Madeira, Suíça, Dubai. Antes de chegar ao “Príncipe”, luvas da Odebrecht terão dado a volta ao mundo

Os alegados pagamento de luvas da construtora brasileira Odebrecht ao “Príncipe”, nome de código de um cidadão português que as terá recebido, terão circulado entre a Madeira, a Suíça e o Dubai, avança o Correio da Manhã.

De acordo com o Correio da Manhã, que avança a notícia este sábado, mais de dois milhões de euros terão saído em várias tranches de uma conta no Banif, na Madeira, passando pelo Banque Privée Espírito Santo (BPES), na Suíça, até chegarem ao ES Bankers Dubai (ESBD), no Dubai, entre novembro de 2008 e março de 2009.

Este circuito é revelado em e-mails enviados, em meados deste mês, ao processo 1441/17. Os e-mails constam de uma certidão extraída, a 11 de dezembro, de um inquérito ao Banif. Os três processos correm no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Os e-mails referem várias vezes as várias transferências da conta da Arc Engineering and Constructions Services, empresa do grupo Odebrecht, entre o Banif, na Madeira, para o BPES, na Suíça, e para o ESBD, no Dubai.

Este circuito financeiro terá sido utilizado a partir do final de novembro de 2008.

Nos emails, surgem ainda nomes de funcionários do Banif e de Fernando Migliaccio, que terá gerido do alegado pagamento de luvas. Migliaccio refere que, apesar de ter sido dada ordem de transferência bancária, o dinheiro não chegara ao beneficiário.

A pedido do Ministério Público (MP), as autoridades judiciárias do Brasil ouviram Migliaccio em agosto de 2019. Nesse depoimento, Migliaccio disse “não saber se o Príncipe seria o intermediário ou se seria o beneficiário final dessas operações, desconhecendo quem seja a pessoa a quem foi atribuído esse codinome [Príncipe].”

Estas supostas luvas pagas pela Odebrecht estarão relacionadas com a obra de construção da barragem do Baixo Sabor que pertence à EDP. A barragem localizada no distrito de Bragança começou a ser construída durante o Governo de José Sócrates com um custo inicial de 450 milhões de euros. Contudo, as contas derraparam para gastos da ordem dos 650 milhões de euros.

A obra está a ser investigada no âmbito do caso EDP, onde é suspeito o antigo ministro da Economia, Manuel Pinho, que esteve no Governo de Sócrates e que é suspeito de ter recebido 4,5 milhões de euros de alegadas “luvas” da EDP e do Grupo Espírito Santo (GES).

O MP está a tentar chegar à identidade do “Príncipe”, um cidadão português que terá recebido alegadas luvas pagas pela Odebrecht através da conta de um amigo de Ricardo Salgado no Dubai.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …

Uber investe 90 milhões em novo ‘hub’ e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, hoje inaugurados, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do …

Máscara nos espaços fechados e eventual terceira dose em massa - as conclusões da reunião no Infarmed

Terminou há momentos a reunião do governo com especialistas no Infarmed sobre o balanço da evolução da pandemia e as recomendações das medidas que devem ser adoptadas nesta nova fase. A reunião começou com as …

"Cruzeiro espacial" da SpaceX com quatro civis já está em órbita

Voo espacial terá a duração de três dias e cada um do seus tripulantes (quatro civis) terá uma tarefa na missão. Ainda assim, viagem tem um objetivo nobre e social. Passo a passo, Elon Musk parece …

Líder do PAN faz queixa no Ministério Público depois de ser ameaçada de morte

A deputada mostrou no Twitter o tipo de insultos e ameaças que tem recebido e avisa que não se vai calar ou permitir que o desrespeito continue. Inês Sousa Real foi insultada e ameaçada nas redes …

Árbitro foi muito "benévolo" com o FC Porto

O golo de Taremi e a expulsão de Mbemba originaram protestos portugueses. Os espanhóis têm uma visão diferente. O Atlético de Madrid-FC Porto contou com duas boas equipas em campo e uma "que esteve menos bem", …

Buraco na camada de ozono ultrapassa o tamanho da Antártida

A dimensão do buraco na camada de ozono no hemisfério sul ultrapassou o tamanho da Antártida, continente com cerca de 14 milhões de quilómetros quadrados, anunciou hoje o serviço europeu Copernicus, de monitorização da atmosfera. “O …

Políticos e especialistas querem legalizar canábis (com impostos para prevenir o consumo)

Um grupo de 65 personalidades, entre especialistas médicos e ex-ministros, apela à legalização da canábis, considerando que é a melhor forma de prevenir o consumo desta droga, nomeadamente através dos impostos aplicados ao sector. Esta carta …

Mais 1062 casos e seis mortes por covid-19. Internamentos continuam em queda

Há actualmente 497 doentes internados, menos 30 pessoas do que no último balanço. Mais seis pessoas morreram de covid-19 nas últimas 24 horas. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e mais 1062 casos …

Crescimento sustentado da economia dá margem ao Governo nas negociações para OE

Governo tem a seu favor uma evolução positiva das receitas fiscais, o que lhe deverá permitir metas mais ambiciosas de redução do défice ou, em alternativa, assumir mais medidas com impacto negativo no orçamento. O crescimento …