Manifestante desastrado “ajudou” Maduro a incendiar ajuda humanitária

Joédson Alves / EPA

O The New York Times noticiou esta terça-feira que um manifestante opositor ao Presidente venezuelano Nicolás Maduro terá provocado o incêndio que a 23 de janeiro destruiu parte da ajuda humanitária na fronteira com a Colômbia.

A investigação jornalística do diário norte-americano tem por base uma reconstrução dos acontecimentos, com base em vídeos pouco divulgados, alguns deles fornecidos pelas autoridades colombianas, feita pelos jornalistas Christoph Koettl, Deborah Acosta, Drew Jordan e Anjali Singhvi.

“Num determinado momento foi lançado um engenho explosivo caseiro, feito com uma garrafa, atirado na direção das forças de segurança que bloqueavam a ponte que une a Colômbia e a Venezuela, para impedir que os camiões de ajuda passassem (do lado colombiano para o venezuelano)”, pode ler-se no NYT.

Segundo o NYT, contudo, “o pano usado para pegar fogo ao ‘coquetel Molotov’ separou-se da garrafa, e, já em chamas, voou em direção ao camião de ajuda“.

“Uns segundos depois a gravação mostra esse camião em chamas. O mesmo manifestante é visível em outro vídeo, uns vinte minutos antes do acontecido, atingindo outro camião com um ‘coquetel Molotov’, mas sem incendiar a viatura”, pode ler-se na publicação.

“Após a chegada dos camiões, as forças de segurança venezuelanas lançaram gás lacrimogéneo [contra os manifestantes]. Alguns manifestantes responderam com pedras e ‘coquetéis Molotov’. Um deles lançou um coquetel contra as forças de segurança e, segundos depois, um dos camiões estava em chamas“, avança o diário.

O artigo está acompanhado por um vídeo, com vários momentos e ângulos do acontecimento, sendo visível o momento em que o jovem opositor, com a boca tapada, lança o engenho explosivo, que se separa em dois no ar e, segundos depois, ao fundo, surgem as chamas num dos camiões.

Esta investigação jornalística contradiz o afirmado pela oposição venezuelana e por porta-vozes dos governo norte-americano e colombiano, que responsabilizaram as forças de segurança venezuelanas pelo acontecido e o Nicolás Maduro, de ter ordenado incendiar a ajuda humanitária internacional, que se negava a autorizar que entrasse no país.

Por outro lado, o diário esclarece que o camião incendiado não tinha medicamentos como tinha sido dito e explica que uma “fonte de alto nível” da Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional garante que continha materiais como luvas e tapa-bocas.

Por outro lado, na notícia indica-se que a “23 de fevereiro, quatro camiões com ajuda humanitária chegaram a Cúcuta, Colômbia, na fronteira com a Venezuela”, onde “as manifestações ficaram violentas e parte da ajuda humanitária foi incendiada durante os confrontos”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Olha que título tão esclarecedor… O manifestante ajudou Maduro a incendiar? A sério? Onde é que está escrito que o Governo da Venezuela ia incendiar o que quer que fosse? Pelo que se vê este opositor incendiou um camião e atirou um cocktail molotov contra outro (que não se terá incendiado). Donde pelo menos dois camiões foram atingidos pela própria oposição tendo um deles ardido e dos outros não se sabe. Agora do Maduro sabe-se que não incendiou nenhum.

  2. Aos poucos vamos sabendo as verdades. E aqueles aqui que escreveram que nao, nao, foi o sanguinario, o ditador, o malvado do maduro que incendiou os camioes, o que será que eles agora vão dizer???? Terão a decencia e a honestidade intelectual de dar a mao à palmatoria e reconhecer os ataques infundados ao governo de maduro??? Vou esperar sentado. Por outro lado também sabemos agora que afinal o apagao foi obra dos eua articulado com o impostor do guaido. Nao, nao me venham dizer que nao é verdade, aqueles que disserem isso, são novamente desonestos e mal informados. Eu até podia indicar onde isso aparece escrito, mas era fail de mais, PROCUREM. Ah, é verdade, nap procurem na imprensa nacional, que essa nao noticia essas novidades, porque nao convém, o convém é manter os leitores desinformados e nao esclarecidos. Procurem na internacional, e nao será dificil. Conclusao: Afinal até parece que o maduro é um santinho, certo??? O puzzle vai-se compondo e estamos a ficar a saber quem afinal são os criminosos. Eu nunca, por nunca, tive duvidas que o apagao foi um atentado terrorista efectuado pelos eua, nunca, tenho dedinho que nunca falha. E depois maduro era mesmo um asno, um grande burro se fosse o autor do apagão, era um autentico tiro no pé e dar armas de arremeso a quem o contesta.

    • co·que·tel
      (inglês cocktail, de cock, galo + tail, cauda, rabo)
      substantivo masculino

      1. Mistura de duas ou mais bebidas, geralmente alcoólicas, às quais se pode juntar sumos de frutas, natas ou outros ingredientes.Ver imagem

      2. Reunião social ou festa em que se servem bebidas e comida ligeira.

      3. Mistura de coisas diferentes.

      coquetel molotov
      • Garrafa enchida com gasolina ou outra substância inflamável, usada como explosivo artesanal.
      Plural: coquetéis.

      “coquetel”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/coquetel [consultado em 15-03-2019].

RESPONDER

Teegarden B e C. Descobertos mais dois planetas que podem albergar vida

Cientistas de vários países identificaram mais dois planetas que consideram poder albergar vida, com climas temperados, semelhantes à Terra e que podem conter água líquida à superfície. A equipa da universidade alemã de Göttingen utilizou vários …

Ministério Público abre investigação a Juan Guaidó por corrupção

O Ministério Público da Venezuela anunciou a abertura de uma investigação penal contra Juan Guaidó por suspeita de corrupção relacionada com fundos para assistência a cidadãos venezuelanos na Colômbia. O anúncio foi pelo procurador-geral designado pela …

Cientistas descobrem no veneno de escorpião antibiótico contra tuberculose

Químicos no veneno podem combater estirpes resistentes da tuberculose e a bactéria causadora da pneumonia e septicemia. Veneno pode ainda travar o crescimento de células cancerígenas. Cientistas descobriram no veneno de escorpião antibióticos contra a tuberculose …

Câmara de Lisboa já cobrou 17 mil euros por trotinetas mal-estacionadas

A Polícia Municipal de Lisboa cobrou 17.145 euros em coimas por trotinetas mal-estacionadas, entre fevereiro e o início de junho, tendo removido 1.820 veículos do centro da cidade nos últimos cinco meses. "A verificação das infrações …

Berardo mostra-se "incrédulo com falta de memória" de Constâncio

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP) disse, esta terça-feira, que Joe Berardo mentiu no Parlamento sobre alegadas reuniões entre ambos. O empresário, por sua vez, mostra-se "incrédulo com a sua falta de memória". "Tudo isso é …

Marcelo diz que foi "sensato" não incluir pergunta sobre origem étnico-racial no Censos 2021

O Presidente da República considerou que foi uma decisão sensata não incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, face ao debate gerado, embora a ideia fosse boa. "Acho que foi uma …

Esfinge gigante de Ramsés II vê a luz do dia ao fim de quase 100 anos

https://vimeo.com/343091742 Uma enorme esfinge do faraó egípcio Ramsés II viu finalmente a luz do dia, no passado dia 12 de junho, depois de ter sido recolocada através de um sistema monumental que a fez "flutuar" pelo …

Vai baixar o custo das chamadas para números começados por 707 e 708

A Anacom anunciou uma descida de 48% no preço máximo das chamadas de telemóvel para números começados por 707 e 708, e de 10% para telefone fixo. A decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) de baixar os …

PSG abre a porta a Neymar (e o Barcelona não a fecha)

Depois de o eventual regresso de Neymar ao Barcelona ecoar na imprensa desportiva, o presidente do Paris Saint Germain, Nasser Al-Khelaifi quebrou o silêncio sobre o jogador brasileiro. Em entrevista à France Football, o presidente …

“Explosão suspeita” entre China e Coreia do Norte causou um sismo

Os serviços sismológicos chineses registaram um sismo de 1,3 graus de magnitude na escala de Richter às 19h38 locais (12h38 em Lisboa), na cidade chinesa de Hunchun, causado por uma “explosão suspeita”, disseram as autoridades …