Lula da Silva e ex-ministros constituídos réus em novo processo por corrupção passiva

Antonio Lacerda / EPA

Lula da Silva

O ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, os ex-ministros António Palocci, Paulo Bernardo e o empresário Marcelo Odebrecht foram constituídos réus na quarta-feira após a justiça de Brasília ter aceite uma denúncia apresentada pelo Ministério Público.

De acordo com a agência Lusa, citada pela SIC Notícias, o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10.ª Vara Federal de Brasília, aceitou a denúncia que havia sido apresentada em abril do ano passado pela Procuradoria-Geral da República.

O antigo chefe de Estado e os dois ex-ministros são suspeitos de terem sido subornados pela construtora brasileira Odebrecht em troca de favores políticos, sendo acusados do crime de corrupção passiva.

Segundo a denúncia, em 2010 a Odebrecht prometeu 64 milhões de reais (cerca de 14,2 milhões de euros) a Lula da Silva e a outros dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT), em troca de decisões políticas que beneficiassem a empresa.

Entre essas decisões está o aumento da linha de crédito atribuída pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) para obras da Odebrecht em Angola. A construtora solicitou um empréstimo no valor de mil milhões de reais (cerca de 230 milhões de euros).

“A peça acusatória está jurídica e formalmente apta e descritiva” e veio “acompanhada de documentação pertinente (vídeos, mensagens de e-mails, planilhas, relatórios policiais e outros documentos)”, escreveu o juiz Vallisney de Souza Oliveira na sua decisão de duas páginas, a que a TV Globo teve acesso.

worldsteel / Flickr

Marcelo Odebrecht, CEO da empreiteira brasileira Odebrecht

Na Odebrecht, além de Marcelo Odebrecht, também Ernesto Sá Vieira Baiardi e Luiz António Mameri, outros dois executivos ligados à empresa, foram constituídos réus, acusados de corrupção ativa, segundo a imprensa brasileira.

O juiz concedeu um prazo de dez dias para que os réus apresentem as suas defesas e indiquem as testemunhas a serem ouvidas.

Desde abril do ano passado, o ex-Presidente Lula da Silva cumpre pena em regime fechado, na sede da Polícia Federal em Curitiba, por corrupção passiva e branqueamento de capitais, num processo sobre a posse de um apartamento de luxo na cidade do Guarujá, no âmbito das investigações da Operação Lava Jato.

Em 23 de abril deste ano, os juízes do Superior Tribunal de Justiça brasileiro decidiram, de forma unânime, reduzir a pena do ex-Presidente, de 12 anos e um mês para oito anos, 10 meses e 20 dias de prisão.

De acordo com a Lei de Execução Penal, após cumprir um sexto da pena, o arguido poderá passar para o regime semiaberto, pelo que poderá deixar a cadeia durante o dia para poder trabalhar.

Lava Jato é a designação dada à vasta operação que investigou desvios milionários que ocorreram durante quase uma década na empresa estatal Petrobras e outros órgãos públicos brasileiros, e que levou à prisão de empresários e políticos.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu um dos jovens infetados com peste negra na Mongólia

Morreu um dos jovens infetados com peste bubónica, também conhecida como peste negra, na Mongólia. O rapaz contraiu a doença depois de ter comido carne de marmota. Um jovem de 15 anos morreu, esta segunda-feira, vítima …

PCP quer Costa no Parlamento de 15 em 15 dias (e não vai contribuir para acabar com os debates quinzenais)

O PCP não concorda que será o fim da democracia caso os debate quinzenais passem a mensais. No entanto, não vai contribuir para acabar com este modelo. Ao Expresso, o deputado comunista António Filipe Duarte garantiu …

"Espero contar tudo o que sei". Cientista chinesa fugiu da China para alertar que "não temos muito tempo"

A virologista chinesa Li-Meng Yan, que fugiu para os Estados Unidos, deu uma segunda entrevista à Fox News, na qual alertou que "não temos muito tempo".   Li-Meng Yan, especialista em virologia e imunologia, era uma …

Galp perde 60 milhões de euros em negócios não autorizados

A Galp perdeu 60 milhões de euros em negócios não autorizados com licenças de CO2. A petrolífera já avançou com ações disciplinares e uma auditoria. A Galp informou que foram identificadas transações, não autorizadas pela empresa, …

"Bandeira vermelha". Tóquio em alerta máximo após aumento de novas infeções

A capital do Japão, Tóquio, com 14 milhões de habitantes, está no nível mais alto de alerta para o novo coronavírus após um aumento dos casos registados. “Os especialistas disseram-nos que a situação das infeções está …

Operação Saco Azul. Empresas "zombie" terão desviado 1,8 milhões do Benfica

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e a SAD do clube lisboeta foram constituídos arguidos pelo crime de fraude fiscal, no âmbito da operação ‘saco azul’, confirmou esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial …

Maçãs com preços em alta, menos vinho e cerveja a estragar-se (os efeitos da pandemia)

A pandemia de covid-19 está a levar milhares de litros de cerveja a estragar-se, enquanto os produtores de vinho temem uma quebra na produção e, logo, nos lucros. Enquanto isso há menos maçãs e mais …

TAD anula sanção de cinco jogos à porta fechada ao Benfica

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) deu provimento ao recurso do Benfica e revogou a sanção de cinco jogos à porta fechada imposta pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ao clube, pelo apoio prestado a …

Costa vira à esquerda, mas Catarina Martins diz que "não pode ser só conversa"

Esta quarta-feira, António Costa lança as negociações para o Orçamento do Estado para 2021 com os partidos que, até aqui, foram seus aliados. O primeiro-ministro insiste que o caminho da sua governação passa por entendimentos à …

No novo ano letivo, a Educação Física continua a ser maior incógnita

No início de julho, o Ministério da Educação anunciou algumas orientações sobre o próximo ano letivo que não contemplavam a Educação Física e o futuro da disciplina continua a ser uma incógnita.  Nas escolas, a falta …