Mais de 250 baleias mortas em tradicional massacre nas ilhas Faroé

O mar encheu-se de vermelho depois de uma tradição das Ilhas Faroé, na Dinamarca, ter provocado a morte de 250 baleias nas praias do arquipélago.

Mais de 250 baleias-piloto foram perseguidas por barcos até à praia, onde foram encurraladas e mortas com arpões e facas pelos habitantes locais enquanto dezenas de pessoas assistiam, incluindo crianças.

O massacre é um ritual realizado há centenas de anos Ilhas Faroé, conhecido por “grindadráp“, e foi mostrado a semana passada pela ONG ambientalista Sea Shepherd Global nas redes sociais. Sete ambientalistas foram detidos por tentar impedir a tradicional matança.

Nas imagens divulgadas pelos ativistas é possível ver o sangue dos mamíferos a manchar de vermelho as águas nas praias de Bøur e Tórshavn.

Embora a pesca da baleia seja proibida na Dinamarca, esta é permitida nas ilhas Faroé. O evento está legalizado pelas autoridades e conta com o apoio da marinha dinamarquesa.

Os pescadores do arquipélago alimentam-se da carne de baleia e usam a sua banha para vários produtos. As baleias-piloto não correm risco de extinção, mas o nível de brutalidade chocou os utilizadores das redes sociais.

Wyanda Lublink, capitã do navio da Sea Shepherd “Brigitte Bardot”, critica a presença de navios da marinha dinamarquesa no evento.

“É incompreensível que a Dinamarca, um país membro da União Europeia que luta contra este tipo de prática e sujeita a leis de proibição da matança de cetáceos, consiga justificar a sua colaboração neste massacre”, afirmou.

ZAP

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. São as baleias, é a integridade do estado ucraniano, são as crianças carne para canhão e o próprio e.i. o que se passa às portas da Turquia… E os “américas” que se danem porque a Europa está preocupada com 500 mil milhões “dados” aos gregos sem quaisquer reformas de vulto depois de 3 resgates que eles próprios solicitaram…Cantando e rindo lá vai a esqª bloquista dos putos de aviário com os europeus a olhar pela sua “qualidade de vida”

  2. Tradição?…isto é a degradação do ser humano, os vickings (dinamarqueses) sempre foram assassinos, isto nem parece real, é triste demais, sinceramente!!!!!!!!!!!

  3. Barbaridade autêntica é o que é e a prova de que riqueza não é prova de civismo também é mais do que verdade portanto os dinamarqueses que se retratem e reconheçam as suas fragilidades é o melhor que têm a fazer em pleno século XXI.

  4. Estupides e argumentos absurdos isso sim são as desculpas dadas por govermos que continuam a defender este tipo de práticas bárbaras.

  5. Há povos que (infelizmente), ainda continuam a viver num estádio de barbárie. Mais uma vez se constata, como o homem é o principal destruidor da Obra do Criador. Mata pelo prazer de matar, destrói pelo prazer de destruir…Com são bem superiores a nós, os animais ditos (irracionais???!!!)

    • Faço tuas, as minhas palavras…
      Isto tem se verificado em todo o mundo com os animais mais diversos…
      Não há respeito por nada nem ninguém.
      E o pior, quem respeita a natureza e tudo o que nela habita, não consegue fazer nada!
      Já assinei milhares de petições, e nada muda!

  6. Junto as minhas palavras às do jorge calmeiro, já não chega destruir a natureza, agora viram-se para a vida animal, sem palavras, cumprimentos

  7. “Embora a pesca da baleia seja proibida na Dinamarca, esta é permitida nas ilhas Faroé”. Agora, a mesma frase com alterações mas com a mesma carga de verdade e perplexidade: Embora os touros de morte sejam proibidos em Portugal, eles são permitidos em Barrancos.

RESPONDER

O cometa interestelar pode ser "assassinado" antes de chegar à Terra

Um visitante interestelar, que está a atravessar o nosso Sistema Solar, pode estar próximo de "morrer", uma vez que provavelmente se desintegrará ao aproximar-se do Sol. Os cientistas estão a acompanhar cada movimento do cometa, que …

Duas bonecas da NASA vão voar em redor da Lua para serem atingidas por radiação

Em 2020, quando a NASA lançar a nave Orion como parte da missão Artemis I - a primeira de uma série de missões que levarão a primeira mulher e o próximo homem a pousar na …

"Pontos quentes de radiação" detetados perto da zona olímpica de Fukushima

A Greenpeace disse esta quarta-feira que detetou "pontos quentes" de radiação perto do local partida do próximo lançamento da chama olímpica pelo Japão, escreve o jornal britânico The Guardian. A organização ambientalista diz que detetou …

Tubarões reúnem-se todos os anos em Israel (e não se sabe porquê)

Um grupo de investigadores iniciou a quinta temporada de um estudo de um fenómeno incomum: uma concentração de tubarões num lugar na costa mediterrânea de Israel. Os funcionários da Estação de Investigação Mrina Morris Kahn, da …

Casa Pia 0-3 FC Porto | Jogo desbloqueado na segunda parte

O FC Porto venceu hoje o Casa Pia por 3-0, na segunda jornada do Grupo D da Taça da Liga, mas precisou de 50 minutos para fazer o primeiro golo ao penúltimo classificado da II …

Quanto vale a vida do seu cão (e a importância que isso tem)

Quanto vale a vida do seu cão? A resposta a esta pergunta pode ser mais importante do que aquilo que pensa e pode mudar drasticamente o preço que pagamos pela sua saúde e bem-estar. Os norte-americanos …

Asteróide passará esta sexta-feira pela Terra a 27.000 km/hora

Um asteróide de grandes dimensões passará pela Terra, atingindo o seu ponto mais próximo do nosso planeta esta sexta-feira, dia 6 de dezembro. O corpo celeste, importa frisar, não representa qualquer perigo para o Homem. …

Banco de França vai testar moeda digital em 2020

O governador do Banco de França anunciou na quarta-feira o lançamento de testes no próximo ano para uma moeda digital, que pode servir de precedente para uma iniciativa do mesmo tipo à escala da zona …

Atlético de Madrid na corrida por Gabigol

O Atlético de Madrid entrou na corrida pela contratação de Gabigol, o artilheiro que está ao serviço do Flamengo por empréstimo do Inter de Milão. A notícia é avançada pelo jornal italiano Gazzetta Dello Sport, …

Australiana condenada a prisão por ter mentido no currículo

Uma australiana de 45 anos foi condenada a um ano de prisão efetiva por ter mentido no seu currículo para conseguir uma vaga no Governo regional, conta esta quinta-feira a ABC Australia. Veronica Hilda Theriault foi …