Irão vive a instabilidade política mais mortífera das últimas quatro décadas

STR / EPA

O que começou por ser um protesto contra um aumento surpresa nos preços da gasolina transformou-se rapidamente em manifestações generalizadas, com uma repressão sistemática.

Em apenas quatro dias, entre 180 e 450 pessoas morreram em protestos que começaram há duas semanas após o aumento abrupto dos preços da gasolina. Este domingo, o norte-americano The New York Times escreveu que o Irão enfrenta atualmente a instabilidade política mais mortífera desde a Revolução Islâmica há 40 anos.

O gatilho dos protestos foi o aumento abrupto de 50% ou mais dos preços da gasolina. Desde então, os manifestantes pedem o fim do Governo da República Islâmica e o derrube dos seus líderes.

De acordo com o Expresso, os protestos têm sido reprimidos com violência pelas autoridades e só agora, após o levantamento recente de um corte da Internet, começam a surgir detalhes sobre a repressão. As forças de segurança terão aberto fogo contra manifestantes desarmados, na sua maioria desempregados ou jovens de baixos rendimentos, segundo relatos de várias testemunhas.

Omid Memarian, vice-diretor do Centro de Direitos Humanos no Irão, um grupo estabelecido em Nova Iorque, disse que “o uso recente de força letal contra pessoas em todo o país não tem precedentes, nem mesmo para a República Islâmica e o seu histórico de violência”.

O número de mortos não é certo, mas sabe-se que poderá ter variado entre as duas centenas e o meio milhar, havendo pelo menos dois mil feridos e sete mil detidos a registar.

O líder supremo, o ayatollah Ali Khamenei, considerou a repressão uma resposta justificada ao que apelidou de conspiração dos inimigos do Irão, dentro e fora do país.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O fanatismo no Irão vai acabar. Nem sempre foi assim e nem será sempre assim. Existe uma cultura urbana jovem em cidades como Teerão que demonstram bem uma total intolerância com o atual regime. Acho que tem os dias contados. Pode não ser desta mas, mais tarde ou mais cedo, vamos voltar a ter um Irão pré-Khomeini

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …