Lula poderá ser mesmo o próximo detido

Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr

O ex-presidente do Brasil, Lula da Silva

O ex-presidente do Brasil, Lula da Silva

A Procuradoria da República em Brasília abriu um inquérito para investigar o ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva por suposto tráfico de influências a favor da construtora Odebrecht, informou o portal de notícias G1.

A Odebrecht é uma das empresas investigadas na Operação Lava Jato, que apura crimes de corrupção cometidos na petrolífera Petrobras.

Segundo o portal de notícias da Rede Globo, os procuradores solicitaram a junção de provas constantes da investigação resultante da Operação Lava Jato para incluir no inquérito sobre o ex-Presidente.

O Instituto Lula, citado pelo G1, informou que o ex-Presidente não iria fazer nenhum comentário.

Luiz Inácio Lula da Silva teme ser detido no âmbito da Operação Lava Jato, que investiga os subornos feitos a funcionários da Petrobras por contrutoras.

No passado dia 23, Lula terá mesmo dito “Eu sou o próximo“, asseguram fontes próximas do ex-presidente.

No dia 30 de abril, a revista Época informou que a Procuradoria iniciou um inquérito preliminar a Lula da Silva, que poderia resultar ou não na abertura formal de um inquérito.

As suspeitas envolvem uma suposta ajuda do ex-Presidente à construtora Odebrecht para a obtenção de contratos em África e na América Latina, entre 2011 e 2014, quando já não era chefe de Governo.

Na ocasião, o Instituto Lula divulgou que possui como principais objetivos “cooperar para o desenvolvimento da África e apoiar a integração latino-americana” e que o ex-Presidente “recebe com frequência dezenas de convites” para conferências sobre temas regionais e globais, tanto de entidades populares e governos como de empresas.

A entidade disse também que Lula da Silva é pago quando a conferência é contratada por uma empresa, e que todas as suas viagens foram divulgadas para a imprensa, mesmo após a sua saída da Presidência, a 01 de janeiro de 2011.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Num país decente, se não houver perigo de fuga, prática continuada de pervaricação ou perturbação da investigação deve aguardar pela acusação e julgamento em liberdade. Isto num país livre onde as pessoas também são decentes.

      • Estou de acordo com o que escreve ANAFADO de GORDO e ARVORADO ao abordar o facto de se tratar de ”um país decente”. No entanto, acredito eu, que quando refere ”. . . num país livre onde as pessoas também são decentes.” não deve estar a falar de Portugal e muito menos do Brasil, ou vice-versa. Veja o que se passa por cá e por lá.

        • Da árvore e da floresta… As circunstâncias relevam extratos de grupo independentemente da sua expressão numérica nas várias vertentes ou perspectivas de análise. Uma primavera sempre aguça as andorinhas que são muitas.

RESPONDER

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …