/

Maior incêndio florestal de sempre na Califórnia já destruiu cerca de 900 casas

O maior incêndio florestal individual registado até hoje na Califórnia continua a destruir áreas florestais, enquanto os bombeiros procuram proteger comunidades rurais, onde já ficaram destruídas cerca de 900 casas.

Aviões de combate aos incêndios juntaram-se esta semana aos quase seis mil bombeiros que estão no terreno, tirando partido de melhores condições de visibilidade nalgumas frentes do incêndio Dixie, que já dura há um mês.

“A possibilidade de voar ou não depende muito de onde se encontra o fumo. Em algumas zonas, há muito fumo no céu”, destacou o porta-voz do Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia (Cal Fire), Edwin Zuniga.

Queimando árvores, arbustos e folhagem seca, o incêndio destruiu, até terça-feira, quase 900 casas e outras infraestruturas.

Grande parte da pequena comunidade de Greenville foi varrida pelas chamas, na semana passada. No entanto, os relatórios estão “sujeitos a mudanças” porque as equipas de avaliação ainda não conseguem entrar em muitas áreas para averiguar o que foi afetado pelas chamas, salientou Edwin Zuniga.

O Dixie, batizado com o nome da estrada onde começou, também já ameaçou 14 mil edifícios em várias comunidades rurais a norte de Sierra Nevada.

As organizações de socorro já cortaram milhares de hectares de novas linhas de fogo, com o objetivo de evitar que o incêndio se expanda.

As temperaturas devem subir e a humidade relativa baixar nos próximos dias, juntamente com o vento forte esperado durante as tardes, alertou na segunda-feira o meteorologista Rich Thompson.

O incêndio, que teve início a 14 de julho, já atingiu uma área de 1.973 quilómetros quadrados e foi apenas contido em 25%, segundo o Cal Fire. Este incêndio tem metade do tamanho daquele que ocorreu em 2020 na Califórnia, que surgiu de uma série de fogos em separado causados por raios e que foram combatidos em conjunto, sendo considerado pelas autoridades o maior já registado.

O governador Gavin Newsom declarou na terça-feira o estado de emergência para os condados do norte da Califórnia de Shasta, Trinity e Tehama. Esta declaração liberta recursos do Estado para ajudar no combate aos incêndios nestes municípios e dar assistência aos habitantes afetados.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.