Governo de coligação na Madeira. PSD ratifica acordo político com o CDS

Gregório Cunha / Lusa

O cabeça de lista às próximas eleições regionais da Madeira pelo Partido Social Democrata (PSD), Miguel Albuquerque

Vice-presidente do Governo Regional salientou tratar-se de um acordo que, simultaneamente, “enuncia os princípios de cooperação e de convergência entre o PSD/M e o CDS/PP-M, para os próximos quatro anos”.

A Comissão Política e o Conselho Regional do PSD-Madeira ratificaram esta segunda-feira, por unanimidade, um acordo político com o CDS-PP para a XII legislatura da Assembleia Legislativa e o XIII Governo Regional. O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, anunciou estarem criadas as condições para um governo com “estabilidade” para quatro anos, 2019 a 2023, saído das eleições legislativas regionais de 22 de setembro.

“A Comissão Política e o Conselho Regional do PSD/M ratificaram, por unanimidade, o acordo político para a XII Legislatura da Assembleia Legislativa Regional e para o XIII Governo Regional da Madeira 2019-2023”, disse.

Pedro Calado salientou ainda ser um acordo que, simultaneamente, “enuncia os princípios de cooperação e de convergência entre o PSD/M e o CDS/PP-M, para os próximos quatro anos”, garantindo “a necessária estabilidade política e governativa da Região Autónoma da Madeira na próxima legislatura”.

O PSD-M considera que “estão assim criadas as condições necessárias para que a defesa dos interesses da Madeira e do Porto Santo seja uma realidade e para que continuem a ser encontradas, de forma coesa, responsável e legitimada, as melhores soluções para a qualidade de vida dos nossos concidadãos e as respostas afirmativas aos desafios e às novas realidades”.

De acordo com o PSD-M, o acordo político “define sete grandes prioridades: A defesa da Autonomia e o respeito da República pela Madeira; a prossecução das boas contas públicas que se traduzam, nomeadamente, na progressiva redução dos impostos, no desenvolvimento económico e na criação de emprego; a coesão social com mais inclusão e melhores oportunidades para todos, assim como uma maior justiça social”.

Foram também consagradas “a aposta na saúde, na segurança e no bem-estar das populações; a defesa do território, a proteção do ambiente e dos recursos naturais e a promoção do Produto Regional; a elevação do nosso conhecimento e a promoção da nossa cultura e, finalmente, a valorização da cidadania, com forte aposta na juventude e no reconhecimento do desafio demográfico e geracional”.

“A Comissão Política e o Conselho Regional do PSD/M congratularam-se, igualmente, pela terceira vitória do partido (na Madeira) ontem (domingo) alcançada nas Eleições Legislativas nacionais, tendo sido esta a melhor resposta a António Costa. E isto porque, contrariamente ao “3 em 1” que o Primeiro-ministro havia anunciado, como certo, para o PS/M, neste ano eleitoral, o resultado de ontem (domingo) veio confirmar, na Madeira e com o PSD/M a vencer, o “3 a 0”.

Uma vitória expressa em 38 das 54 freguesias e em 6 dos 11 concelhos, que se torna ainda mais significativa porque surge em contraciclo com a tendência política verificada a nível nacional”, afirma o partido.

O acordo vai ser assinado pelos presidentes de ambos os partidos na terça-feira no Museu de Imprensa em Câmara de Lobos.

Nas eleições legislativas na Madeira de 22 de setembro, o PSD ganhou sem maioria absoluta razão pela qual teve de se coligar com o CDS.

O PSD venceu as eleições legislativas, mas perdeu a maioria absoluta com que sempre governou a região autónoma, obtendo 56.449 votos e a eleição de 21 deputados. A abstenção cifrou-se em 44,40% (114.805 eleitores).

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Caso do avião com cocaína. PJ vai vigiar Aérodromo de Tires 24 horas por dia

A Polícia Judiciária (PJ) vai vigiar as movimentações de aeronaves e passageiros que chegam e saem do Aeródromo de Tires 24 horas por dia. A informação foi adiantada pelo Correio da Manhã, que falou com …

Facebook paga 650 milhões para encerrar litígio sobre vida privada nos EUA

O juiz federal norte-americano James Donato aprovou a indemnização de 650 milhões de dólares (540 milhões de euros) a 1,6 milhões de utilizadores do estado norte-americano do Illinois por parte do Facebook. Este acordo, assinado na …

"Retoma da normalidade". Bruxelas propõe este mês livre-trânsito digital para vacinados e recuperados

A Comissão Europeia vai apresentar este mês uma proposta legislativa para criar um livre-trânsito digital que permita retomar as viagens em altura de pandemia de covid-19, comprovando a vacinação ou a recuperação dos cidadãos. A informação …

Noiva de Khashoggi pede "punição imediata" de Mohammed bin Salman

As declarações da noiva de Jamal Khashoggi surgem depois de as autoridades norte-americanas terem publicado um relatório em que Mohammed bin Salman é acusado de ter ordenado o assassínio do jornalista. Joe Biden está a ser …

Covax permite que países mais pobres comecem a receber a vacina (mas só garante 20% da vacinação)

A Covax visa fornecer vacinas contra a covid-19 a 20% da população de 200 países e territórios que estão incluídos no sistema através de um sistema de financiamento que permite a 92 economias de baixo …

Reino Unido vacinou 20 milhões com 1.ª dose. País deteta casos de variante de Manaus

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou no domingo que mais de 20 milhões de pessoas no Reino Unido já receberam a primeira dose da vacina contra covid-19. "Estou absolutamente encantado por informar que mais …

Famílias numerosas já podem pedir desconto no IVA da luz

As famílias com cinco ou mais elementos podem pedir a redução do IVA da eletricidade ao seu fornecedor a partir desta segunda-feira e têm de comprovar a sua condição de família numerosa. Em causa está a …

Netflix foi a grande vencedora da noite dos Globos de Ouro

  A 78.ª edição dos Globos de Ouro decorreu de forma virtual, com apresentação de Tina Fey e Amy Poehler e a participação de alguns dos laureados do ano passado. Os Globos de Ouro, prémios de cinema …

Portugal regista mais 34 óbitos e 394 novos casos. O número mais baixo desde setembro

Portugal registou esta segunda-feira 394 novos casos de infeção por covid-19 e mais 34 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Nicolas Sarkozy condenado a três anos de prisão por corrupção

Nicolas Sarkozy foi esta segunda-feira condenado a três anos de prisão por corrupção e tráfico de influências, tornando-se o segundo chefe de Estado condenado em França, após Jacques Chirac em 2011. O ex-Presidente francês foi condenado …