Loures acusa TVI de se centrar em “especulações abusivas” em reportagem sobre genro de Jerónimo

(dr) pcp.pt

Bernardino Soares, Presidente da Câmara de Loures

A Câmara de Loures rejeitou “eventuais promiscuidades” nos contratos por ajuste direto celebrados entre a autarquia comunista liderada por Bernardino Soares e o genro do líder do PCP, Jerónimo de Sousa.

A Câmara reagiu assim à notícia avançada esta quinta-feira pela TVI, que descreve que o valor dos contratos em questão ultrapassa os 150 mil euros.

“A peça emitida não consegue apontar qualquer ilegalidade ou irregularidade em relação aos factos em análise, preferindo por isso centrar-se em especulações abusivas, com referência parcial e truncada das declarações do Presidente Câmara Municipal de Loures”, acusa o comunicado.

A reportagem conta que Jorge Bernardino, casado com Marília de Sousa, filha do secretário-geral do PCP, celebrou com a Câmara Municipal de Loures um total de seis contratos desde 2015 por serviço como limpezas de vidros, trocas de cartazes ou substituição de lâmpadas.

Todos somados, os contratos ter-lhe-ão valido mais de 150 mil euros. Os contratos foram celebrados depois de Jorge Bernardino ter estado desempregado cerca de três anos.

Nos últimos meses de 2018, refere ainda a reportagem, Jorge Bernardino chegou a faturar 11 mil euros por mês com serviços prestados à autarquia de Loures. Em outubro de 2018, terá recebido essa quantia por ter mudado oito lâmpadas e dois casquilhos. Em novembro do mesmo ano, também ganhou 11 mil euros, tendo efetuado a mudança de 10 lâmpadas e a substituição de 160 cartazes publicitários.

“O contrato visou assegurar a manutenção preventiva, reparação regular, limpeza, inspeção técnica incluindo da instalação elétrica, manutenção corretiva e substituição de publicidade institucional num total de 438 abrigos de paragem propriedade do Município e não concessionados”, lê-se no comunicado.

“Trata-se de um conjunto de funções de grande amplitude e extensão em nada comparáveis à referência acintosa da peça à mera mudança de lâmpadas e casquilhos. O número de abrigos é aliás cirurgicamente omitido em toda a peça”.

A Câmara de Loures assegura que este contrato substitui outros dois anteriores, com outras duas empresas, representando “uma poupança de cerca de 15%”.

A entidade liderada por Bernardino Soares acusa ainda a TVI de “despudorada manipulação” por “procurar comparar estes contratos a uma remuneração salarial, usando uma ardilosa comparação com o salário do presidente da Câmara”, ignorando os custos com a execução do serviço.

A terminar, repudia “a tentativa da peça da TVI de envolver o Município numa estratégia de generalização da atribuição de comportamentos ética e legalmente censuráveis à generalidade dos intervenientes políticos”.

Em entrevista à TVI, o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares, tinha já justificado as quantias praticadas dizendo que estes “são os preços do mercado”. O líder do PCP disse apenas que “não se usa a família como arma de arremesso seja para quem for”.

Também o PCP, através de comunicado, reagiu à reportagem da TVI, escrevendo que o conteúdo divulgado constituiu “uma abjeta peça de anticomunismo sustentada na mentira, na calúnia e na difamação”, acusando aquele canal de televisão de sucumbir à “mercenarização do papel jornalístico”.

Para os comunistas, a TVI “parece ter adotado como critérios editoriais a opção pela especulação e insulto gratuito a par da conhecida promoção da extrema-direita e da reabilitação de Salazar e do regime fascista“, pode ler-se na nota do PCP.

“A insidiosa invocação da relação entre uma empresa e as relações familiares do Secretário-Geral do PCP só pode ser vista como uma gratuita provocação. (…) Aqueles que, como a TVI, pensam que com o silenciamento, a difamação e a perseguição podem calar o PCP estão profundamente enganados”, aponta ainda o partido.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Trabalhadores remotos estão a encher pequenas cidades (que agora têm os problemas das grandes)

A pandemia de covid-19 está a levar a um novo fenómeno: a migração para "comunidades de passagem" - pequenas cidades próximas a grandes terras e estações de esqui - à medida que mais pessoas começam …

EUA vão retirar Sudão da "lista negra" de países apoiantes do terrorismo

O Sudão vai ser retirado da lista de países apoiantes do terrorismo, anunciou na segunda-feira o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, numa medida que permitirá ao país africano voltar a ter acesso a …

Trump testou positivo à covid-19 e Fauci não ficou nada surpreendido

Anthony Fauci, o principal especialista norte-americano em doenças infeciosas, revelou esta semana que não ficou nada surpreendido com o facto de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter testado positivo à covid-19.  Em entrevista ao …

Benfica castigado com um jogo de interdição da Luz

O Benfica foi punido com um jogo de interdição do Estádio da Luz e uma multa de 10.200 euros pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por apoio a claques não …

Homem muda a matrícula do carro para ficar "invisível", mas acaba com multas pendentes de 12 mil dólares

Um especialista em segurança cibernética norte-americano, conhecido como Droogie, trocou a matrícula do seu carro e pôs em prática um plano para tentar tornar o veículo indetetável nos leitores de matrículas e sistemas de bilhetes. …

Fenprof diz que já são mais de 330 as escolas com casos positivos

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou que já são mais de 330 as escolas em que confirmou existirem casos de covid-19 e acusou o Ministério da Educação de “esconder informação” solicitada a este propósito. Os …

Boeing 737 Max novamente seguro para voar, diz regulador europeu

O 737 Max da Boeing, avião suspenso desde março de 2019 devido a dois acidentes que resultaram na morte de 346 pessoas, é novamente seguro para voar, afirmou o diretor executivo da Agência Europeia para …

Nenhum deputado quis fazer o parecer sobre lei da Stayaway Covid

A comissão de Assuntos Constitucionais viveu esta terça-feira momentos de boa disposição quando nenhum deputado se voluntariou para fazer um parecer sobre a proposta de lei do Governo para tornar obrigatória a aplicação Stayaway Covid. Apesar …

Instagram investigado na Irlanda pela gestão de dados dos utilizadores menores de idade

A comissão que regula a proteção de dados irlandesa abriu em setembro dois inquéritos à rede social Instagram, com base na gestão de dados dos utilizadores menores de idade daquela rede social. A Comissão de Proteção …

PCP vai votar contra proposta de referendo sobre a eutanásia

O PCP vai votar contra a proposta de referendo sobre a eutanásia na Assembleia da República, na sexta-feira, disse à agência Lusa fonte dos comunistas. Tradicionalmente, o PCP, que é contra a morte medicamente assistida, tem …