Manuel Damásio com termo de identidade e residência, suspeito de beneficiar Veiga

(dr) RTP

Manuel Damásio, ex-presidente do Benfica

Manuel Damásio, ex-presidente do Benfica

O ex-presidente do Benfica foi detido esta quinta-feira pela PJ mas saiu em liberdade, tendo ficado apenas sujeito a termo de identidade e residência.

Na sequência da detenção durante a tarde desta quinta-feira, Manuel Damásio foi ouvido no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, tendo saído em liberdade já durante a noite.

O ex-presidente do Benfica foi detido no âmbito da operação conhecida por Rota do Atlântico, suspeito de crimes como branqueamento de capitais, tráfico de influências, prática de corrupção no comércio internacional e fraude fiscal, segundo uma nota divulgada pela Procuradoria Geral da República, citada pelo Jornal de Notícias.

O antigo dirigente ficou sujeito ao termo de identidade e residência, não podendo sair do país nem entrar em contacto com os outros arguidos, suspeitos e testemunhas do caso.

Recorde-se que o empresário José Veiga e o advogado Paulo Santana Lopes são dois dos outros arguidos nesta investigação, estando detidos desde o passado dia 8 de fevereiro.

Veiga encontra-se em prisão preventiva e o irmão do ex-primeiro ministro ficou em prisão domiciliária. O processo tem ainda como arguida a advogada Maria Barbosa, que se encontra com termo de identidade e residência.

De acordo com a notícia avançada pelo Diário de Notícias, o antigo dirigente encarnado é suspeito de utilizar a sua influência junto de decisores públicos em favor dos negócios de José Veiga, sobretudo na compra do Banco Internacional de Cabo Verde.

Segundo os dados recolhidos pelo jornal, a PJ recolheu elementos desse alegado tráfico de influências, o qual pode envolver decisores públicos e gestores de bancos – o antigo ministro Miguel Relvas poderá ser um desses nomes.

Além dos apartamentos e das viaturas de luxo, o antigo presidente do Benfica também terá facilitado a entrada de Veiga na sociedade que gere o Atlântico Estoril Residence, uma situação que terá permitido ao empresário de jogadores de futebol, através de uma offshore, branquear dinheiro.

Segundo o JN, à saída do tribunal, Damásio não quis prestar quaisquer declarações aos jornalistas. O seu advogado, Nobre Correia, disse apenas que o empresário “prestou as declarações que entendeu” e “os esclarecimentos que lhe foram solicitados pelo tribunal”.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …

"Prática comercial enganosa". NOS obrigada a retirar campanha publicitária sobre 5G

A Associação da Auto Regulação Publicitária (ARP) deu razão a uma queixa da Meo e mandou a NOS retirar uma campanha de publicidade sobre um tarifário móvel 5G por considerar que constitui "uma prática comercial …

Eleição autárquica dos EUA pode ser desempatada com moeda ao ar

Um eleição autárquica numa pequena vila no Ohio, nos Estados Unidos, pode vir a ser decidida com o lançamento de uma moeda ao ar, o famoso jogo do "cara ou coroa". De acordo com o The …

Primeiro aniversário dos Coletes Amarelos. França receia novos tumultos

O clima de tensão regressa a França, com os coletes amarelos a anunciarem a preparação de novas ações para assinalar o primeiro aniversário do início do movimento. A 17 de novembro, o movimento Coletes Amarelos assinala …

Violência leva a mais violência, alerta chefe do Governo de Hong Kong

A chefe do Governo de Hong Kong condenou a “extensa violência” que marcou o dia de greve na cidade, realçando que esta “não resolverá nada” nem fará o Governo ceder aos “apelos políticos” dos manifestantes. Carrie …

Morreu Teresa Tarouca, fadista de "Saudade, silêncio e sombra"

A fadista Teresa Tarouca morreu na madrugada desta segunda-feira, no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa, aos 77 anos, vítima de pneumonia dupla, disse à agência Lusa fonte próxima da família. O corpo de Teresa Tarouca …

Uma queda da varanda. Morreu fundador dos Capacetes Brancos que Rússia acusou de ser espião

O antigo oficial do exército britânico James Le Mesurier, um dos fundadores do movimento humanitário Capacetes Brancos que tem ajudado milhares de pessoas na Síria, foi encontrado morto perto de casa. Terá caído da varanda …

Nuno foi para a Noruega treinar uma equipa de futebol e acabou como vice-presidente da Câmara de Notodden

Nuno Marques emigrou para a Noruega há 15 anos para treinar uma equipa de futebol e acabou eleito vice-presidente da Câmara de Notodden (Leste), funções que jamais aceitaria em Portugal, onde “o principal problema da …