Mãe das crianças de Caxias fica em prisão preventiva, pai nega tudo

(dr) João Miguel Rodrigues / CM

-

A mulher suspeita do homicídio das duas filhas na praia de Caxias, em Oeiras, ficou em prisão preventiva depois do primeiro interrogatório judicial, determinou o Tribunal de Cascais.

A decisão foi lida por um funcionário judicial à porta da instituição.

“Os autos indiciam suficientemente a prática de dois crimes de homicídio qualificado, isto não obstante o corpo da menor Samira ainda não ter sido encontrado até ao momento”, afirmou, referindo-se à menina mais velha. As autoridades têm referido que a criança tem quatro anos, mas, segundo o funcionário, tem três.

Apesar de a menina ainda não ter sido encontrada, o tribunal assumiu que a arguida deverá também responder pelo crime de homicídio qualificado desta filha.

O tribunal atendeu “à circunstância de os factos já terem ocorrido há dois dias, de estarmos em plena estação de inverno, sendo que o tempo que se tem sentido nos últimos dias tem sido frio intenso e temperatura de águas baixas”, referiu.

De acordo com a Polícia Judiciária, a mulher, de 37 anos, é suspeita de dois crimes de homicídio cometidos ao início da noite da passada segunda-feira na praia de Caxias, no rio Tejo.

A detida, que estava internada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, foi ouvida entre as 17:30 e perto das 20:00 no Tribunal de Cascais, concelho vizinho ao de Oeiras.

Segundo o DN, Sónia Lima recolheu ontem à noite como presa preventiva para o hospital prisional de Caxias, onde estará em observação por apresentar um quadro depressivo.

O alerta para o desaparecimento das duas crianças – a mais nova de 19 meses – foi dado por uma testemunha que viu a mulher sair da água, em pânico e em avançado estado de hipotermia, a afirmar que as suas duas filhas estavam dentro de água.

A criança de 19 meses foi resgatada e alvo de tentativa de reanimação, sem sucesso, enquanto a irmã continua desaparecida.

As buscas foram retomadas esta quinta-feira às 07:30 e existe a possibilidade de o corpo já se encontrar no mar, segundo revelou o comandante Malaquias Domingues à agência Lusa.

O comandante sublinha que hoje “não será o último dia de buscas” mas que ao final do dia, passadas 72 horas sobre os acontecimentos, irá fazer uma nova reavaliação do dispositivo e das áreas das buscas.

Pai das crianças nega acusações

O pai das crianças já negou as acusações da ex-companheira de violência doméstica e abuso sexual das menores, avança o Diário de Notícias.

“Nego, com todas as forças que ainda me restam todas as barbaridades que estão sendo veiculados em alguma da comunicação social relativas à minha pessoa”, pode ler-se no comunicado enviado para as redações.

Na mesma nota, o pai das meninas acusa ainda a APAV, CPCJ e o Tribunal de Família e Menores de não lhe darem ouvidos.

“Pedi auxílio às instituições APAV, CPCJ e Tribunal de Família e Menores que não quiseram ouvir-me, pessoalmente ou através dos meus advogados, nem nunca me procuraram”, acrescenta.

Fonte da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco da Amadora adiantou na terça-feira que a família estava sinalizada e que a mulher já tinha apresentado queixa em novembro na polícia por violência doméstica e suspeita de abusos sobre as meninas por parte do pai.

Ainda de acordo com o DN, os médicos não terão conseguido detetar indícios de abuso sexual quando Sónia Lima levou as crianças ao hospital mas aconselharam-na a dirigir-se às autoridades.

Já a acusação de violência doméstica que apresentou foi considerada pela PSP e pela APAV  como um caso de “risco elevado”. Foi proposto o afastamento do alegado agressor e a tele-assistência, um sistema também conhecido por “botão de pânico” que as vítimas usam quando estão em perigo ou precisam de falar com um psicólogo.

Fonte do Ministério Público disse ao mesmo jornal que estava a ser elaborado “um plano de segurança”, mas o sistema ainda não fora aplicado.

ZAP / Bom Dia

PARTILHAR

RESPONDER

Itália com menor número diário de mortes em 15 dias. Nos EUA, a crise compara-se ao 11 de setembro

No dia em que Itália registou o menor número de óbitos por covid-19 em duas semanas, os Estados Unidos registaram 1.200 mortos. O cirurgião geral do país compara a crise a Pearl Harbor e ao 11 …

Substituição de Carlos Costa em contra-relógio. E já há nomes para "render" Centeno

O jornal Público escreve esta segunda-feira que a substituição de Carlos Costa no Banco de Portugal (BdP) está a ser feita em "contra-relógio", uma vez que seu mandato como governador termina dentro de dois meses …

Pedrinho jogava futsal e agora tenta "agarrar um pouco do que Messi faz" no futebol

Pedrinho vê Messi como o seu ídolo no futebol e diz que tenta replicar um pouco daquilo que o argentino faz em campo. O jovem brasileiro assume ainda que assinar pelo Benfica foi "uma decisão …

Com 400 mortes, Suécia prepara-se para mudar de estratégia e aplicar medidas restritivas

A Suécia pode estar prestes a mudar a sua estratégia para combater a pandemia-de covid-19 e a aplicar medidas restritivas para conter o vírus, no momento em que regista mais de 6.800 casos positivos e …

Temido admite uso generalizado de máscaras contra a covid-19

A ministra da Saúde anunciou, em entrevista à RTP1, que a Direção-geral da Saúde pediu um parecer sobre o uso generalizado de máscaras para evitar a propagação do Covid-19, tendo sido aconselhada a equacionar a …

Disputa sobre os nossos ancestrais resolvida pela evidência genética mais antiga de sempre

Informações genéticas de um fóssil humano com 800 mil anos foram recuperadas pela primeira vez. Os resultados esclarecem uma das ramificações da nossa árvore genealógica. A evidência genética foi retirada de um dente pertencente a um …

"Claramente abusivo". Isabel dos Santos contesta arresto de ações da NOS

As empresas da empresária angolana Isabel dos Santos que, em conjunto com a Sonaecom, controlam a maioria do capital da operadora NOS, consideraram que o arresto das suas participações na empresa é “abusivo” e “excessivo”. A …

Boris Johnson hospitalizado para fazer mais exames à covid-19

O primeiro-ministro britânico, que deu positivo para o novo coronavírus há dez dias, foi hospitalizado, este domingo, para novos exames. "A conselho do seu médico, o primeiro-ministro foi internado no hospital para exames esta noite", indicou …

Mistura de nanopartículas carregadas pode ser o cocktail fatal das células cancerígenas

Uma equipa de investigadores da Coreia do Sul descobriu que podem dar um golpe fatal nas células cancerígenas com uma cuidadosa mistura de nanopartículas carregadas. Os lisossomas são os caixotes do lixo das células. Contêm enzimas …

Diretora-geral da Saúde da Escócia demite-se após furar confinamento que impôs

A diretora-geral da Saúde da Escócia, Catherine Calderwood, anunciou na noite de domingo a sua demissão após ter desrespeitado as regras de confinamento que impôs, ao deslocar-se por duas vezes à sua segunda casa durante …