Madeira: Parlamento aprova recuperação do tempo de serviço dos professores

Manuel de Almeida / Lusa

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou esta quarta-feira, por unanimidade, a proposta de decreto legislativo regional que consagra a recuperação integral do tempo de serviço congelado dos professores.

Esta quarta-feira, a Assembleia Legislativa da Madeira aprovou, por unanimidade, a proposta do decreto legislativo regional que consagra a recuperação integral do tempo de serviço congelado dos professores, ou seja, nove anos, quatro meses e dois dias.

O acordo entre Governo e professores estava já selado há muito tempo, mas faltava a votação da proposta no parlamento regional.

De acordo com o Observador, uma das expectativas dos professores era ver qual o sentido de voto do PS Madeira que, tal como todos os outros partidos, votou a favor da proposta.

Já no continente, o Governo de António Costa encerrou as negociações com uma proposta unilateral de recuperar apenas dois anos, nove meses e 18 dias. No entanto, na discussão do Orçamento do Estado para 2019, o Parlamento forçou o Executivo a voltar a abrir negociações com os docentes.

Na Madeira, a recuperação do tempo de serviço vai processar-se de forma faseada, durante sete anos, entre 2019 e 2025, representando uma despesa na ordem dos 28 milhões de euros.

O secretário regional da Educação, Jorge Carvalho, disse, no parlamento regional, no Funchal, não ter dúvidas de que o diploma repõe a justiça a uma classe profissional que, não obstante as restrições a que foi sujeita, sempre deu o seu melhor ao ensino na região.

“O Governo da Madeira procura servir a população e esta é uma atitude proativa perante as realidades”, afirmou. “Hoje é um dia para os professores da Madeira sorrirem”, sublinhou Lopes da Fonseca, deputado do CDS, citado pelo Jornal da Madeira.

A divergência de soluções encontradas no continente e na Madeira, levou as bancadas do PSD e do CDS a criticarem o Governo de António Costa.

Último passo

Este era o passo que faltava para a recuperação avançar – uma formalidade. Aliás, foi essa a razão que levou o Sindicato dos Professores da Madeira a não aderir à última greve dos professores pelo facto de a negociação já ter sido dada como terminada.

O único detalhe que não agrada aos professores nesta proposta, que agora se torna lei, é que a recuperação do tempo só irá iniciar-se a 1 de setembro de 2019, quando a intenção dos docentes era de que iniciasse no primeiro dia do ano.

Além disso, o Governo previu uma faseamento de sete anos e os professores queriam que fosse apenas de quatro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Crise energética acaba à meia-noite

Cerca de doze horas depois de o Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) ter anunciado, uma semana após o arranque, o final da greve, o primeiro-ministro anunciou que o estado de crise energética …

Astrónomos encontram 39 galáxias tão rápidas que nem o Hubble as consegue ver

Galáxias antigas e massivas têm-se escondido no nosso Universo - e esconderam-se tão bem que são "invisíveis" ao olhos do famoso Telescópio Hubble. Mas agora, os astrónomos que examinaram dados infravermelhos descobriram 39 destas galáxias, a …

Beber 3 ou mais cafés por dia pode provocar enxaquecas

Um estudo procurou avaliar o papel do consumo de cafeína como potencial desencadeador de enxaquecas no próprio dia, ou no dia a seguir. Apesar das teorias que dizem que o café pode provocar dores de cabeça …

Os Neandertais tinham "ouvidos de nadador"

Crescimento ósseo anormal no canal auditivo era surpreendentemente comum em neandertais, de acordo com um novo estudo da Universidade de Washington. As exostoses auditivas externas são densos crescimentos ósseos que se projetam para dentro do canal …

O cofre do Banco de Espanha inundado em La Casa de Papel existe mesmo

Aquilo que parecia uma fantasia é, afinal, bastante real: o cofre da terceira temporada de La Casa de Papel existe mesmo. Uma fonte oficial do Banco de Espanha revelou à revista Bloomberg que o cofre que …

O ainda jovem Júpiter "engoliu" um outro planeta gigante

Segundo um estudo publicado esta semana na revista científica Nature, uma colisão colossal entre Júpiter e um planeta ainda em formação no início do Sistema Solar, há cerca de 4,5 mil milhões de anos, pode …

Sporting 2-1 Braga | Leões agarram primeira vitória da temporada

Sporting alcançou a primeira vitória na temporada 2019/20, uma difícil recepção ao Sporting de Braga. Os “leões” entraram muito fortes no jogo, marcaram cedo, por Wendel, e em cima do intervalo por Bruno Fernandes, mas …

Na Coreia do Sul, são as mulheres que mais compram com criptomoedas

Fazer compras online com criptomoeadas é uma prática cada vez mais comum na Coreia do Sul. São as mulheres que mais frequentemente o fazem, comprando artigos como roupa, café e toalhetes. O Terra é um sistema …

Greve desconvocada. Motoristas de matérias perigosas suspendem protesto

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) anunciou hoje que decidiu desconvocar a greve que se iniciou na segunda-feira, dia 12. A decisão anunciada pelo presidente do SNMMP, Francisco São Bento, foi tomada durante …

Criança encontra dente gigante de mamute com 12 mil anos

Jackson Hepner, de 12 anos, encontrou um dente gigante de mamute lanoso enquanto passava férias com a sua família no estado norte-americano de Ohio. Foi em junho passado que a criança encontrou o dente, no condado …