Mapa perdido não permite que a CGD recupere 18 milhões de euros

A CGD pretende executar um terreno junto ao Aeroporto Cristiano Ronaldo, na Madeira, para atenuar 18 milhões de euros de uma dívida da empresa Grão Pará. Contudo, não se sabe da localização do mapa do terreno necessário para avançar.

Sem o mapa da área do terreno de 17 hectares, localizado junto ao Aeroporto Cristiano Ronaldo, a Caixa Geral de Depósitos não consegue proceder à sua venda. A CGD pretende atenuar 18 milhões de euros de uma dívida da empresa imobiliária e construtora Grão Pará.

A notícia avançada esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios dá conta que o terreno foi dado como garantia pela empresa, mas agora o banco não o consegue executar. Isto porque é necessário o mapa da sua área, que ainda não foi disponibilizado e que ninguém parece saber onde está.

O tribunal já tinha definido uma perita para fazer a avaliação do terreno em 2018, mas o processo ainda não conseguiu avançar sem o mapa. A Grão Pará defende que tem de ser a Caixa a disponibilizar o mapa, que alega não ter sido notificada para entregar o documento.

A dívida da Grão Pará é de precisamente 18 milhões de euros e, assim sendo, a execução do terreno e a consequente venda permitiria cobrar totalmente a dívida. Segundo o Observador, a dívida em causa deve-se ao incumprimento da lei do Governo de Alberto João Jardim.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Na CGD “alguém perdeu” o mapa – e ningué pagará por isso – e obviamente a proprietária nem pensa em entregá-lo, bem guardadinho que há-de estar em alguma gaveta insuspeita. E o terreno continua a ser de sua propriedade.
    De resto, se deves 100 mil ao banco tens um problema, se deves 20 milhões ao banco, O BANCO tem um problema….

    • Verdade, verdadinha!
      Porque não há responsaveis…!
      Ah! Ah! Ah!
      Eles perderam milhões e milhões com os amigos, e por isso não foram responsabilizados.
      Iam agora ser responsabilizados porque perderam um mapa..apo

  2. Porra, logo o meu banco não perde o mapa das prestações vincendas do meu mútuo hipotecário….
    Logo agora que recebi uma comunicação da CGD que não me quer como cliente é que começa com as benesses…

  3. Ninguém perde documentos daquela natureza. A não ser que sejam altamente incompetentes, ou… Como dizia “ah”, pode estar numa gaveta…

    Vi algures, no Facebook, Uma petição a pedir pena de prisão para poíticos corruptos (aquilo que faz sempre parte das notícias), e para banqueiros criminosos. Lá assinei… É Pena, nunca dar em nada.. nem, sequer, metê-los no lixo, Como na Ucrânia, ou abatê-los, Como na China..

  4. TUDO O QUE É AFETO AO ESTADO – gestão e conservação do património, gestão empresarial e institucional, obras públicas e o próprio exercício da governação – É UMA PALHAÇADA (usando no mau sentido do termo, dada a superior dignidade e mestria dos verdadeiros artistas circenses).

  5. querem fazer todos de parvos! Um mapa? Estamos no século 13? O que necessitam é da caderneta / registo predial e pronto – a Madeira tem Cadastro Geométrico implementado – basta saber o artigo e logo um topógrafo indicará com toda a precisão onde começa e acabam as extremas, por amor de Deus! Isto nem para enganar criancinhas de 2 anos !

Responder a Eu! Cancelar resposta

EUA ponderam retirada militar total no Afeganistão, mas pedem “garantias“

Os EUA põe a hipótese de uma retirada militar no Afeganistão. Contudo, Anthony Blinken assumiu que está preocupado com a possibilidade de os taliban aproveitarem a retirada de tropas na NATO e dos Estados Unidos …

Santos Silva diz que notícia sobre “despesas supérfluas” da presidência da UE é “ridícula“

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros considera “ridícula” a notícia avançada na quinta-feira pelo jornal Politico que dava conta de “despesas supérfluas e contratos de patrocínio” durante a presidência portuguesa do Conselho da União …

UE tem de libertar-se da "má vontade" e negociar entre iguais, diz Reino Unido

A União Europeia (UE) deve libertar-se da sua má vontade e construir uma boa relação com o Reino Unido como soberanias iguais, disse no domingo o conselheiro do Governo britânico David Frost, prometendo defender os …

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançada somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …