Malásia detém segunda mulher suspeita do homicídio de meio-irmão de Kim Jong-un

Yonhap / EPA

Kim Jong-nam, meio-irmão do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

A polícia da Malásia confirmou esta quinta-feira que deteve uma segunda mulher presumivelmente ligada ao assassínio, na segunda-feira, em Kuala Lumpur, de Kim Jong-nam, meio-irmão do líder da Coreia do Norte.

A suspeita foi identificada com o nome Siti Aishah, de nacionalidade indonésia e nascida a 11 de fevereiro de 1992. O inspetor-geral da polícia, Khalid Abu Bakar, pediu aos meios de comunicação para esperarem pela divulgação de mais informações sobre a detenção relacionada com o homicídio de Kim Jong-nam.

A polícia malaia anunciou na quarta-feira ter detido uma primeira mulher suspeita de envolvimento no caso, a qual tinha na sua posse um passaporte vietnamita, no qual constava o nome Doan Thi Huong e a data de nascimento de 31 de maio de 1988.

Imagens das câmaras de vigilância divulgadas pelos meios de comunicação malaios mostraram a asiática indicada como uma das suspeitas com um top branco com as letras LOL. Essa mulher, segundo os meios de comunicação locais, foi presa no aeroporto e estaria a tentar sair da Malásia, com destino ao Vietname, quando foi travada pela polícia.

A polícia da Malásia anunciou ainda que foi detido um terceiro suspeito, Abdul Samah, que será namorado de uma das duas mulheres presas anteriormente.

Kim Jong-nam usava passaportes falsos para viajar

O meio-irmão do líder da Coreia do Norte estava exilado em Macau há mais de 15 anos, altura em que chegou a ter um passaporte português falso para viajar.

Quando foi atacado com um spray que o terá envenenado, as autoridades malaias identificaram-no como Kim Chol, nascido em Pyongyang em junho de 1970, conforme os documentos de viagem falsos encontrados na sua posse.

No entanto, a Coreia do Sul adiantou quase depois ter a certeza de que se tratava de Kim Jong-Nam e hoje foi a vez da Malásia, onde morreu, confirmar que se trata então do meio-irmão mais velho do líder da Coreia do Norte.

Malásia vai entregar corpo do meio-irmão do líder norte-coreano a Pyongyang

A Malásia vai entregar à Coreia do Norte o corpo de Kim Jong-Nam, meio-irmão do líder da norte-coreano, a pedido Pyongyang, apesar de ainda haver “procedimentos a seguir”, afirmou esta quinta-feira o vice-primeiro-ministro malaio.

“Vamos facilitar o pedido por qualquer governo estrangeiro, apesar de haver procedimentos que têm de ser seguidos. A nossa política é a de que temos de honrar as nossas relações bilaterais com qualquer país estrangeiro”, disse Ahmad Zahid Hamidi, após confirmar um pedido por parte da Coreia do Norte nesse sentido.

Kim Jong-Nam, filho mais velho do falecido líder da Coreia do Norte Kim Jong-Il, que estaria a aguardar um voo para Macau, foi assassinado na segunda-feira no aeroporto de Kuala Lumpur, alegadamente por duas mulheres.

“Ele tinha dois documentos de identificação diferentes, provavelmente um falso documento e um passaporte verdadeiro”, afirmou o vice-primeiro-ministro malaio, qualificando de “especulação” as informações de que o regime norte-coreano está por detrás da morte de Kim Jong-Nam.

O corpo de Kim Jong-nam encontra-se desde quarta-feira no Hospital Geral de Kuala Lumpur para a realização da autópsia, mas ainda não foram divulgados publicamente informações, nomeadamente sobre as causas da morte.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …

Oposição critica Governo de El Salvador por usar a covid-19 para limitar manifestações

Na quarta-feira, a Assembleia Legislativa de El Salvador aprovou um decreto que proíbe reuniões públicas e privadas que não estejam relacionadas com as artes, cultura ou desporto até 8 de dezembro. Segundo a Vice, apesar de …

Portugal com mais 883 casos confirmados e quatro mortes

Portugal regista hoje mais 883 casos confirmados de covid-19 e quatro óbitos pela doença, assim como 729 pessoas recuperadas e menos internamentos em enfermaria e unidades de cuidados intensivos, de acordo com o boletim diário. Segundo …

Um boneco do Super-Homem a voar

Indianos declaram "guerra" ao Super-Homem e à Mulher-Maravilha

Injustice, o último filme de animação da DC Comics, deixou alguns indianos muito perto de um ataque de fúria. Cenas em que o Super-Homem e a Mulher-Maravilha surgem a lutar contra militares indianos e a …