Lula poderá ser mesmo o próximo detido

Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr

O ex-presidente do Brasil, Lula da Silva

O ex-presidente do Brasil, Lula da Silva

A Procuradoria da República em Brasília abriu um inquérito para investigar o ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva por suposto tráfico de influências a favor da construtora Odebrecht, informou o portal de notícias G1.

A Odebrecht é uma das empresas investigadas na Operação Lava Jato, que apura crimes de corrupção cometidos na petrolífera Petrobras.

Segundo o portal de notícias da Rede Globo, os procuradores solicitaram a junção de provas constantes da investigação resultante da Operação Lava Jato para incluir no inquérito sobre o ex-Presidente.

O Instituto Lula, citado pelo G1, informou que o ex-Presidente não iria fazer nenhum comentário.

Luiz Inácio Lula da Silva teme ser detido no âmbito da Operação Lava Jato, que investiga os subornos feitos a funcionários da Petrobras por contrutoras.

No passado dia 23, Lula terá mesmo dito “Eu sou o próximo“, asseguram fontes próximas do ex-presidente.

No dia 30 de abril, a revista Época informou que a Procuradoria iniciou um inquérito preliminar a Lula da Silva, que poderia resultar ou não na abertura formal de um inquérito.

As suspeitas envolvem uma suposta ajuda do ex-Presidente à construtora Odebrecht para a obtenção de contratos em África e na América Latina, entre 2011 e 2014, quando já não era chefe de Governo.

Na ocasião, o Instituto Lula divulgou que possui como principais objetivos “cooperar para o desenvolvimento da África e apoiar a integração latino-americana” e que o ex-Presidente “recebe com frequência dezenas de convites” para conferências sobre temas regionais e globais, tanto de entidades populares e governos como de empresas.

A entidade disse também que Lula da Silva é pago quando a conferência é contratada por uma empresa, e que todas as suas viagens foram divulgadas para a imprensa, mesmo após a sua saída da Presidência, a 01 de janeiro de 2011.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Num país decente, se não houver perigo de fuga, prática continuada de pervaricação ou perturbação da investigação deve aguardar pela acusação e julgamento em liberdade. Isto num país livre onde as pessoas também são decentes.

      • Estou de acordo com o que escreve ANAFADO de GORDO e ARVORADO ao abordar o facto de se tratar de ”um país decente”. No entanto, acredito eu, que quando refere ”. . . num país livre onde as pessoas também são decentes.” não deve estar a falar de Portugal e muito menos do Brasil, ou vice-versa. Veja o que se passa por cá e por lá.

        • Da árvore e da floresta… As circunstâncias relevam extratos de grupo independentemente da sua expressão numérica nas várias vertentes ou perspectivas de análise. Uma primavera sempre aguça as andorinhas que são muitas.

RESPONDER

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …

Barcelona: Cruyff afasta-se e perder com o Benfica seria "um drama"

Ronald Koeman até poderá sair mas não será Jordi Cruyff a substituir o seu compatriota. O Barcelona atravessa uma fase perturbada, já há algum tempo, mas o panorama financeiro piorou o cenário fora de campo e …