Condenado à morte, um dos maiores lagos salgados do mundo está agora a renascer

Um dos maiores lagos salgados do mundo, o Lago Urmia, no Irão, estava a morrer. Porém, contra todas as possibilidades, o vasto corpo de água está a voltar à vida.

Uma combinação de esforços feitos pelo Homem e chuvas mais intensas nos últimos anos está “lentamente, mas com certeza, a ressuscitar o que já foi o segundo maior lago de água salgada do mundo”, disse Claudio Providas, Representante Residente no Irão do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que está envolvido num projeto para salvar o lago, em declarações à Forbes.

Urmia tinha sido atingida por uma seca, um número cada vez maior de barragens e o uso excessivo de de fontes de água subterrânea e rios pelos agricultores locais.

O lago começou a recuar em meados dos anos 2000 e, em 2014, tinha encolhido para uma fração do seu tamanho anterior, com relatos de que continha apenas 500 milhões de metros cúbicos de água, em comparação com 30 mil milhões de metros cúbicos anteriores.

Imagens de satélite mostravam um corpo de água que tinha recuado para uma bacia rasa ao norte de uma ponte que já tinha bifurcado o lago, deixando a porção sul praticamente seca.

O Irão estava a enfrentar um desastre ambiental semelhante ao que aconteceu com o Mar de Aral, na Ásia Central. Estima-se que seis mil milhões de toneladas de sal e poeira ameaçavam soprar ao redor da área circundante, devastando terras agrícolas e apresentando riscos à saúde da população local.

O programa para salvar o lago começou em 2013. Na época, a superfície de Urmia cobria apenas 500 quilómetros quadrados, uma fração dos 5.000 quilómetros quadrados no seu auge. Em 2017, já tinha expandido para 2.300 quilómetros quadrados e, de acordo com as informações mais recentes da estação de monitorização do Lago Urmia, estava em 3.134 quilómetros quadrados em abril.

A superfície do lago está agora a 1.271,75 metros acima do nível do mar, tendo aumentado 0,3 metros no ano passado e 1,7 m desde 2014.

As agências de media iranianas comemoraram o progresso com vários relatórios nas últimas semanas. As autoridades estão dispostas a advogar os ganhos que foram alcançados, até porque o país passou por vários momentos maus nos últimos anos, desde movimentos de protesto brutalmente reprimidos; uma economia em tropeço atingida duramente por sanções, preços de petróleo em queda; e um dos piores surtos mundiais de covid-19.

No entanto, ainda há um longo caminho a percorrer para o lago. A meta é atingir um nível de água de pouco mais de 1.274 metros, algo que “ainda requer esforços substanciais”.

“Em relação à biodiversidade do lago, há sinais de esperança“, disse Providas, acrescentando que o camarão da salmoura, que desapareceu do ecossistema do lago devido à alta salinidade, está a voltar. O número de aves aquáticas como flamingos também aumentou de quatro mil durante o pior período para 60 mil no ano passado.

Resgatar o lago tem sido um esforço internacional. Os ministérios do governo iraniano e o Programa de Restauração do Lago Urmia foram apoiados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). As comunidades locais também foram fortemente envolvidas e o governo japonês contribuiu com quase sete milhões de dólares (6,4 milhões de euros). A imprensa local sugere que mais de mil milhões foram gastos no projeto no total.

Um elemento crítico para o projeto envolveu convencer os agricultores a mudar as suas práticas. Até ao momento, houve uma redução de 35% no uso de água pelas quintas locais e uma redução de 40% no uso de pesticidas tradicionais. Além disso, foi removido o lodo dos rios locais que alimentam o lago e mais água foi libertada das barragens próximas.

As “condições climáticas favoráveis ​​também aceleraram o processo de restauração do lago”. A província do Azerbaijão Ocidental sofreu 20% mais chuva no ano passado do que a média de longo prazo. No ano passado, foi 71% superior à norma.

O ambiente de melhoria está a ajudar as novas indústrias a criar raízes, o que pode ser um fator chave para garantir que o progresso alcançado nos últimos anos não seja perdido no futuro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …

Astrónomo do Instituto SETI garante que vamos encontrar extraterrestres até 2036

Seth Shostak, astrónomo e astrofísico do Instituto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) está convencido de que os humanos vão encontrar uma civilização extraterrestre inteligente até 2036. “O SETI duplica a velocidade aproximadamente a cada dois anos …

Mais leve e elegante. Assim é a nova e-bike que vai chegar às ruas da Europa

A startup Urban Cycles Oy, com sede em Helsínquia, demarcou uma espécie de lacuna no mercado europeu de bicicletas elétricas e por isso quis preenchê-la. O objetivo era produzir uma bicicleta elegante e mais leve. Um …

Incêndio reduz a maior ilha de areia do mundo a metade. É Património da Humanidade

Quase metade de Fraser, a maior ilha de areia do mundo, que se situa no nordeste da Austrália e foi classificada como Património da Humanidade pela UNESCO, foi destruída por um incêndio florestal. O incêndio queimou …

"Toca de bruxaria" permaneceu até agora numa casa do século XVI. Encontrados crânios de cavalo e veneno

Uma casa cheia de objetos ocultos foi recentemente alvo de grande interesse. O espaço estava localizado dentro de numa casa do século XVI no País de Gales, e encontrava-se repleto de objetos ocultos, incluindo crânios …

Em 1843, o primeiro cartão de Natal foi considerado "escandaloso" (agora vai ser leiloado pela Christie)

Um exemplar do primeiro cartão de Natal impresso comercialmente, em 1843, que retratava uma cena da era vitoriana que escandalizou a população, vai ser posto à venda esta sexta-feira e é considerado um item raríssimo. Este …

Marcelo quer alívio de restrições no Natal sem pôr em xeque janeiro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira esperar que a "possível exceção" no Natal ao quadro de restrições para conter a covid-19 "seja bem entendida e bem vivida" e não provoque …

Bill Gates diz que o mundo estará de volta à normalidade já na primavera de 2021

Bill Gates, que desde 2015 tinha vindo a lançar alguns alertas sobre uma possível pandemia, deixou agora uma mensagem de esperança ao dizer que acredita que os EUA irão voltar ao normal na primavera de …

Mais um passo na hegemonia. China constrói aldeia nos Himalaias, em zona também disputada pela Índia e pelo Butão

Novas imagens de satélite mostram que a China construiu uma aldeia nos Himalaias, ao longo de uma fronteira que também é disputada pela Índia e pelo Butão, e que foi palco de um impasse agressivo …

João Félix eleito jogador do mês da liga espanhola. Ronaldo vence prémio em Itália

O português João Félix, do Atlético de Madrid, foi eleito o melhor jogador da Liga espanhola de futebol do mês de novembro. O luso revelou-se uma peça fundamental durante todo o mês e ajudou a equipa …