Neste panorama, as empresas terão de se adaptar, podendo isto representar sérias consequências para a indústria automóvel.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. começa a sentir-se o peso dos impostos nesta palhaçada toda que as elites do NWO inventaram e que os cordeirinhos alegremente aderiram.

RESPONDER

"Não tenho o apoio de Assunção Cristas", diz João Almeida

O candidato à liderança do CDS-PP defende que o partido deve, no imediato, fortalecer-se e depois participar numa "plataforma à direita" de alternativa ao PS, com o PSD, mas sem o Chega. "A alternativa à governação …

Campanha internacional quer salvar leões subnutridos em parque no Sudão

Várias fotografias de leões subnutridos no zoo de Al-Qureshi, no Sudão, atraíram a atenção de milhares de pessoas, que tentam agora salvar os animais. O fotógrafo Ashraf Shazly encontrou cinco leões malnutridos, enjaulados e sem …

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …

Excesso de higiene está a tornar a nossa saúde mais frágil, aponta estudo

Um grupo de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) divulgou recentemente um estudo sobre a perda de diversidade da flora intestinal - também denominada como microbiota - e as consequências desta diminuição na nossa …

Tiroteio na Alemanha faz pelo menos seis mortos e vários feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas num tiroteio, esta sexta-feira, na cidade alemã de Rot am See. Um tiroteio, cujo presumível autor foi detido, fez hoje seis mortos e dois feridos graves em …