Mais de 250 baleias mortas em tradicional massacre nas ilhas Faroé

O mar encheu-se de vermelho depois de uma tradição das Ilhas Faroé, na Dinamarca, ter provocado a morte de 250 baleias nas praias do arquipélago.

Mais de 250 baleias-piloto foram perseguidas por barcos até à praia, onde foram encurraladas e mortas com arpões e facas pelos habitantes locais enquanto dezenas de pessoas assistiam, incluindo crianças.

O massacre é um ritual realizado há centenas de anos Ilhas Faroé, conhecido por “grindadráp“, e foi mostrado a semana passada pela ONG ambientalista Sea Shepherd Global nas redes sociais. Sete ambientalistas foram detidos por tentar impedir a tradicional matança.

Nas imagens divulgadas pelos ativistas é possível ver o sangue dos mamíferos a manchar de vermelho as águas nas praias de Bøur e Tórshavn.

Embora a pesca da baleia seja proibida na Dinamarca, esta é permitida nas ilhas Faroé. O evento está legalizado pelas autoridades e conta com o apoio da marinha dinamarquesa.

Os pescadores do arquipélago alimentam-se da carne de baleia e usam a sua banha para vários produtos. As baleias-piloto não correm risco de extinção, mas o nível de brutalidade chocou os utilizadores das redes sociais.

Wyanda Lublink, capitã do navio da Sea Shepherd “Brigitte Bardot”, critica a presença de navios da marinha dinamarquesa no evento.

“É incompreensível que a Dinamarca, um país membro da União Europeia que luta contra este tipo de prática e sujeita a leis de proibição da matança de cetáceos, consiga justificar a sua colaboração neste massacre”, afirmou.

ZAP

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. São as baleias, é a integridade do estado ucraniano, são as crianças carne para canhão e o próprio e.i. o que se passa às portas da Turquia… E os “américas” que se danem porque a Europa está preocupada com 500 mil milhões “dados” aos gregos sem quaisquer reformas de vulto depois de 3 resgates que eles próprios solicitaram…Cantando e rindo lá vai a esqª bloquista dos putos de aviário com os europeus a olhar pela sua “qualidade de vida”

  2. Tradição?…isto é a degradação do ser humano, os vickings (dinamarqueses) sempre foram assassinos, isto nem parece real, é triste demais, sinceramente!!!!!!!!!!!

  3. Barbaridade autêntica é o que é e a prova de que riqueza não é prova de civismo também é mais do que verdade portanto os dinamarqueses que se retratem e reconheçam as suas fragilidades é o melhor que têm a fazer em pleno século XXI.

  4. Estupides e argumentos absurdos isso sim são as desculpas dadas por govermos que continuam a defender este tipo de práticas bárbaras.

  5. Há povos que (infelizmente), ainda continuam a viver num estádio de barbárie. Mais uma vez se constata, como o homem é o principal destruidor da Obra do Criador. Mata pelo prazer de matar, destrói pelo prazer de destruir…Com são bem superiores a nós, os animais ditos (irracionais???!!!)

    • Faço tuas, as minhas palavras…
      Isto tem se verificado em todo o mundo com os animais mais diversos…
      Não há respeito por nada nem ninguém.
      E o pior, quem respeita a natureza e tudo o que nela habita, não consegue fazer nada!
      Já assinei milhares de petições, e nada muda!

  6. Junto as minhas palavras às do jorge calmeiro, já não chega destruir a natureza, agora viram-se para a vida animal, sem palavras, cumprimentos

  7. “Embora a pesca da baleia seja proibida na Dinamarca, esta é permitida nas ilhas Faroé”. Agora, a mesma frase com alterações mas com a mesma carga de verdade e perplexidade: Embora os touros de morte sejam proibidos em Portugal, eles são permitidos em Barrancos.

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …